Tecnologia e Inovação

Modelo de trabalho híbrido: o que é e a importância da tecnologia para ter sucesso com ele

Entenda o que é o trabalho híbrido, as adaptações necessárias e qual a tecnologia necessária para ter sucesso nessa modalidade.

Escrito por Netshow.me em 02 set 2021 | Atualizado em 02 set 2021

13 minutos de leitura

© rawpixel

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter

Com a pandemia do novo coronavírus e a necessidade do isolamento social, muitas empresas permitiram aos colaboradores atuar direto da própria casa. Essa ideia evoluiu e hoje muitas delas já pensam em adotar o modelo de trabalho híbrido. 

O que chamamos de home office durante a pandemia não é uma novidade, mas também estava longe de ser algo popular. Agora, com mais empresas tendo vivido a experiência do trabalho remoto e compreendido melhor os seus benefícios, há uma chance de que o modelo de trabalho híbrido ganhe mais espaço. 

Neste artigo, você vai entender o que é o modelo de trabalho híbrido, a diferença entre ele e o home office, oportunidades e desafios dessa modalidade e como ter sucesso com essa proposta.  

O que é o modelo de trabalho híbrido

Uma coisa é híbrida quando é composta por elementos diferentes. Por exemplo, na linguística, palavras híbridas são aquelas formadas por elementos tomados de línguas diferentes. Na palavra “Sociologia”, o socio vem do latim socius, que significa aliado, amigo; e logia vem do grego logos, que significa estudo detalhado de algo. Por isso, a palavra sociologia é híbrida. 

O trabalho híbrido é aquele em que o colaborador pode cumprir parte da jornada presencialmente e parte de forma remota. O arranjo de quantos e quais dias devem ser cumpridos na empresa depende do acordo entre as partes. A questão central é que este modelo é resultado da junção de dois elementos diferentes, sendo, portanto, híbrido.

Modelo híbrido x home office

Há uma parte da jornada de trabalho do modelo híbrido que será realizada remotamente. Esse trabalho remoto poderá ser feito de qualquer lugar, até mesmo um coworking ou alguma biblioteca. 

Já no caso do home office há o pressuposto de que o trabalho será realizado de casa. Essa é uma diferenciação feita pelas empresas informalmente. Não há uma legislação ou uma regra que defina essa diferença. A nomenclatura muda apenas para tornar mais fácil a compreensão de que tipo de trabalho estamos falando.  

Legislação para o trabalho híbrido: direitos e deveres da empresa e dos colaboradores

Na legislação brasileira, há um tipo de trabalho remoto denominado “teletrabalho”. Considera-se como trabalho remoto todo serviço prestado fora das dependências da empresa. Há uma diferença importante entre esta modalidade e o trabalho externo, em que o profissional precisa desempenhar sua função em outro local. Esse é o caso dos técnicos que fazem a instalação da sua internet, por exemplo. 

A modalidade do teletrabalho foi melhor desenvolvida com a Reforma Trabalhista de 2017. Para que seja compreendido como trabalho remoto de fato, o desempenho da função precisa ser feito majoritariamente fora da empresa – mas pode existir comparecimento presencial.

Esta modalidade não é exatamente a mesma coisa que trabalho híbrido. Para configurar o teletrabalho existem algumas determinações específicas que precisam estar no contrato firmado entre empregador e empregado. 

A modalidade híbrida encaixa-se mais na definição dada pela CLT em seu artigo 6º: não há distinção entre a empresa ou a casa do colaborador desde que existam os pressupostos da relação de emprego. Ou seja, a empresa precisa pagar os direitos dos colaboradores como se esta fosse uma relação de emprego comum. 

As vantagens do trabalho híbrido 

O trabalho no modelo híbrido apresenta vantagens tanto para os colaboradores, quanto para a empresa. Veja algumas delas: 

Melhoria na qualidade de vida dos colaboradores 

A vida em cidades maiores pode ser muito estressante, com o trânsito e o vai e vem das pessoas. O trabalho híbrido permitirá que os colaboradores possam ter alguns dias de descanso dessa realidade, ganhando algumas horas a mais para si ou para dedicarem às suas atividades pessoais. 

Esse é um fator importante para evitar o adoecimento dos funcionários. Segundo a pesquisa Wellbeing Diagnostic, 83% das empresas entrevistadas disseram que o estresse é visto como o problema mais crítico da força de trabalho. Na sequência estão os transtornos mentais como depressão e ansiedade, para 82% das entrevistadas, e o sedentarismo, para 69%. 

Agilidade nos processos

Para que o trabalho híbrido funcione bem, os processos precisam correr de forma mais ágil. Isso porque a comunicação no modelo online é mais limitada, por isso, é importante que as coisas possam ser resolvidas com menos burocracias. 

Pode ser que no início a sua empresa e os funcionários levem um tempo para lapidar esses passos. Contudo, com um pouco de tempo de prática e implementação de melhorias, as coisas se acertam. 

Diminuição de gastos

Com menos pessoas presentes fisicamente na empresa, alguns gatos como luz, água e café tendem a ser menores. Se a empresa fornece algum lanche, é outra economia que poderá ser feita com o modelo híbrido de trabalho. Outro ponto importante é a diminuição do vale-transporte, já que não será preciso pagá-lo nos dias que o colaborador não vai até a empresa. 

Desafios desse novo modelo 

Para ser capaz de organizar o modelo de trabalho híbrido, a empresa precisará passar por algumas mudanças e readaptações. Nesse processo, algumas pessoas podem apresentar resistência a essas mudanças, mas isto é algo perfeitamente normal. 

