Produção de Vídeos

Trilha sonora para vídeos: a importância de fazer boas escolhas para seu conteúdo

Entenda como escolher uma trilha sonora para vídeos, a importância que elas têm para os seus conteúdos e onde encontrá-las.

Escrito por Netshow.me em 03 mar 2022 | Atualizado em 03 mar 2022

12 minutos de leitura

Benzoix -Freepik

Compartilhar no FacebookCompartilhar no FacebookCompartilhar no Twitter

Um bom vídeo é feito de muito mais que imagens e uma narração. Para começar, um planejamento e roteiro bem feitos garantem a qualidade do produto final. Além disso, a edição é peça chave para tornar o conteúdo atrativo de fato. Há ainda um outro fator decisivo que é a música de fundo – e se engana quem pensa ser bobeira dedicar algum tempo para escolher a trilha sonora para vídeos. 

A trilha sonora não é apenas um complemento ao vídeo, ela muda bastante a nossa compreensão sobre ele e pode ser decisiva para gerar engajamento e interesse no conteúdo. A música certa pode despertar a emoção que você deseja, e facilitar o trabalho de outros elementos – como os gatilhos mentais, por exemplo. 

Neste artigo, entenda a importância de uma boa trilha sonora para os seus vídeos, sites com músicas gratuitas para você usar e dicas de como escolher o material certo. Espero que seja útil!  

O que é a trilha sonora para vídeos? 

Trilha sonora é a música que ouvimos tocando em um material de vídeo. Ela pode estar tocando sozinha, em volume mais alto, chamando a atenção para si e para a imagem que é mostrada. Ou também pode aparecer ao fundo de uma narração, construindo uma ambientação para o que é dito e mostrado. 

A trilha também pode ser tanto músicas instrumentais, sem alguém cantando, quanto música cantada, como essas que ouvimos no rádio ou nos fones de ouvido. A trilha é diferente dos efeitos sonoros, que são os barulhos de objetos ou movimentos específicos – como uma porta rangendo quando é aberta ou um som que parece mágico quando alguém movimenta uma varinha.

Por que a trilha sonora para vídeos importa?

Como mencionamos, uma música adequada pode mudar o sentido de um vídeo. Um exemplo interessante para ver a importância da música em um vídeo é tentar assistir videoclipes sem a música, apenas com os sons reais das pessoas se movimentando. Esse tipo de conteúdo é denominado “Musicless Musicvideo” ou, na tradução, vídeo musical sem música. Confira a versão do clássico “I want to break free” do Queen: 

Parece bem estranho, não é? Sabemos que usar uma trilha não é a mesma coisa, mas isso ajuda a entender o poder que o som pode ter em um vídeo, modificando completamente o seu significado. Isso acontece também em grandes produções de Hollywood, em que nos lembramos de algumas cenas justamente pela música que ouvimos. 

A trilha sonora para vídeos age de maneira parecida! Ela acrescenta informações interessantes ao seu material e pode ajudar na retenção de alguma informação específica. 

Um fator importante da trilha sonora é que ela garante uma camada a mais de material para o seu conteúdo. Então, um vídeo simples pode aumentar seus significados caso você intercale as falas com momentos de trilha sonora. É possível também despertar emoções escolhendo a música certa para o momento certo. 

🎙 Veja ainda: Gravação de áudio: 10 melhores programas para gravar áudio 

3 bancos gratuitos para escolher uma trilha sonora 

As trilhas sonoras são excelentes para ampliar as possibilidades de um material em vídeo. Contudo, para usar esse tipo de material, é preciso ter atenção aos direitos autorais. Sem licença de uso das músicas, o vídeo pode ser retirado do ar e, em alguns casos, o autor pode chegar a ser processado.

Por isso, o melhor é sempre buscar conteúdos com licença gratuita, que permitem que qualquer pessoa utilize de forma livre, sendo necessário apenas atribuir os créditos de autoria. 

Veja dicas de 3 bancos gratuitos de trilha sonora: 

  1. BenSound 

O BenSound é uma plataforma muito fácil de usar. Nele, você pode buscar músicas por estilo, como Pop, Rock e Jazz. Existem também algumas categorias como as mais populares, novidades, músicas mais curtas ou mais longas. 

Para usar, é preciso apenas creditar o autor que aparece na descrição de cada arquivo. Importante se lembrar de que não é permitido editar essas músicas! Elas são apenas para uso em arquivos multimídia, como vídeos e conteúdos online. 

  1. Free Music Archive 

O Free Music Archive é conhecido pelo seu grande acervo – são mais de 10 mil músicas disponibilizadas gratuitamente por mais de 50 mil autores. O material é todo produzido por artistas independentes reais, que disponibilizam o conteúdo sob a licença de Creative Commons. 

O Creative Commons é um deles e, nesse caso, o autor permitiu que aquele conteúdo seja compartilhado com menos restrições – para saber como funciona exatamente em cada plataforma, consulte a página de FAQ.  

