Inovação e tecnologia: entenda as diferenças e a importância para as empresas

Apesar de inovação e tecnologia parecerem a mesma coisa, a verdade é que são dois conceitos diferentes. Com o objetivo de ter maior competitividade no mercado e potencializar resultados, cada vez mais empresas buscam estratégias para usar o avanço tecnológico e se destacarem. Neste artigo, você entenderá a diferença entre tecnologia e inovação, seus benefícios e como aplicá-las no seu negócio.
Inovação e tecnologia
Índice deste artigo:

Inovação e tecnologia são a mesma coisa? Apesar de existir uma concepção geral de que são sinônimos, tratam-se de dois conceitos diferentes. Ambos são usados para aumentar o impacto das empresas e gerar maior valor para o cliente, como é o caso de soluções como streaming.

Com o objetivo de ter competitividade no mercado e potencializar resultados, cada vez mais negócios pensam em estratégias para usar o avanço tecnológico e a criação de novos modelos de negócios para se destacarem.

Para isso acontecer, é necessário saber diferenciar tecnologia e inovação. Este artigo lhe ajudará a entender a diferença entre os dois, quais os benefícios de investir e as principais formas de aplicá-los nos negócios. Vamos nessa?

O que é tecnologia?

Trata-se da junção dos termos gregos téchne e logia — que significam, respectivamente, ofício e o estudo de algo. Por definição, tecnologia é o conjunto de técnicas, processos e conhecimentos usados para a aperfeiçoar ou facilitar a execução de uma tarefa.  Dessa forma, ela oferece a resolução de um problema encarado pelo mercado.

Vale ressaltar que ela é a aplicação científica do conhecimento, podendo ser usada em todos os campos e nichos. Por isso, a tecnologia permite maior eficiência e velocidade na execução de tarefas. Além disso, oferece otimização de tempo, redução de custos e potencializa negócios.

Como principais exemplos de tecnologias usadas no mercado podemos destacar Realidade Virtual (VR), Machine Learning e Inteligência Artificial (IA), além de softwares e serviços de streaming.

New call-to-action

O que é inovação e quais seus tipos?

a inovação é o ato de criar algo ou reformular tecnologias e processos. Para isso, utiliza estratégias de observação de serviços e produtos, procurando pontos de evolução, sendo um ato criativo usado para a geração de modelos de negócios e novas funcionalidades nos já existentes.

Segundo definição da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), a inovação acontece quando um produto ou processo é significantemente diferente ao que é visto no mercado ou usado anteriormente pelo negócio.

Para isso, é necessário que exista uma atualização constante de processos e serviços. Trata-se de um conceito centrado no conhecimento científico, técnico e prático, que é usado para a criação de ideias inovadoras. Além disso, a implementação é outro aspecto central da inovação, já que ela só se concretiza quando é usada ou disponibilizada.

Como exemplo de inovação vale ressaltar o uso de plataformas de transmissão ao vivo para a realização de eventos online durante a pandemia de Covid-19.

Para se adaptar às medidas de distanciamento social, foi necessário usar estratégias de streaming para empresas criativas, engajando o público com aplicações do formato.

Por se tratar de algo criativo, é algo que pode ser usado de diversas maneiras. Existem nove tipos de inovação, veja a seguir os detalhes de cada um.

1. Inovação de Produto

Consiste na criação de um produto inteiramente novo ou trazer novas funcionalidades e melhorias extensivas ao que já é oferecido no mercado.

Dessa forma, o foco é oferecer uma proposta de valor superior e atender às necessidades do cliente de maneira ainda mais efetiva, seja com o uso de componentes diferentes, seja em mudanças no design e na experiência do usuário

2. Inovação Incremental

Semelhante ao tipo anterior, a inovação incremental tem como objetivo fazer melhorias pequenas e contínuas nos produtos oferecidos pela empresa. Aqui, ela nem sempre é perceptível, embora agregue valor ao cliente.

3. Inovação Radical

Diferentemente da incremental, a inovação radical oferece mudanças drásticas na maneira com a qual as empresas oferecem seus produtos ou serviços.

Ou seja, é a quebra de paradigmas, que tem o potencial de posicionar uma empresa à frente da concorrência. Apesar de ter custos e riscos maiores, o potencial de retorno é superior.