Com conversas francas e deixando claro que a mudança é benéfica para todos, essas questões podem ser resolvidas com tranquilidade. Alguns dos desafios que podem surgir nesse momento: 

Cultura interna 

A cultura da empresa são os seus valores éticos e morais, hábitos, comportamentos, políticas internas e externas.O modelo híbrido trará desafios na manutenção dessas características. 

Isso porque grande parte delas é aprendida a partir da convivência com os colegas e o local de trabalho. Uma boa solução é o RH apostar em mais eventos e ações que promovam essa cultura mesmo no modelo remoto. 

➡️ Veja o que é tendência na comunicação interna das empresas.

Adaptação da comunicação 

A comunicação online funciona de maneira muito diferente da presencial. Por exemplo, alguns colaboradores preferem silenciar as notificações para conseguir trabalhar sem interferência. Isso dificulta entrar em contato com eles quando é necessário, mas é algo compreensível para a manutenção da produtividade. 

Para que o modelo híbrido funcione, será preciso passar por uma adaptação desses processos. Nessa situação, é sempre bom ter tudo combinado para evitar desgastes futuros. Algumas empresas adotam as dailies, por exemplo, que são reuniões diárias onde a equipe conversa sobre tudo o que precisa ser resolvido com maior agilidade. 

É importante fazer alguns questionamentos: O que deve ser um e-mail e o que pode ser enviado pelo chat da empresa? Existe outra pessoa que pode ajudar com isso? O que de fato precisa ser respondido de forma urgente? Nesses casos, ligar para o telefone da pessoa é a melhor saída. 

Escalas de trabalho

Para organizar os dias presenciais e remotos no modelo de trabalho híbrido é preciso organizar uma escala. Isso ajuda a empresa e os colaboradores a se organizarem melhor durante a semana. Essa definição pode ser feita com dias alternados ou com a metade da semana em cada um dos modelos. 

Pessoas que precisam se comunicar de forma mais ativa para realizar o seu trabalho, podem ser colocadas para estarem na empresa nos mesmos dias, por exemplo. O importante aqui é entender o objetivo da empresa em adotar esse modelo e o que funciona melhor para a equipe – claro, sempre considerando o que é permitido por lei. 

Segurança dos dados 

Em uma rede interna da empresa é mais fácil ter controle sobre a segurança das informações que passam por ali todos os dias. No trabalho remoto, é fundamental ter regras e normas claras para evitar situações que possam levar a vazamento de dados ou fraudes. 

Outro fator importante é verificar se a tecnologia usada na comunicação e transmissão de informações é realmente confiável. 

Como ter sucesso com o trabalho híbrido 

O sucesso no trabalho híbrido pressupõe conseguir mapear os desafios que vão surgir na empresa e buscar a melhor forma de lidar com eles. Algumas considerações que você deve fazer nesse processo para chegar a um bom resultado com o modelo de trabalho híbrido:

Repasses periódicos

Informar periodicamente os colaboradores de questões importantes impede o surgimento de boatos prejudiciais para a empresa. A rádio corredor é uma realidade e, para que o modelo híbrido não seja um problema, é importante manter a centralização da comunicação e evitar esses ruídos. A preferência é que esses comunicados sejam feitos por meio de transmissão ao vivo online para contemplar todos os funcionários. 

Capacitação e interação de forma remota

Quando precisar oferecer um treinamento ou um evento corporativo para os colaboradores, considere utilizar a modalidade remota. Com funcionários no modelo híbrido, essa opção garante que todos possam participar. Há também o benefício de poder gravar os conteúdos e utilizá-los novamente no futuro. 

A interação entre os colaboradores é um fator importante a ser preservado nessa migração da modalidade presencial para o online. Ela pode ser obtida com discussões pelo chat ou via fórum de mensagens. Outra possibilidade é criar salas de conversa e definir um momento específico para essa interação. 

Opte por plataformas seguras e confiáveis

Tanto na comunicação por escrito, quanto em reuniões e arquivos de vídeo, é importante ter uma plataforma que dê segurança para a empresa, os colaboradores e os clientes. A segurança e confiança precisam estar também na entrega dada pela plataforma.

Imagine contar com a sua ferramenta de vídeo para uma apresentação importante para os colaboradores e ela simplesmente falha e não há um suporte disponível para te auxiliar? É um cenário bem complicado. Opte por ferramentas profissionais e que tenham boa tecnologia pode impedir que isso aconteça. 

➡️ Com as soluções da Netshow.me, você oferece capacitação para seus funcionários com total segurança, seja em transmissões ao vivo ou em plataformas de conteúdo personalizadas.

A tecnologia como parte do time 

A modalidade de trabalho híbrido permite que a empresa evolua em diversos processos e estratégias. Apostar nesse novo cenário pode ajudar, inclusive, na obtenção e retenção de talentos e profissionais interessados com as melhores novidades do mundo do trabalho. 

Além de estar antenada com os novos modelos de trabalho, a empresa também precisa prestar atenção na melhor tecnologia disponível para tornar isso possível.

Algo fundamental nesse caminho é contar sempre com tecnologias e ferramentas que não vão te deixar na mão – sobretudo quando falamos da comunicação interna. Ela é um dos pilares da implementação do trabalho híbrido.

Conheça nosso artigo sobre as ferramentas de comunicação interna e as melhores opções para a sua empresa: 

Ferramenta de comunicação interna: por que ela se complementa à plataforma de conteúdo? 

Escrito por Netshow.me

Este artigo foi produzido pela equipe de especialistas da Netshow.me. Oferecemos serviços para gerenciamento, distribuição e monetização de vídeos e conteúdos online. Produzimos conteúdos com o objetivo de fazer com que você também se torne um especialista.