Thumbnail: Como destacar seu vídeo online

Thumbnail é uma imagem de menor tamanho, uma miniatura, que funciona como a pré-visualização de um material em texto ou vídeo na internet. Acompanhar as dicas de thumbnail vai ajudar você a melhorar os seus conteúdos e aumentar a sua audiência!
Acompanhar dicas de thumbnail ajuda o seu conteúdo em vídeo a ganhar mais autoridade e credibilidade no mercado. Confira tudo neste artigo!
Índice deste artigo:

A primeira impressão é a que fica e, quando falamos de vídeos, a thumbnail é um grande exemplo disso. Você com certeza já clicou em um vídeo pelo simples fato de ficar curioso ao ver aquela imagem em miniatura que o ilustra! 

Essa pequena imagem é feita justamente para aumentar a atratividade do material aos olhos do espectador. Ao montar uma estratégia para criar vídeo online, não podemos esquecer da importância de atrair a atenção do público. 

Neste artigo, falaremos sobre o papel da thumbnail no desempenho de vídeos e também daremos boas dicas para você fazer uma thumbnail impactante para o seu conteúdo. Vamos nessa?

O que é uma thumbnail e para que ela serve?

Thumbnail, que em tradução literal significa “unha de polegar”, é uma imagem de menor tamanho, uma miniatura, que funciona como a pré-visualização de um material em texto ou vídeo na internet.

Sabe quando você está vendo uma pasta de fotos ou vídeos no seu computador e vê aqueles ícones acompanhando cada título? Esta é a thumbnail daquele arquivo.

Com a evolução e difusão das plataformas de vídeos, este mesmo conceito as acompanhou. Como grandes exemplos temos o YouTube e as plataformas OTT, como a Netflix. Nelas, a thumbnail é a imagem que acompanha o título e outras informações do conteúdo.

E não, ela não está lá para exercer uma função decorativa. A thumbnail deve ser encarada como a vitrine de uma loja, ou seja, é um chamariz para o conteúdo. Uma ótima forma de fazer isso é trabalhar gatilhos mentais logo na thumb. 

👉 Como gatilhos mentais podem ser usados para aumentar a conversão 

Quais as vantagens de criar uma estratégia para as suas thumbnails?

Existem muitos elementos que não são obrigatórios na elaboração de um vídeo mas que, quando usados, podem fazer uma grande diferença. A thumbnail é um deles.  

Uma boa thumbnail ajuda a despertar a curiosidade dos espectadores e, consequentemente, aumentar a quantidade de acessos do vídeo.

Vale lembrar que o número de visualizações é um fator importante no ranqueamento do vídeo no Google. Quanto mais acessos seu conteúdo tiver, melhor será seu posicionamento. 

Além disso, utilizar uma imagem que se destaque é importante inclusive para implementar sua estratégia de SEO de vídeos. O YouTube é o segundo maior motor de busca da internet e também utiliza esse mecanismo para as buscas feitas nos vídeos.  

Inclusive, no próprio Google também já há espaço para vídeos entre as primeiras posições. 

Quer ver como a thumbnail faz diferença no resultado do seu conteúdo? Segundo o YouTube, 90% dos vídeos com melhor desempenho na plataforma possuem thumbs personalizadas. 

Coincidência? Claro que não, tendo em vista que o cuidado com este recurso transparece maior profissionalismo.

Qual é o formato ideal de uma thumbnail?

Esta pergunta possui uma resposta diferente para cada plataforma de vídeos online porque as especificações de formato de thumbnail variam. Antes de começar a criá-las, não esqueça de correr atrás destas informações.

Na Netshow.me OTT, por exemplo, é recomendado usar uma imagem de 1200 × 720 pixels de extensão GIF, JPG ou PNG. Já o YouTube adota o formato de 1280 × 720 pixels em GIF, JPG, PNG ou BMP.

E quanto ao tamanho da thumbnail? O ideal é que ela não passe de 2 MB porque precisa ser uma imagem de carregamento rápido. 

Ao mesmo tempo, é necessário que ela possua a melhor resolução possível porque a thumb pode aparecer em diversos tamanhos – seja pequena na tela de um celular, um pouco maior na busca da plataforma ou até com a largura de um site quando o vídeo está incorporado.

Vale lembrar que a própria plataforma gera automaticamente algumas opções de thumb. Seria mais prático utilizá-las? Até seria, mas essa não é uma boa solução. 

Nem sempre você receberá alternativas atraentes – já viu vídeos com imagens que não representam a totalidade do conteúdo com fidelidade ou até mostram pessoas com poses esquisitas? Esse tipo de imagem transparece um amadorismo e também pode gerar um impacto negativo sobre o seu conteúdo.  

É importante você ter em mente o fato da solução mais simples nem sempre trazer bons resultados. Portanto, dê preferência para uma thumbnail personalizada. Você poderá criar uma imagem que utilize sua identidade visual e, assim, explorar elementos mais convidativos para o público.

⚡ Também pode ser útil: Introdução de vídeo: como conquistar sua audiência em segundos 

Como fazer uma thumbnail personalizada?

