Educação

Employer branding: o que é e como colocar em prática na sua empresa

Descubra o que é employer branding, qual é a sua importância e como usar essa estratégia para impulsionar a reputação da sua empresa.

Escrito por Mayla Shiva em 18 nov 2022 | Atualizado em 23 nov 2022

19 minutos de leitura

Image by Freepik

Compartilhar no FacebookCompartilhar no FacebookCompartilhar no Twitter

Com a constante expansão do mercado e crescimento do empreendedorismo digital, impulsionado pelas tecnologia e o alcance do ambiente virtual, grandes empresas têm sido cada vez mais seletivas ao compor o seu time de profissionais, em busca dos perfis mais qualificados para colaborar com a organização.

Diante deste cenário, é natural que haja certa competitividade entre as empresas, que disputam pela atenção dos melhores profissionais disponíveis no mercado de trabalho e, quando os contratam, desejam retê-los produtivos pelo máximo de tempo possível.

Nesse contexto, surge o employer branding, uma ferramenta poderosa para aprimorar os processos de recrutamento, seleção e permanência de funcionários através de um conjunto de fatores que mantêm aquele colaborador satisfeito com a organização. 

Ao longo deste artigo, você vai entender mais a fundo o que é employer branding, por que essa estratégia é tão importante e de que maneira ela auxilia na reputação da sua empresa perante os seus colaboradores e o mercado de trabalho.

O que é Employer Branding?

Employer branding é o termo usado para definir uma estratégia de marketing focada em gerar uma percepção positiva ao redor de uma empresa empregadora, ou seja, construir a reputação de um negócio como um bom lugar para se trabalhar.

Sendo assim, o alvo de uma ação de employer branding não será o cliente final de uma corporação, e sim seus próprios colaboradores e o mercado de trabalho como um todo, para gerar uma imagem positiva perante possíveis profissionais futuros.

Muito além de reforçar a cultura organizacional entre os funcionários de uma empresa, o employer branding é um grande aliado principalmente do setor de Recursos Humanos, pois essa estratégia, quando bem executada, impacta na diminuição da taxa de turnover e refina os processos de recrutamento de novos colaboradores. 

Sendo assim, quando uma marca é reconhecida no mercado de trabalho por cuidar bem dos seus colaboradores e proporcionar o desenvolvimento de suas carreiras, ela passa a ser vista como uma oportunidade ideal de emprego, e suas vagas geram concorrência entre candidatos que ambicionam uma posição dentro daquela empresa.

📢 Acesse: Fluxos da comunicação empresarial: quais são e a importância de conhecê-los

💡 Leia também: Soft Skills: a importância de desenvolver em sua equipe

Vantagens de aplicar Employer Branding na sua empresa

O employer branding pode ser vantajoso em vários aspectos para uma empresa, afinal, investir na satisfação dos seus colaboradores só traz benefícios para a equipe como um todo e acarreta na melhora do ambiente de trabalho.

Se os funcionários acreditam no código de cultura da empresa e se sentem motivados através das ações de employer branding, eles são os primeiros a defenderem o propósito da marca e impulsionarem a mensagem dela perante o mercado. 

Dentre as principais vantagens de aplicar uma estratégia de employer branding, estão:

  • Retenção de profissionais, afinal, uma ação de employer branding bem executada pode gerar nos funcionários de uma empresa a vontade de crescer e se desenvolver dentro da corporação, mantendo-o por mais tempo e assim reduzindo custos que estão vinculados ao processo de contratação de novos colaboradores. 
  • Divulgação orgânica da marca, uma vez que colaboradores engajados costumam compartilhar as experiências positivas vividas no ambiente de trabalho, seja através das redes sociais ou no seu círculo social, impulsionando o alcance da empresa e sua reputação como boa marca empregadora.
  • Atração de novos talentos, pois quanto mais uma empresa for conhecida como boa empregadora e por manter um ambiente propício para o crescimento dos seus colaboradores, mais concorridas e disputadas serão as suas vagas. Afinal, que candidato não gostaria de trabalhar em uma corporação reconhecida pela maneira positiva como trata seus funcionários? 
  • Melhora na convivência e geração de conexões, já que uma ação eficaz de employer branding é capaz de estreitar os laços entre os funcionários de uma mesma corporação através de dinâmicas que criem vínculos entre essas pessoas, que passam a se enxergar como um só time e trabalhar em conjunto em prol do sucesso da empresa. 
  • Aumento da produtividade e engajamento, na mesma linha do tópico anterior, o employer branding fortalece o comprometimento dos funcionários com as metas e da empresa. Também impacta de forma benéfica na autoestima dos colaboradores, uma vez que, se a corporação é reconhecida externamente de maneira positiva, isso também reflete no status e reputação dos seus funcionários perante o mercado de trabalho.
  • Fortalecimento da imagem externa da empresa, pois não é à toa que o employer branding é categorizado como uma estratégia de marketing: Mesmo que seu foco esteja em desenvolver ações internas, o objetivo é construir e consolidar uma percepção positiva em relação à marca, o que pode ser fator decisivo para conquistar potenciais clientes e parceiros.

