Educação

Soft Skills: a importância de desenvolver em sua equipe

Entenda porque as soft skills são tão importantes nas empresas e como apoiar os colaboradores para desenvolvê-las.

Escrito por Netshow.me em 11 ago 2022 | Atualizado em 26 ago 2022

9 minutos de leitura

Créditos: freepik

Compartilhar no FacebookCompartilhar no FacebookCompartilhar no Twitter

Você já conheceu alguém com quem todo mundo gostava de trabalhar? Talvez essa pessoa seja muito legal, mas pode ser também que ela apenas domine uma série de soft skills que a tornam agradável de conviver. Isto é, uma pessoa que possui diversas habilidades interpessoais. 

Talvez você já tenha ouvido falar de algumas delas como escuta ativa ou inteligência emocional. Essas habilidades são muito importantes para a vida em sociedade de modo geral mas, no ambiente de trabalho, as pessoas que as dominam acabam se destacando das demais. 

Dominar esse tipo de habilidade permite que o colaborador seja capaz de transitar entre diferentes grupos e áreas sempre de forma harmoniosa e produtiva. Além disso, também dá acesso a outras capacidades também muito importantes como organização de tempo e pensamento coletivo. 

Durante um processo seletivo, diversas empresas buscam essas habilidades nos colaboradores pois sabem a importância desse tipo de profissional. Mas, é importante ressaltar: as soft skills também podem ser ensinadas. 

Neste artigo, entenda a importância dessas habilidades, conheça as mais relevantes para o ambiente de trabalho e veja também dicas para aprendê-las. 

O que são soft skills? 

As soft skills são habilidades que muitos empregadores buscam no processo de contratação. Elas representam um conjunto de habilidades que uma pessoa pode ter que não são direcionadas ao trabalho técnico, mas a sua habilidade de se relacionar com outras pessoas, com o ambiente e com o mundo à sua volta. 

Pessoas com soft skills bem desenvolvidas, são melhores líderes, comunicadores, colegas, amigos e até melhores profissionais. Isso porque, parte dessas habilidades é sobre aprender a lidar com frustrações, capacidade de comunicação, organização, escuta, trabalho em equipe e até a resolução de problemas. 

O termo soft skills, em uma tradução literal quer dizer “habilidades suaves” mas, uma versão mais correta de entendê-lo seria como “habilidades interpessoais”. Esse tipo de conhecimento, apesar de parecer bobo ou até pouco relevante, é fundamental na construção da cultura da empresa e do ambiente de trabalho. 

E as hard skills? 

As hard skills são o outro lado dessas habilidades, focadas no conhecimento técnico, acadêmico ou mais objetivo. Em geral, são as atribuições necessárias para desenvolver um trabalho específico. 

Elas também são muito importantes nas empresas, mas o problema é que, por muitos anos, elas foram as únicas habilidades valorizadas de verdade, enquanto as soft skills eram vistas como prioridades secundárias. Hoje em dia, essa visão tem mudado, especialmente pela compreensão de que é igualmente difícil aprender e desenvolver qualquer uma das duas. 

Por que soft skills são importantes em uma empresa? 

É fácil entender porque a comunicação, por exemplo, é uma habilidade valorizada dentro das empresas. Mas, as soft skills são realmente essenciais? O contexto de mercado atual mostra que sim, mais do que nunca essas são características importantes para o desenvolvimento do negócio. 

Uma pesquisa da Pew Research Center mostra os motivos pelos quais vários colaboradores mudaram de emprego em 2021. Cerca de 57% disseram que se sentiam desrespeitados no trabalho. Essa é uma questão diretamente associada às habilidades interpessoais — tanto entre os funcionários, quanto em relação à chefia.   

De acordo com uma pesquisa da Universidade de Harvard, cerca de 80% das conquistas obtidas ao longo da carreira são influenciadas pelas soft skills e apenas 20% pelas hard skills. Impressionante, não é? 

A forma como é feita a comunicação, as correções e até os pedidos de ajuda nas empresas impactam diretamente na percepção do ambiente de trabalho. Ao mesmo tempo, isso terá resultados diretos na produtividade e na entrega dos colaboradores. Além disso, essas relações também vão impactar no tratamento que é passado para os clientes. 

Além disso, essas habilidades também vão impactar em: 

  • Ações que envolvam colaboração entre pessoas; 
  • Pensamento criativo; 
  • Clareza na comunicação; 
  • Resolução de conflitos; 
  • Resolução de problemas; 
  • Inclusão; 
  • Capacidade de ter flexibilidade e adaptação; 
  • Negociações interpessoais; 
  • Lidar com frustrações. 

Soft skills importantes no ambiente corporativo 

Como mencionamos, as soft skills são um conjunto de habilidades. Algumas são mais frequentes ou mais úteis no ambiente de trabalho, enquanto outras são mais usadas nas relações familiares, por exemplo. 

Dificilmente uma soft skill usada adequadamente trará prejuízo para os envolvidos. Contudo, existem aquelas que são mais importantes para o contexto das empresas. Confira algumas delas:  

Habilidade de comunicação. 

Diversos problemas das empresas começam simplesmente porque as pessoas têm pouca capacidade de comunicação. Isso está relacionado tanto a não falar sobre um problema ou questão incômoda, quanto a falar de forma negativa ou até violenta.  

Aprender a como falar com as pessoas é uma habilidade importante que a maioria de nós ainda tem muito a desenvolver. Como posso falar de um problema de forma respeitosa? Se alguém fala alto, como responder de forma que o tom da conversa mude? Essas são questões importantes que precisamos trabalhar cotidianamente. 

