Tendências de Mercado

Universidade corporativa: o que é, exemplos e como implementar em sua empresa

Quer criar uma universidade corporativa em sua empresa? Veja o que é preciso e confira exemplos para se inspirar.

Escrito por Netshow.me em 16 ago 2021 | Atualizado em 01 out 2021

8 minutos de leitura

Foto: Unsplash.com

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter

A capacitação e atualização profissional são essenciais em qualquer área. Já discutimos aqui no blog, por exemplo, sobre a importância do treinamento empresarial. Neste post, vamos falar sobre outra iniciativa que está se tornando cada vez mais comum, especialmente em grandes empresas: a universidade corporativa.

O que é universidade corporativa?

Enquanto treinamentos costumam ser pontuais, a universidade corporativa dá um passo além. É um programa de educação corporativa completo, com uma estrutura pensada na aprendizagem contínua e na evolução profissional dos colaboradores.

Não podemos confundir a universidade corporativa com uma universidade tradicional. A universidade tradicional oferece cursos reconhecidos e que seguem critérios estabelecidos pelo Ministério da Educação (MEC) para que os alunos obtenham um grau de formação.

Por sua vez, a universidade corporativa é criada por uma empresa para oferecer aos seus colaboradores uma série de cursos e experiências de aprendizagem desenvolvidos com base nas estratégias e interesses da organização.

Ou seja, são cursos livres, sem vínculos com o MEC, que não conferem nenhum grau de formação ao aluno. Nada impede, entretanto, que uma empresa desenvolva cursos de graduação e pós-graduação seguindo os parâmetros do MEC e solicite o credenciamento junto à entidade.

Por que montar uma universidade corporativa?

A última edição da pesquisa “Educação corporativa no Brasil”, realizada pela Deloitte, apontou um crescimento da implementação de universidades corporativas no país. Das 126 empresas entrevistadas, 28% já possuem universidades corporativas. Dentre as que não possuem, 28% demonstraram interesse em criar uma em até dois anos.

E por que tantas empresas estão investindo em uma universidade corporativa? Um dos motivos é a distância que os currículos de instituições de ensino tradicionais têm do dia a dia de muitas empresas. Isso faz com que as organizações optem por capacitar os colaboradores seguindo seus próprios objetivos, interesses e estratégias.

Mas os benefícios vão muito além. É um investimento da empresa em seu maior ativo: seus colaboradores. É, ainda, uma via de mão dupla. Os profissionais têm acesso a cursos e treinamentos para desenvolver seus conhecimentos, habilidades e atitudes. E e empresa ganha com funcionários mais motivados, produtivos e alinhados com seu propósito. Uma estratégia de educação corporativa é um diferencial competitivo e ajuda a fortalecer a marca.

Como funciona uma universidade corporativa?

Quando falamos em um modelo de universidade corporativa, é preciso ter uma coisa em mente: nenhuma é igual a outra. Isso porque a universidade corporativa está intrinsecamente ligada ao DNA de uma empresa. Os conteúdos estão relacionados a sua cultura, visão, missão e valores. Levam em consideração as competências e habilidades que ela espera desenvolver em seus funcionários.

Por isso, não há um modelo a ser seguido. Primeiramente, a empresa deve entender com clareza quais são seus objetivos com a universidade corporativa e avaliar quais são as necessidades dos colaboradores e de suas áreas. A partir deste exercício, fica mais fácil pensar nos conteúdos e trilhas de aprendizagem.

Universidade corporativa online

Os cursos podem ser presenciais e/ou online. Podem ter conteúdos técnicos direcionados às diferentes áreas ou desenvolver habilidades necessárias a todas as equipes. Podem usar métodos tradicionais ou abordagens criativas, como dinâmicas entre as equipes, visitas de campo e atividades de imersão. Podem ser voltados para colaboradores ou terem conteúdos para parceiros e fornecedores também.

Seja quais forem as escolhas, uma coisa é certa: a universidade corporativa está sempre em movimento. Não dá para criar um conjunto de cursos e achar que isso basta. É preciso pensar constantemente em novos conteúdos e experiências. Também é importante construir trilhas de aprendizagem que acompanhem e apoiem o desenvolvimento dos profissionais.

Confira, a seguir, algumas dicas para implementar uma universidade corporativa em sua empresa.

Como implementar uma universidade corporativa em 8 passos

  1. Avaliar se a sua empresa tem estrutura para isso. Uma universidade corporativa precisa de uma equipe dedicada a sua gestão, profissionais para desenvolver os conteúdos, ferramentas para cursos online, entre outros recursos. Não dá para fazer de qualquer jeito. É necessário investir em uma estrutura adequada para obter bons resultados.
  2. Montar uma equipe dedicada à universidade corporativa. Normalmente, este é um projeto da área de Recursos Humanos. Mas profissionais de outras áreas podem se envolver – o que é muito útil para trazer diferentes olhares e elaborar conteúdos que atendam, de fato, a todos.
  3. Planejar, planejar e planejar. Pense nos objetivos e metas da universidade corporativa, em como será estruturada, quais serão suas trilhas de aprendizagem e cursos, se a universidade corporativo será online, presencial ou ambos. O planejamento leva tempo, mas é essencial para oferecer uma formação de qualidade aos colaboradores.
  4. Definir e escalar os profissionais que serão envolvidos. Quem criará e conduzirá os cursos? Será uma pessoa da empresa ou um profissional terceirizado? E para os cursos a distância, será preciso buscar um serviço de produção de vídeos?
  5. Para cursos a distância, é necessário desenvolver uma plataforma para disponibilizar vídeos e outros formatos de conteúdo.
  6. Criar ações de divulgação e engajamento para incentivar os colaboradores a realizarem os cursos.
  7. Estabelecer formas de avaliação e métricas para entender se os resultados esperados estão sendo alcançados.
  8. Atualizar os conteúdos e criar novos cursos com frequência.