4. Inovação de Processo

Como diz o nome, trata-se da criação de um processo de negócios novo ou aprimorado. Além disso, este tipo de inovação oferece funções com diferenças em relação aos procedimentos usados pela empresa anteriormente. Aqui, vale ressaltar que há um foco na aceleração da produtividade.

5. Inovação de Serviço

Esse tipo de inovação é a oferta de um novo serviço ou a transformação e aprimoramento dos já existentes no mercado.

Dessa forma, o objetivo é trazer maior praticidade ao cliente e, consequentemente, agregar mais valor.

6. Inovação Empresarial

Também conhecida como inovação organizacional, esse tipo é focado na criação de ideias cujos objetivos são tornar a empresa mais competitiva melhorando produtividade, serviços, produtos ou processos. Pode ser aplicada, por exemplo, na comunicação corporativa.

7. Inovação de Modelo de Negócio

Trata-se da criação de um modelo de negócios diferente do já usado pela empresa. Dessa forma, ele oferece mudanças no modelo de operação e nos meios de gerar receita.

Como principal exemplo estão os marketplaces e e-commerces, que mudaram o paradigma de vendas de empresas.

8. Inovação em Marketing

Já este tipo de inovação está ligado à maneira de captar clientes e criar novas maneiras de anunciar e posicionar produtos e serviços no mercado.

Isso pode ser feito com uma mudança na segmentação, criação de novas estratégias de comunicação ou com um reposicionamento de marca.

9. Inovação Tecnológica

Para concluir a lista está a inovação tecnológica, marcada pelo desenvolvimento ou implementação de uma nova tecnologia. Por isso, ela é a mais perceptível de todas por oferecerem uma grande ruptura com o que era oferecido anteriormente no mercado — com otimizando desempenho e resultados.

Qual é a diferença entre inovação e tecnologia?

Apesar de serem conceitos que se complementam, ambos são coisas diferentes. A diferença entre tecnologia e inovação consiste no fato da primeira ser um meio usado para a aplicação da segunda.

Como dito anteriormente, inovar é um processo criativo. Por isso, é possível fazê-lo sem o uso de tecnologias. Na inovação, o essencial é trazer uma mudança cultural e fazê-la de maneira estratégica, tendo um propósito e o mindset de aperfeiçoamento contínuo — repensando todas as metodologias utilizadas.

Eventos online inovadores

Além disso, o investimento em novas tecnologias por si só não pode ser considerado uma inovação. Afinal, nem sempre quem é responsável pelo avanço tecnológico domina o mercado — por exemplo, a MITS foi pioneira na venda de computadores domésticos em 1974, embora a Apple e a IBM a superaram por entender como agregar valor com o produto.

Ou seja: compreender o valor da inovação e como usar as tecnologias é central para ter diferencial competitivo no mercado.

🎯 Separamos aqui alguns artigos que podem te interessar:

Quais os benefícios de investir em inovação e tecnologia?

Os investimentos em tecnologia e iniciativas de transformação digital estão em alta. No Brasil, foram investidos US$ 45,7 bilhões no setor em 2021 — o que significa um crescimento de 17,4% em relação ao ano anterior. Esse número representa 40% de todo o valor destinado à América Latina.

Ou seja: há uma vasta gama de empresas procurando aprimorar suas operações por meio de tecnologia e inovação, o que oferece ainda mais competitividade ao mercado com o aprimoramento das atividades dos negócios.

Confira, abaixo, as principais vantagens de unir inovação e tecnologia nas empresas!

Aumento de Receita da Empresa

Entre os principais benefícios da tecnologia e inovação nas empresas está o aumento da receita. Isso se deve ao fato do aumento de competitividade e a oferta de novas soluções ao mercado.

Como exemplo, vale destacar as startups. Por serem empresas com essência inovadora, elas usam modelos de negócio escaláveis que permitem o crescimento de receita de maneira acelerada.

Não à toa, esse tipo de empresa recebe investimentos bilionários. Segundo estudo da plataforma de inteligência de dados SlingHub, as startups brasileiras receberam aporte de US$ 5,2 bilhões em 2022 — equivalentes a cerca de R$ 26,6 bilhões.

Potencializa a Produtividade dos Colaboradores

Outra vantagem de iniciativas de inovação e tecnologia é aumentar a produtividade dos colaboradores. Com a criação de novos processos e o uso de novas ferramentas, o desempenho será facilitado — permitindo o foco em tarefas estratégicas.