É possível vasculhar todo o arquivo atrás do que você quiser e se não encontrar, pode enviar um e-mail para a equipe do site pedindo uma ajuda. Se você quiser acesso ao conteúdo premium, o Free Music Archivue possui três condições de planos que variam de 45 a 918 euros – e as licenças são perpétuas. Para alguns casos, será possível usar a música em redes sociais, projetos para YouTube e até mesmo em campanhas nacionais e internacionais.  

  1. Free Sound 

O Free Sound é um site muito completo que, além de sons, também permite acessar um número muito grande de efeitos sonoros, instrumentos isolados e outros áudios. O site não é focado em trilhas exatamente – mas muitas estão lá! Em geral, é possível encontrar músicas com instrumentos isolados ou sons específicos que vão ajudar na sua composição.  

O tipo de licença em cada material varia, então é sempre interessante conferir se ele pode ser usado para o que você quer. Alguns estão sob a licença de Creative Commons e, por isso, podem ser usados inclusive comercialmente. Contudo, há também licenças de atribuição – em que é obrigatório creditar a autoria – e de uso apenas não comercial. 

Existem algumas tags que facilitam a busca na plataforma, mas também é possível fazer uma busca por palavras-chave. 

Como aplicar a trilha sonora para vídeos?  

Em uma trilha sonora para vídeos, o momento certo de uso da música depende do tipo de material e do objetivo pretendido. Para cada caso, é importante pensar na mensagem que está sendo passada, as emoções e também o tipo de público que será tocado por aquele conteúdo. Essas definições são importantes tanto para o momento quanto para o tipo de trilha escolhida. 

Veja alguns exemplos de momentos em que pode ser interessante inserir uma trilha sonora e que tipo combina mais: 

Ao explicar um exemplo 

Digamos que você tenha um curso online e queira explicar um exemplo para os alunos. Sempre que começar a explicação, é interessante inserir uma trilha que combine com a explicação apresentada. Assim, você deixa claro para quem está vendo o seu conteúdo que aquele é um momento diferente – o momento do exemplo prático. 

O tipo de canção depende exatamente do tipo de exemplo que você está dando. Se você trabalha com um curso de poesia, provavelmente o exemplo será a leitura de versos de algum poeta. Nesse caso, faz mais sentido trabalhar com uma trilha leve, com instrumentos de orquestra, sem música cantada e em um ritmo mais lento. 

Agora, se você trabalha com um curso para educadores físicos, o exemplo pode ser uma série de exercícios focados em uma questão específica. Nessa situação, faz mais sentido trabalhar uma trilha animada, com batidas mais fortes e ritmadas. 

Outro elemento que pode ajudar a explicar exemplos são os vídeos animados. Com a tecnologia atual, já é possível apenas clicar e arrastar as ilustrações que preferir. 

Na intro do vídeo 

Quem nunca correu para a televisão porque ouviu a abertura de um programa e soube imediatamente que ele estava começando? O Fantástico da Rede Globo, por exemplo, fez história na TV brasileira com a intro “É Fántástico!”. No YouTube, os fãs da blogueira Jout Jout também se identificam muito com a rápida musiquinha cantada na abertura dos vídeos, que é basicamente a palavra “Jout” repetida 3 vezes. 

A intro é uma parte muito importante para qualquer material. Ela define uma identidade e cria um elemento de conexão entre quem assiste e o que é apresentado. Ela é um fator importante também para definir o tom do conteúdo e, por isso, precisa ser ao mesmo tempo profissional e simples, sem exageros.  

🎥 Veja mais sobre intros de vídeos: Introdução de vídeo: como conquistar sua audiência nos primeiros segundos 

Para passar essa ideia, além de investir em boas imagens e uma edição adequada, deve ser levada a sério também a trilha sonora. Ela é capaz de fazer com que as pessoas jamais esqueçam do seu conteúdo. Além disso, usar um som muito reconhecível, desperta um vínculo entre quem assiste, pois a qualquer momento, quando ouvir aquele som, saberá do que se trata. 

O tipo de música dependerá bastante do tema trabalhado nos vídeos. Busque algo que faça sentido também para o público ao qual ele é direcionado. 

🎬 Saiba também: Edição de vídeo: veja como aprender a editar seus conteúdos 

Em teasers 

O teaser é um vídeo curto, feito a partir de trechos de outros materiais, que tem como objetivo promover esse conteúdo de maior duração. Ele geralmente é usado para chamar a atenção e despertar o interesse do público. Para ampliar esse interesse, é importante usar uma trilha sonora que combine com o ritmo das imagens mostradas. 

Para um teaser de um curso online, uma música motivadora é mais interessante. Você quer que a pessoa compre o seu curso e, por isso, ela tem que estar motivada a estudar – e a trilha pode ajudar na construção dessa motivação. 

🎯 Saiba tudo sobre os teasers no nosso artigo: Teaser: como criar materiais de impacto para promover seus vídeos 

Escrito por Netshow.me

Este artigo foi produzido pela equipe de especialistas da Netshow.me. Oferecemos serviços para gerenciamento, distribuição e monetização de vídeos e conteúdos online. Produzimos conteúdos com o objetivo de fazer com que você também se torne um especialista.