Exemplos de universidades corporativas no Brasil

Diversas empresas no Brasil já implementaram universidades corporativas com sucesso em suas organizações. Confira os principais exemplos de universidades corporativas brasileiras!

Universidade Corporativa Sebrae

A Universidade Corporativa Sebrae (UCSebrae) começou em 2008 com um programa de capacitação de trainees. Ao longo do tempo, evoluiu para oferecer cursos presenciais e online a todos os colaboradores e parceiros do Sebrae no Brasil.

Os cursos envolvem as mais diversas competências, como desenvolvimento e gestão de pessoas, mensuração e análise de dados e formação de lideranças. A UCSebrae também promove fóruns, workshops e encontros, além de explorar diferentes formatos de conteúdos e estratégias de gamificação. Os colaboradores podem, de maneira opcional, participar de avaliações para conquistar certificações.

UniBB

Universidade-corporativa-UniBB-banco-do-brasil

A universidade corporativa do Banco do Brasil é a UniBB, que foi inaugurada em 2002. Todos os colaboradores têm acesso aos cursos presenciais e online de desenvolvimento profissional e pessoal. Os conteúdos também têm o objetivo de capacitar os funcionários para participarem de processos internos e assumirem novos cargos na empresa.

A UniBB também tem cursos direcionados aos familiares dos colaboradores, com conteúdos infantis, sobre vestibular, cursos de idiomas, entre outros. E ainda disponibiliza cursos abertos a qualquer interessado, como Gestão Empreendedora e Inovação, Psicologia da Meta e Prevenção e Combate à Corrupção.

Universidade Ambev

A Universidade Ambev, que agora recebe o nome de Ambev On, começou suas atividades em 1995, com o nome de Universidade Brahma. A Ambev On oferece cursos presenciais e online para colaboradores de todos os níveis operacionais, divididos nos eixos temáticos Liderança e Cultura, Funcional e Método.

O objetivo da Universidade Corporativa da Ambev é capacitar os funcionários tanto para se aprimorarem em seus cargos quanto para crescerem na empresa. Para participar dos cursos, os colaboradores interessados dependem da avaliação e aprovação dos gestores.

Hamburger University

O McDonald’s é responsável por uma das mais antigas universidades corporativas do mundo. A Hamburger University, ou McDonald’s University, tem unidades em 10 países, mas recebe funcionários do mundo todo para cursos presenciais, com tradução simultânea.

A unidade brasileira foi inaugurada em 1997, em Barueri-SP, e recebe colaboradores de toda a América Latina. Os cursos são voltados para funcionários dos níveis de gestão e liderança, tanto dos escritórios quanto dos restaurantes, franqueados e fornecedores. Também há atividades abertas voltadas para todos os interessados.

Universidade Corporativa Leroy Merlin (UCLM)

A Universidade Corporativa Leroy Merlin é responsável por oferecer cursos online e presenciais aos 10 mil colaboradores brasileiros da rede de lojas Leroy Merlin. Ela é dividida em cinco Academias: Vendas, Comércio, Backoffice, Produtos e Liderança.

Cada uma das Academias possui um head e um grupo de multiplicadores. Os multiplicadores são colaboradores de todos os níveis e setores que se voluntariam para contribuir com a UCLM. Eles são essenciais para a estratégia presencial, já que ajudam a transmitir os conteúdos entre seus colegas.

Universidade corporativa a distância

Uma das grandes dúvidas entre quem quer implementar uma universidade corporativa é se os cursos serão presenciais, a distância (EAD) ou ambos. Isso também é uma decisão que depende do perfil da empresa e dos colaboradores. Muitas pessoas preferem sair da rotina do escritório e compartilhar o aprendizado presencialmente com os colegas. Outras universidades corporativos preferem o modelo online, para realizarem os cursos quando e onde quiserem, no seu próprio ritmo.

Cada modalidade tem seus benefícios. Mas a educação a distância (EAD) vem ganhando um espaço cada vez maior nas universidades corporativas. Um dos principais motivos é a redução de custos. Não é preciso criar espaços físicos para servirem de sala de aula, muito menos deslocar os funcionários até lá. O conteúdo online pode ser levado a todos os colaboradores de uma vez só, fazendo com que as universidades corporativas EAD tenham um alcance maior do que o presencial.

Universidades corporativas com cursos EAD também proporcionam mais flexibilidade aos funcionários, que não dependem de um horário fixo para realizá-los. O conteúdo pode ser aproveitado quantas vezes for preciso, inclusive quando há novas contratações. Assim, não é preciso marcar novos encontros presenciais constantemente para que todo mundo se atualize.

Para criar cursos a distância para uma universidade corporativa, é preciso desenvolver um ambiente online dedicado a isso. O Netshow.me pode te ajudar nesta missão. Com o nosso software, você pode desenvolver uma plataforma com conteúdos online para os colaboradores em diferentes formatos, como vídeos, textos e áudios. O acesso é totalmente restrito, seja por login e senha ou com a integração da plataforma à intranet da empresa. E o layout da plataforma pode ser personalizado de acordo com a identidade visual da empresa.

Quer saber mais sobre como o Netshow.me pode contribuir com seu projeto de universidade corporativa? Fale com um de nossos especialistas.

Banner-livecompleto

Confira também:

Escrito por Netshow.me

Este artigo foi produzido pela equipe de especialistas da Netshow.me. Oferecemos serviços para gerenciamento, distribuição e monetização de vídeos e conteúdos online. Produzimos conteúdos com o objetivo de fazer com que você também se torne um especialista.