🚀 Confira: Pesquisa de satisfação: como criar para avaliar cursos e treinamentos

📻 Veja também: Rádio Corredor: os prejuízos e boas práticas para evitar esse problema

 6 boas práticas para um Employer Branding de sucesso

Apesar de ter um conceito bem definido, o employer branding pode ser bastante amplo quando colocado em prática — esse termo abrange uma série de técnicas, estratégias, dinâmicas, ações e quaisquer outras iniciativas que tenham como objetivo reforçar a satisfação e engajamento interno dos colaboradores com a empresa.

Confira abaixo 6 estratégias de employer branding que podem te ajudar a impulsionar a imagem da sua empresa como boa marca empregadora:

1 – Estabeleça o objetivo da sua estratégia

Conforme explicamos acima, o employer branding pode melhorar diversos aspectos dentro de uma empresa, sendo uma poderosa estratégia de impulsionamento interno e, também, externo. 

Entretanto, mesmo que uma única ação tenha o poder de impactar indiretamente em várias metas da corporação, é importante traçar e estruturar com clareza qual será o objetivo específico para garantir o sucesso do seu employer branding.

É preciso reunir a equipe de marketing e o setor de RH da empresa para definir o intuito principal daquela estratégia, e quais táticas e recursos serão usados para alcançar essa meta, de acordo com o que é prioridade para a corporação naquele momento.

Sendo assim, é preciso analisar: no que a sua organização precisa concentrar esforços agora? Seria na retenção de talentos, na atração de novos profissionais e candidatos mais qualificados ou, ainda, investir em ações que inspirem o engajamento interno dos seus colaboradores para o alcance das metas da empresa?

Para cada um desses objetivos, é preciso um planejamento distinto e definir as práticas mais assertivas para conquistar o sucesso da sua estratégia de employer branding.

📚 Leia: Agência data-driven: como implementar uma cultura orientada a dados?

🎬 Acesse também: UGC: o que é e como utilizar conteúdos gerados por usuários?

2 – Invista em marketing digital 

Como dito, o employer branding é principalmente uma ação de marketing, ou seja, tem como intuito a divulgação da marca através da sua conduta interna e as ações desenvolvidas com funcionários e colaboradores. 

Contar com uma estratégia sólida de marketing digital é indispensável para impulsionar a mensagem da sua empresa como marca empregadora perante o mercado externo. 

Seja utilizando as ferramentas das redes sociais, produzindo conteúdo estratégico em um blog corporativo ou dos canais de comunicação, expandir o alcance do seu employer branding é a chave para se destacar perante potenciais clientes e parceiros.

É possível reverberar as ações desenvolvidas dentro da corporação através da publicação de depoimentos de funcionários, por exemplo, ou da produção de propagandas e campanhas que conectem employer branding com marketing institucional

💻 Não deixe de acessar: As 15 melhores plataformas de conteúdo utilizadas pelas empresas atualmente

📲 Confira ainda: Contratar influenciadores digitais: como fazer e quando vale a pena?

New call-to-action

3 – Cuide bem dos seus colaboradores e implemente boas políticas

Pode parecer óbvio, mas muitas empresas se contentam em oferecer salários devidamente alinhados às funções empregadas pelos seus colaboradores, quando isso está longe de ser o suficiente para garantir a satisfação de qualquer funcionário — afinal, remuneração justa e adequada não é uma vantagem, mas o mínimo esperado de qualquer corporação séria.

Implementar políticas de benefícios que viabilizem aos seus funcionários o acesso à saúde de qualidade, prática de exercícios físicos, bem estar, entretenimento e/ou lazer, aponta uma predisposição da empresa em cuidar bem dos seus colaboradores e oferecer a eles mais qualidade de vida enquanto desenvolvem o seu trabalho. 

Além de impactar positivamente na motivação e segurança de quem já trabalha na empresa, estes benefícios também são grandes atrativos para profissionais disponíveis em busca de novas oportunidades no mercado, destacando a corporação em meio à concorrência e aumentando a disputa pelas suas vagas.

Vale também investir em iniciativas que fogem do tradicional para tornar ainda mais atrativo trabalhar dentro da sua organização, como um banco de horas flexível, onde o funcionário é capaz de definir os seus horários de acordo com a sua rotina, aderir à modalidade de trabalho remoto ou híbrido e até mesmo não estabelecer condições de prazo ou quantidade de dias para a tiragem de férias, por exemplo.

Algumas grandes empresas, que são vistas como referência quando o assunto é employer branding e engajamento interno, já implementaram essas alternativas e conseguiram levar ainda mais satisfação para os seus colaboradores, que se tornam mais produtivos em ambientes organizacionais inovadores e acolhedores.

