Produção de Conteúdos

Técnicas de locução: como aperfeiçoar para produzir vídeos ainda melhores

Conheça técnicas de locução para desenvolver a fala e produzir conteúdos com maior qualidade e que conquistem o seu público.

Escrito por Netshow.me em 12 abr 2022 | Atualizado em 26 ago 2022

12 minutos de leitura

microfone: freepik

Compartilhar no FacebookCompartilhar no FacebookCompartilhar no Twitter

As técnicas de locução são fundamentais para uma boa qualidade da fala em podcasts e materiais em áudio, mas também pode ajudar a narrar vídeos e ministrar aulas de forma mais profissional. Para além da qualidade da gravação, uma boa narração também depende da forma como o conteúdo é dito, o tom de voz e a sua entonação. 

Dominar as técnicas de locução pode ajudar a desenvolver um material de maior qualidade. Isso também pode acabar auxiliando na sua metodologia de ensino e na capacidade de aprendizagem dos alunos.  

Todas essas características podem ser treinadas e aperfeiçoadas com as técnicas certas. Assim como aprender a tocar um instrumento ou praticar um esporte, a voz e a fala especializada e profissional também são aprendidas com dedicação e treino. 

Confira algumas técnicas de locução para praticar no seu dia a dia e veja ainda outros aspectos que influenciam na qualidade do seu material final: 

Técnicas de locução para produzir vídeos melhores

Por muitos anos, o rádio foi o principal meio de comunicação em muitas regiões do Brasil. Era por meio dele que as notícias chegavam a certas regiões do nosso país tão grande. Por causa disso, o locutor de rádio foi se tornando uma personalidade muito importante. Não apenas por sua centralidade no cotidiano das pessoas, mas também porque era essencial  cativar quem estava ouvindo. 

O foco está totalmente voltado para a voz e, por isso, era muito importante conseguir explorar o máximo deste nosso recurso. Assim, surgiram diversas técnicas e habilidades de locução que tornaram possível levar a comunicação falada para um outro nível. 

Hoje, já temos uma ideia de qual  tom de voz deve ser usado para um assunto mais sério ou para situações mais leves, cotidianas. Contudo, para dominar essas habilidades e conseguir empregá-las com naturalidade, é fundamental algum estudo e dedicação. 

Confira algumas dicas essenciais para desenvolver uma boa técnica de locução:  

Controle a sua respiração 

Você já começou a falar e, em determinado momento, precisou cortar uma frase no meio para puxar o ar? Isso acontece quando há um cálculo errado da quantidade de ar que será necessária para concluir aquela frase.  

O ar também impacta o tipo de voz que será emitida. Uma voz mais macia pede que seja exalado mais ar. Já uma voz ativa, aguda, pode ser feita segurando mais a respiração e prolongando a fala. 

Para melhorar o domínio da voz, é muito importante ter um controle de respiração adequado. Assim, você poderá manter o mesmo tom sem precisar cortar frases ou palavras com pausas para puxar o ar.  

Ter um roteiro sobre o que será dito ajuda muito, pois permite antecipar os momentos de pausa – que é a oportunidade para puxar o ar. Lembre-se de não respirar fundo demais ou isso pode acabar ficando aparente no áudio. Algumas frases muito longas vão precisar ser repetidas algumas vezes para encontrar o local da pausa para respiração. 

Você também pode treinar esse controle de respiração com exercícios para o diafragma, que é essa parte central no tronco, antes da barriga e abaixo do pulmão. Para treinar a respiração diafragmática, tente puxar o ar inflando a barriga e não o peito. 

A professora de locução Regina Bittar, ensina a fazer esse treinamento inspirando por 2 segundos e soltando em 6, depois 8, depois 10, até o máximo que conseguir. Veja o vídeo com a técnica: 

Pratique a pronúncia correta

Se você acompanha as redes sociais, pode ter visto comentários sobre a dicção de famosos em entrevistas ou programas de TV. É muito evidente para quem está assistindo quando a pessoa possui uma boa dicção ou não. 

Para qualquer tipo de comunicação, falar as palavras corretamente é muito importante para garantir que o que você está dizendo seja compreendido. Isso também ajuda a passar uma ideia de maior profissionalismo. 

Em gravações, como vídeos, aulas ou podcasts, essa clareza é essencial. Ninguém quer ouvir algo que não consegue sequer compreender o que está sendo dito. Mas, não se preocupe! Existem algumas técnicas que você pode aplicar no seu dia a dia para desenvolver essa dicção. 

Bianca Celoto é diretora e treinadora do “ÓHQUEMFALA! Comunicação e Oratória” e ensina algumas dessas técnicas. A primeira delas é a leitura de textos em voz alta. Notícias, textos de blog, qualquer coisa. Isso vai te ajudar a ver onde estão as suas dificuldades e treinar para limpar a sua dicção. 

Veja outras práticas no vídeo: 

Faça aquecimentos de voz

Antes de praticar um exercício, aprendemos que é fundamental ter um período de aquecimento para soltar os músculos e deixar o corpo preparado para aquele momento mais intenso. Geralmente são feitos alongamentos e alguma atividade para movimentar o corpo e deixá-lo no ritmo daquela prática. 