Além disso, a otimização de processos oferece maior eficácia, dinamismo e agilidade à operação. Consequentemente, a satisfação e o engajamento dos funcionários serão impactados positivamente.

Fortalecimento da Cultura Organizacional

Como dito anteriormente, a inovação e a tecnologia envolvem a mudança de mindest para serem implementados. Por isso, outro benefício de seu uso é fortalecer a cultura organizacional da empresa.

Para usar estes processos de maneira bem-sucedida, é necessário ter uma cultura de inovação. Como consequência, as lideranças oferecem maior capacitação e comunicação, o que ajuda a engajar os colaboradores.

Maior Fidelização de Clientes

Com o uso de tecnologia e inovação, os novos produtos ou serviços oferecem uma oferta de valor superior, fortalecendo a marca da empresa no mercado.

Isso ajuda na fidelização de clientes, que terão maior satisfação. Além disso, a atração de novos consumidores é facilitada.

Consolidação de Novos Modelos de Negócio

Para completar, o uso de tecnologia e inovação nas empresas permite que novos modelos de negócio se consolidem no mercado. Afinal, ela permite a criação de novos paradigmas que geram resultados positivos para o negócio, o que não só gerará receita, mas também fortalecerá a posição no mercado.

Além disso, outras empresas terão que se adaptar aos novos modelos de negócio e criar seus próprios paradigmas inovadores. Ou seja: essa concorrência fomenta o processo de inovação e serve de motor para o desenvolvimento socioeconômico como um todo.

Onde aplicar inovação e tecnologia em empresas?

Com esta vasta gama de benefícios, o uso de inovação e tecnologia nas empresas pode ser feito de diversas maneiras. 

Automatização

Com o uso da automatização empresarial, há uma diminuição na interferência humana nos processos.

Ou seja, há uma otimização nas tarefas por facilitar a execução de atividades manuais e que consomem mais tempo, por meio de inteligência artificial e ferramentas automáticas.

Robotização

Segundo estudo da Everis e da MIT Technology Review, 80% dos líderes de empresas de grande porte enxergam a robotização como essencial para o sucesso dos negócios. Com crescimento estimulado pela pandemia, ela oferece maior agilidade de processos, além da diminuição de custos e riscos.

Outro ponto importante da robotização nas empresas é a melhoria na retenção e fidelização de clientes. Como ela permite a execução acelerada de tarefas e maior eficiência, o relacionamento com o público se torna mais fácil.

Análise de Dados

O investimento na coleta de dados teve crescimento de 50% em 2022, atingindo a marca de US$ 187 bilhões. Esse dado, oferecido pela International Data Corporation (IDC), aponta negócios que não implementarem uma cultura data-driven ficarão para trás da concorrência.

Por isso, ter iniciativas de análise de dados permite a tomada de decisões mais acertadas, pois usa insights precisos sobre o negócio — sejam KPIs, indicadores financeiros e informações sobre os clientes.

Além disso, o estudo Tendências em Análise de Dados, Data Science e IA, da DS Academy, aponta para a importância de oferecer uma experiência orientada a dados para o consumidor. Isso permite maior personalização do produto ou serviço, além de ajudar na descoberta de pontos de melhoria a serem implementados.

Distribuição Digital

Para completar, a distribuição digital é um dos usos mais promissores de tecnologia e inovação nas empresas. Com o uso de plataformas de streaming corporativo, é possível empregar todos os formatos de conteúdo para gerar valor ao cliente e aos colaboradores.

Existem diversas aplicações de streaming para o mercado corporativo. Não à toa, esse mercado atingirá o valor de US$ 1,03 trilhões até 2027, segundo dados de estudo da Allied Market Research, que apontam para crescimento anual de 29,4% de receita do segmento.

Essa tendência está revolucionando o mercado corporativo. Confira nosso e-book com exemplos práticos de 10 empresas que transformaram sua comunicação com a tecnologia de streaming e saiba como aliar tecnologia e inovação no seu negócio!

New call-to-action

De segunda a sexta das 9h às 18h.

Manaus-AM | Rua 24 de Maio, 220, Sala 801, Centro, Manaus-AM, CEP 69010-080

São Paulo – SP | Rua Arizona 491, 23 andar, Brooklin, CEP 04567-001

©Copyright 2013-2022 Netshow.me – Tecnologia de streaming para impulsionar empresas