👥 Acesse: Reunião híbrida: o que é, vantagens e como integrar colaboradores

💡 Leia também: Community Management: o que é essa tendência e quais benefícios as comunidades trazem para as empresas

4 – Construa uma cultura organizacional que unifique e inspire outras empresas 

Uma cultura organizacional forte, autêntica e bem documentada já é, por si só, um dos recursos mais valiosos para a construção de uma estratégia de employer branding de sucesso. 

Isso porque o propósito, os valores e a personalidade da marca devem ser a base para a elaboração de qualquer ação de engajamento interno. Sendo assim, toda tática de employer branding precisa se certificar de carregar com clareza os princípios e o DNA da empresa para dentro e também para fora da corporação. 

Caso contrário, qual seria o sentido de incentivar entre os seus colaboradores a passar para o mercado externo uma mensagem que não esteja alinhada com o que a organização realmente acredita e defende no seu cotidiano?

Inclusive, esse aspecto do employer branding é muito eficaz para empresas que buscam construir uma comunidade de marca que acredite nos valores e propósitos da corporação, e também para aquelas que desejam educar, influenciar e incentivar uma melhora na relação entre empregadores e empregados do mercado.

🚀 Confira: Dicas para melhorar a comunicação interna do seu negócio

📚 E acesse: Universidade Corporativa: Como construir um programa de aprendizado corporativo de alto impacto

5 – Defina sua Employment Value Proposition  

Employment Value Proposition (EVP), ou em português Proposta de Valor ao Empregado, nada mais é do que a formalização do diferencial que a sua organização oferece aos seus colaboradores do restante do mercado, ou seja, o que ele pode conquistar sendo um funcionário daquela companhia. 

Seja a implantação de um sistema de bonificações, a manutenção de uma política forte de benefícios ou um plano sólido de desenvolvimento de carreira dentro da corporação, é importante que a empresa cumpra com todos os compromissos assumidos na EVP, para que o profissional não se sinta enganado ou frustrado caso a realidade não corresponda ao que está registrado.

Elaborar um EVP é uma ótima maneira de reafirmar e documentar o employer branding da companhia, mas o trabalho não para por aí — é preciso revisitá-lo constantemente e, se necessário, fazer alterações e adaptações que acompanhem o crescimento e expansão da empresa e do mercado. 

Não coloque em risco a credibilidade da sua empresa: seja transparente com os seus colaboradores e não prometa mais do que a sua organização consegue cumprir naquele momento, mas sinalize a possibilidade de melhorias.

🎮 Veja: Gamificação no treinamento corporativo: como e por que utilizar?

💻 E não deixe de conferir: A importância do treinamento de vendas e como criar um para manter sua equipe eficiente

6 – Aprimore os processos de recrutamento, seleção e onboarding

Como citado ao longo deste artigo, o employer branding é um grande impulsionador dos processos de captação e retenção de profissionais talentosos, o que resulta na formação de um time de pessoas cada vez mais qualificadas dentro da corporação.

Dessa maneira, é importante buscar alternativas que ajudem o RH a aprimorar toda a jornada percorrida por um novo colaborador, desde a sua seleção e contratação até os seus primeiros passos dentro da corporação ao longo do período de onboarding. 

Nesse sentido, é essencial garantir a ambientação e um primeiro contato positivo daquele profissional com o clima organizacional da empresa, e uma boa estratégia de employer branding voltada para este processo pode auxiliá-lo neste processo de integração à companhia. 

🎥 Acesse: Plataforma de Treinamento Online: qual a melhor para sua empresa?

📚 Confira também: Pedagogia Empresarial: para que serve e os benefícios para o seu negócio

Use a tecnologia para impulsionar a sua estratégia de employer branding 

Agora que você já sabe como traçar uma estratégia bem sucedida de employer branding, é hora de analisar o que faz mais sentido para o momento atual da sua empresa e quais são as metas prioritárias a serem alcançadas. 

A tecnologia pode ser uma ferramenta poderosa de impulsionamento do employer branding da sua empresa, pois já existem no mercado plataformas digitais voltadas para soluções corporativas que são ideais para estratégias de engajamento interno e integração dos seus colaboradores.

Através de uma plataforma de streaming corporativo, é possível concentrar em um único ambiente tudo de relevante sobre a empresa, como seu código de cultura, apresentações de onboarding e demais documentos, para que os funcionários consigam acessar de qualquer lugar e a qualquer momento com seus próprios logins quando necessário. 

Além disso, essa tecnologia pode ser usada como mecanismo chave para a produção de conteúdos educativos e instrutivos, em qualquer formato e tipo de mídia, com foco na otimização da sua estratégia de comunicação interna e impulsionamento do employer branding da companhia. 

A plataforma de streaming corporativo da Netshow.me é ideal para empresas que procuram unificar a sua produção de conteúdo em um ambiente 100% personalizável, com a tranquilidade de um software altamente seguro e que comporta multiformatos de conteúdo e personalização através de listas e playlists. Acione um dos nossos especialistas e conheça a melhor solução de comunicação interna do mercado.  

Escrito por Mayla Shiva