O mesmo deve ser feito com a voz. Antes de começar a falar em uma gravação de aula, podcast ou até transmissões ao vivo, é muito importante separar alguns minutos para preparar as cordas vocais e também a boca, pescoço e ombros. 

Comece movimentando os lábios, faça uma gesticulação exagerada com a boca, solte os ombros e pescoço. O coach vocal Claudio Oliver ensina um aquecimento de voz que pode ser feito em apenas 2 minutos. Confira as técnicas e veja a diferença antes e depois do aquecimento: 

Treine a sua capacidade de interpretação 

A interpretação de um personagem não é tarefa exclusiva das obras de ficção. Interpretar não quer dizer fingir ser outra pessoa, assumir um personagem, mas a ação de perceber uma mensagem e transmiti-la a partir da sua percepção. 

O intérprete é a pessoa que assimila determinada questão e a explica da forma que achar melhor. Em uma locução, isso é feito quando o locutor entende o texto que deve ser dito e encontra a entonação para isso, deixando a fala profissional e natural ao mesmo tempo. 

Essa ação, para pessoas com pouca experiência, pode ser muito difícil. É aqui que aparecem as locuções travadas, sem ânimo, faltando carisma. Diversos podcasts são deixados de lado por falta de naturalidade nas falas dos apresentadores. 

Mas isso pode ser resolvido com algum tempo de prática! E não tenha medo de gravar várias vezes o mesmo texto, isso também vai te ajudar no desenvolvimento da interpretação.

Se você perceber que está com muita dificuldade nessa área, talvez seja interessante fazer algumas aulas de teatro para se soltar e melhorar a capacidade interpretativa. 

🎥 Veja também: Como falar bem no vídeo e ser natural em frente às câmeras 

Técnicas de locução: elementos além da voz

Existem outras questões que também vão impactar a qualidade final do seu áudio. Nem mesmo um locutor excelente é capaz de salvar um áudio ruim ou um texto confuso. Por isso, é muito importante pensar também na construção desses outros elementos. 

Veja como garantir uma boa locução além das técnicas já ensinadas:  

Roteiro 

Todas as técnicas que explicamos anteriormente ficam muito mais fáceis de serem aplicadas se você usar um roteiro. Ele te ajuda a ter um ritmo de fala e focar na forma do que está sendo dito, sem precisar se preocupar com o conteúdo. Isso também evita que alguma informação seja esquecida. 

Por isso, antes de gravar uma videoaula ou episódio de podcast, dedique-se a escrever um roteiro interessante, abordando tudo que precisar ser dito. Mas, na hora de fazer a locução, não fique apenas lendo o que está escrito! Tente falar com mais naturalidade e desenvoltura. O roteiro será apenas um apoio e não um script exato do que precisa ser dito. 

Saiba tudo sobre roteiro no nosso artigo: Roteiro de vídeo: dicas e técnicas para montar o seu  

E outros materiais que podem ajudar: 

Áudio 

Um dos aspectos mais importantes de qualquer produção em vídeo ou áudio é a qualidade do material. Por mais interessante que seja o assunto, ele pode ser completamente ignorado por causa de um áudio ruim. 

Por isso, tire um tempo para entender algumas técnicas de gravação e veja como deixar a sua produção mais profissional. Você não precisa necessariamente ter equipamentos caros ou investir em microfones profissionais. Com o fone do celular e um isolamento para reduzir ruídos externos, a qualidade já melhora muito. 

Alguns materiais que podem te ajudar: 

Vídeo 

Já percebeu que cada vez mais podcasts estão usando vídeos ao vivo como complemento à conversa em áudio? Isso acontece porque nem todo mundo gosta de apenas ouvir e prefere ver quem está falando – mesmo que essa pessoa esteja apenas sentada conversando em uma cadeira.

Ainda assim, todos eles apresentam produções profissionais, com imagens de qualidade e um cenário bem preparado. Isso porque, mesmo que o foco seja o áudio, é necessário ter a noção de que a imagem, como parte do material, também precisa manter a mesma qualidade. 

Afinal, se ela está lá, é porque está cumprindo algum papel e isso precisa ser feito de forma adequada. Por isso, mesmo que o conteúdo tenha um áudio excelente, se a imagem for apenas uma apresentação de PowerPoint sendo transmitido pelo professor, dificilmente ela irá conquistar quem está assistindo. 

Pense em como a imagem pode ser interessante para quem assiste ao seu material e lembre-se de ter uma gravação de boa qualidade. Procure fazer algumas inserções de vídeos animados em exemplos ou situações específicas. O mais importante é se dedicar para criar um conteúdo de qualidade. 

Materiais que podem ajudar nessa tarefa: 

Escrito por Netshow.me

Este artigo foi produzido pela equipe de especialistas da Netshow.me. Oferecemos serviços para gerenciamento, distribuição e monetização de vídeos e conteúdos online. Produzimos conteúdos com o objetivo de fazer com que você também se torne um especialista.