Habilidade de escuta

Outra parte do problema está em como a comunicação é recebida. Na maioria das vezes somos capazes de distinguir quando estamos sendo ouvidos de fato ou quanto aquela pessoa está apenas esperando para responder ou sequer escutando. 

Ter uma escuta ativa é muito importante no ambiente corporativo e significa estar presente de fato, oferecendo respostas claras e discutindo os problemas como eles devem ser discutidos. Além disso, é também uma forma de demonstrar respeito às pessoas com quem estamos conversando. 

Pensamento coletivo 

Uma empresa é formada por diversas pessoas que trabalham juntas — mesmo ambientes pequenos. Por isso, ter um pensamento coletivo é fundamental para manter a paz e a boa convivência entre as pessoas. 

Esse pensamento pode ser incorporado em diversas atitudes. Por exemplo, não deixar algo sujo na cozinha ou não pegar a comida de outra pessoa. Ou também, perguntar a um colega de trabalho que está doente se ele precisa de alguma ajuda ou se existe algo urgente que você pode fazer por ele. 

Inteligência emocional 

Essa é uma soft skill que está diretamente conectada a várias outras. Se você é capaz de entender e processar seus sentimentos de forma inteligente, terá maiores chances de se relacionar de forma positiva com os colegas de trabalho. 

Essa habilidade envolve elementos como: autoconhecimento, motivações pessoais, empatias e habilidades sociais. Ao desenvolver cada um deles, você aumenta a sua inteligência emocional. 

Assim, você terá maiores chances de regular suas reações e comportamentos a respeito de acontecimentos positivos ou negativos. Por exemplo, pode ser frustrante receber a notícia de que um projeto que você criou é dado para outra pessoa tocar. Com inteligência emocional, você terá maior capacidade de lidar com essa frustração e entender os motivos que levaram a esse acontecimento.  

Gerenciamento de tempo 

Essa é uma soft skill que tem também grande influência das hard skills. Aprender a gerenciar o tempo é fundamental para entender suas limitações e capacidades no desenvolvimento de um trabalho. Em geral, está relacionada com aprender a lidar com organização, priorização de tarefas, planejamento e determinação de objetivos. 

Outro fator importante que envolve o gerenciamento de tempo é o gerenciamento da pressão ou prazos. Ser um procrastinador pode levar a grandes problemas no ambiente de trabalho.  

Ética de trabalho

Diversas empresas têm seu código de ética e regras do que pode ou não ser feito no ambiente de trabalho ou com relação à empresa. Contudo, é importante que cada pessoa desenvolva também a sua própria ética. 

Não é porque algo não é proibido que precisa ser feito, não é? Entender até onde suas ações podem ir é importante para construir um bom relacionamento com os colegas, subordinados e com a chefia. 

Essa habilidade envolve também ter empatia e saber identificar os sentimentos de outras pessoas. Por exemplo, talvez um colaborador diga que não se importa de ter um apelido mas é possível ver que ele também não fica muito contente com a situação. Então, nesse caso, será que não seria melhor parar com essa atitude? 

Abertura para feedbacks 

Tão importante quanto saber o modo certo de dar feedbacks é saber recebê-los. Não é nada confortável ouvir outra pessoa dizer onde estamos errando ou que as nossas atitudes devem mudar mas, ao invés de ver isso como um problema, por que não aproveitar esse retorno como uma chance de crescimento? 

É claro, cada um de nós pode usar os filtros que achar melhor ao receber um retorno negativo, visto que nem toda crítica é construtiva. Mas, ao mesmo tempo, não é necessário sentir raiva ou ficar desmotivado nessas circunstâncias. Aqui, a inteligência emocional é muito importante para conseguir receber aquele retorno e, ainda assim acreditar que é possível ser ainda melhor. 

Como desenvolver soft skills

Ao contrário das hard skills, as soft skills não podem ser aprendidas com leitura, estudo técnico e videoaulas. O seu desenvolvimento depende de uma série de fatores subjetivos e pessoais de cada pessoa. Elas podem ser ensinadas e aprendidas, mas não da mesma forma. 

Aprender e desenvolver soft skills dependerá de prática e investimento na aprendizagem. Muitas vezes, esse será um processo interno em que cada pessoa precisa entender suas capacidades e limitações para trabalhá-las. Não será fácil, mas com certeza vai ajudar muito no trabalho e também na vida de cada colaborador. 

Algumas dicas que podem ajudar a ampliar as soft skills dos colaboradores

  • Incentivar um ambiente seguro de aprendizagem e suporte; 
  • Pedir e dar feedback; 
  • Sair da zona de conforto e ter um ambiente seguro para que isso seja feito; 
  • Acolher pessoas quando elas errarem; 
  • Fugir de um ambiente controlador e pautado pelo microgerenciamento; 
  • Incentivar a comunicação clara e direta; 
  • Entender as necessidades das outras pessoas. 

Indo além, outra forma de garantir o desenvolvimento das soft skills é incentivando a capacitação dos colaboradores nessa área. Existem cursos especializados nesse setor, basta procurar aquele que melhor atende às necessidades de treinamento da sua empresa. 

Os treinamentos online são uma forma muito interessante para essa capacitação. Além de permitirem que as aulas sejam revisitadas no futuro, também garantem que cada colaborador faça tudo no seu ritmo e atendendo ao seu método de estudo. 

Veja mais sobre treinamentos online e como eles podem ajudar as empresas:  

Treinamento online: o que é, as vantagens e como implementar 

Escrito por Netshow.me

Este artigo foi produzido pela equipe de especialistas da Netshow.me. Oferecemos serviços para gerenciamento, distribuição e monetização de vídeos e conteúdos online. Produzimos conteúdos com o objetivo de fazer com que você também se torne um especialista.