Tendências de Mercado

Streaming: o que é, como funciona e quais as principais plataformas no Brasil?

Saiba o que é streaming, entenda como funciona, descubra as maiores plataformas de streaming no Brasil e veja dados e tendências de crescimento nesse mercado!

Escrito por Netshow.me em 07 abr 2022 | Atualizado em 20 abr 2022

5 minutos de leitura

Netshow

Compartilhar no FacebookCompartilhar no FacebookCompartilhar no Twitter

Streaming , que em inglês significa transmissão, é um termo que está entrando no vocabulário dos brasileiros aos poucos. O crescimento de banda larga de internet, principalmente com a expansão de malha de fibra ótica no país e com a melhoria dos serviços de internet móvel, como o 4G e o 5G, está possibilitando o surgimento e desenvolvimento de diversos serviços de streaming de músicas, filmes, séries e até jogos no Brasil.

Neste artigo, você vai entender o que é streaming, quais as principais plataformas no Brasil, além de dados e tendências de crescimento no mercado de streaming de vídeos e músicas. Vem com a gente!

streaming-de-video-musica-no-onibus-metro-transporte-publico-internet-movel

O que é streaming?

O conceito de streaming basicamente traduz a ideia de transmissão de conteúdo multimídia pela internet. Quando o conteúdo é ao vivo, se trata de uma live streaming, e quando é algo já gravado, é um streaming on demand.

No início da internet, os sites tinham apenas textos e algumas poucas imagens. Com o avanço das velocidades de conexão e o advento do streaming, hoje é possível ver filmes e séries em resolução 4K ou assistir a lives em tempo real.

O YouTube, maior site de vídeos do mundo, é um exemplo do conceito de streaming de video. O Spotify é um exemplo de streaming de música, enquanto a Twitch é uma plataforma de live streaming.

Como funciona o streaming?

O streaming é uma transmissão contínua de arquivos em áudio ou vídeo, partindo de um servidor até o computador, tablet ou celular do usuário. Com o streaming, o arquivo de mídia reproduzido no dispositivo do usuário é armazenado remotamente e transmitido ao longo da reprodução.

Isso significa que com o streaming, o usuário não precisa gastar o armazenamento do seu dispositivo com séries e filmes, liberando espaço para outras coisas.

Assim como qualquer outro dado enviado pela internet, no streaming, o áudio e vídeo dos conteúdos é quebrado em pequenos pacotes de dados. Cada um desses pacotes contém um pedaço do arquivo, e o reprodutor de mídia no dispositivo do usuário recebe esse fluxo de pacotes de dados e os interpreta como um contínuo de áudio ou vídeo.

É exatamente isso que acontece quando você vê um filme na Netflix, escuta um álbum pela Apple Music ou assiste um vídeo no TikTok.

Por que o streaming fica travando?

Se você já viu seu filme travar em um momento crucial da história, ou teve sua música interrompida bem no refrão que você adora, então sabe o quanto isso pode frustrar a experiência. Mas por que o streaming trava?

Como a gente falou, essa tecnologia envolve uma transmissão contínua de pacotes de dados, o que significa que você precisa ter uma conexão de internet rápida e estável o suficiente para que essa transmissão consiga fluir em tempo real.

Ou seja, quando o seu vídeo ou música trava, isso significa que o pacote de dados seguinte não foi baixado por completo, forçando o seu reprodutor de mídia a interromper a transmissão enquanto aguarda pelo próximo pacote. Por isso, quanto melhor a banda larga, melhor a qualidade do streaming.

Foi inclusive o crescimento, tanto em termos de velocidade de tráfego quanto em número de pessoas com acesso à internet (que já extrapola 150 milhões no Brasil, ou 81% da população do país), que fez com que empresas de streaming viessem em peso para o Brasil, um dos países com maior mercado consumidor no mundo.

Confira também: Qual a diferença entre videoconferência e live streaming?

O crescimento do streaming de música

Desde o suspiro da indústria fonográfica mundial em 2013, quando o faturamento bruto anual voltou a subir após anos de estagnação, impulsionado tanto pelo volume de músicas vendidas na época via iTunes quanto pelo sucesso dos serviços de assinatura de música por streaming on demand pelo mundo, os holofotes do mercado ficaram voltados para este tipo de serviço.

crescimento-streaming-musica-industria-2005-a-2020
Rendimentos do streaming na indústria da música entre 2005 e 2020. Valores em bilhões de dólares e referentes ao mundo inteiro.

Segundo o site Statista, em 2020, o rendimento de artistas com streaming de música no mundo inteiro atingiu 13,4 bilhões de dólares, o maior valor até hoje e 4 vezes o lucro registrado em 2015, quando o streaming de música arrecadou 2,8 bilhões de dólares de lucro. Atualmente, o streaming de música representa mais de 60% dos lucros totais na indústria da música.

Quais são as principais plataformas de streaming de música no Brasil?

A música sempre esteve no coração do Brasil, e não é à toa que as plataformas de streaming de música caíram nas graças do brasileiro. Na tabela abaixo, você confere as maiores plataformas de streaming de música disponíveis no Brasil, listadas de acordo com o número de usuários. Os dados são da Comscore e relativos a 2020.

Plataformas de streaming de músicaUsuários (em milhões)
Spotify25,6
Deezer6,9
Soundcloud5,1
Sua Música4,6
Mixcloud0,5
Tunein0,47
Podcasts (Aplicativo Mobile)0,4
Streema0,34

O crescimento do streaming de vídeo

O streaming de vídeo tem dominado as telinhas no mundo todo – e no Brasil não é diferente. Fenômenos como Round 6, da Netflix, rendem bilhões de dólares em valor de mercado para as empresas produtoras, e o número de assinantes cresce a cada ano.

acesso-streaming-video-brasil-mundo-grafico
Percentagem da população adulta com acesso a pelo menos um serviço de streaming. O Brasil se encontra bastante acima da média mundial, com 64,5% da população adulta consumindo algum streaming de vídeo.

Ao redor do sistema on demand, está começando a florescer o sistema ao vivo, que tende a se tornar cada vez mais normal e recorrente.

[Exclusivo] Quanto um youtuber ganha e o que é preciso para viver do YouTube

Quais são as principais plataformas de streaming de vídeo no Brasil?

Hoje também existem diversas plataformas de streaming de vídeo com conteúdos novos sendo produzidos todos os dias. Além de filmes e séries, muitas dessas plataformas também disponibilizam eventos ao vivo, sejam eventos esportivos ou de música. Na tabela abaixo, você confere as maiores plataformas de streaming de vídeo disponíveis no Brasil de acordo com o market share, isto é, com a porcentagem de assinantes que possuem no mercado brasileiro. Os dados são do Statista e Just Watch e foram extraídos pelo site Cupom Válido.

Plataformas de streaming de vídeoMarket Share
1. Netflix31%
2. Amazon Prime Video24%
3. Disney Plus12%
4. Globoplay8%
5. HBO Max7%
6. Telecine Play6%
7. Claro Vídeos4%
8. Outros8%

O rápido crescimento nas vendas das Smart TVs – televisores conectados à internet – tornou mais tangível a ideia de convergência digital e aponta um futuro cada vez mais promissor no conceito de streaming ao vivo de conteúdo audiovisual. Afinal, você assistirá a conteúdo digital transmitido via internet pela telinha de sua casa. Seus aplicativos favoritos serão cada vez mais seus canais de televisão.

Veja também: Multistreaming: como fazer live em vários lugares ao mesmo tempo

Escrito por Netshow.me

Este artigo foi produzido pela equipe de especialistas da Netshow.me. Oferecemos serviços para gerenciamento, distribuição e monetização de vídeos e conteúdos online. Produzimos conteúdos com o objetivo de fazer com que você também se torne um especialista.