Para fazer uma thumbnail personalizada, você pode usar o editor de imagens de sua preferência – seja o Photoshop, o Corel Draw ou até o Paint. Também existem sites que te ajudam a criar uma thumb de forma prática – vamos falar sobre eles mais adiante.

Não existe um passo a passo ou modelo definitivo para criar uma boa thumbnail. Cada vídeo possui um tipo de conteúdo que é direcionado para públicos distintos. Considere estas particularidades antes de colocar a mão na massa.

Um bom ponto de partida é fazer um estudo sobre o que os seus concorrentes têm feito e também as estratégias usadas pelos canais de grande acesso. 

Lembre-se: uma boa thumb é aquela que consegue se conectar com o espectador e convidá-lo a acessar o vídeo, não importa a estratégia utilizada para a imagem.

Contudo, existem boas práticas a serem seguidas no processo de criação de sua thumbnail. Elas são o fator comum de toda iniciativa bem sucedida! 

Veja também 🎯Planilha com os 5 passos para construir um planejamento de conteúdo matador!

1. Crie uma identidade visual para suas thumbnails

As thumbnails são uma oportunidade para você criar a identidade visual do seu conteúdo. Desta forma, o público conseguirá perceber que o vídeo é seu ao simplesmente bater o olho na thumb.

Nem todas as plataformas seguem o exemplo das plataformas OTT e permitem a completa personalização da interface. Neste contexto, explorar a própria identidade visual se mostra ainda mais importante. Ao saber utilizá-la, os espectadores poderão identificar seu conteúdo com maior facilidade entre tantas opções disponíveis – e isso faz a diferença.

Mas o que seria criar uma identidade visual? Este processo consiste em estabelecer padrões visuais para a sua thumbnail – entre eles, a fonte utilizada nos textos, cores de preferência e até os tipos de imagens usadas. Você pode até usar padrões distintos para diferentes categorias de vídeos. 

Caso trabalhe numa empresa e mais pessoas produzam conteúdo para o canal, você pode até criar um guia de identidade visual para todos seguirem as mesmas especificações nas thumbs.

Veja um exemplo comparando dois produtores de conteúdos com nichos parecidos. 

O videomaker americano Matt D’Avella é bastante conhecido por seus vídeos sobre produtividade, organização e o estilo de vida minimalista. A thumb dos vídeos reflete muito bem essa temática: 

Por outro lado, o americano Thomas Frank também trabalha os conteúdos de produtividade, organização mas sem a pegada minimalista – os dois têm até vídeo juntos! 

Ele trabalha suas thumbs em outro estilo, mas é possível ver elementos semelhantes entre elas, como o uso de fotos sem texto e com expressões relacionadas ao título de vídeo. 

2. Escolha uma imagem convidativa

Defina uma imagem que chame a atenção dos espectadores, seja ela um registro do próprio vídeo ou uma imagem dos bastidores. Youtubers costumam apelar para fotos de seus rostos com expressões exageradas. E não é que isso funciona? Quando o público se identifica com o interlocutor, isso gera uma conexão maior.

No entanto, essa estratégia não é válida para todos os públicos. Caso você esteja criando uma thumb para um vídeo corporativo, utilizar uma imagem de alguém com cara de espanto pode não ser a melhor ideia.

Uma dica: pense numa imagem que represente a mensagem principal de seu vídeo ou que gere uma identificação com o público. Pode até ser uma foto simples do apresentador sorrindo para a câmera.

Considere dois pontos importantes: o que você quer informar e o que convida o seu espectador a clicar no vídeo?

Você ainda pode contar com outros recursos visuais para compor a thumbnail e deixar a mensagem mais clara. 

🧠 Veja também: Design Instrucional: o que é e porque aplicá-lo em seus materiais

3. Pense em um título certeiro

O uso de textos não é obrigatório numa thumb, mas ajuda bastante a reforçar a mensagem. Caso você opte por este recurso, escolha um título curto e com as palavras-chave do conteúdo. Pode ser o mesmo título que você deu para o vídeo ou outro de sua escolha.

Evite ocupar mais da metade da área da imagem com o título para que ele fique em 

harmonia com os outros elementos. Ao mesmo tempo, o tamanho da fonte não pode ser pequeno demais, tem que ser legível em todos os tamanhos possíveis da thumb. 

Aposte em cores vibrantes para dar destaque, seja na fonte ou no fundo, e utilize fontes mais grossas.

Por exemplo, o canal Ecommerce na Prática utiliza opções variadas de fonte e estilo de letras, mas mantém um padrão sempre ressaltando a foto dos apresentadores. 

4. Experimente outros elementos

Se o seu estilo de conteúdo permitir, que tal explorar outros elementos? Pense em cores diferentes, filtros, efeitos e até emojis. Não use tudo ao mesmo tempo, é claro! Mas experimente de acordo com o assunto do seu vídeo.

Por exemplo, se você está falando de filmes antigos, pode utilizar as cores preto e branco ou até escolher um filtro que deixe a imagem com um aspecto envelhecido. Estes recursos contribuem para deixar sua thumbnail ainda mais convidativa!

O Entre Planos é um canal que fala justamente sobre filmes e usa os personagens nas thumbs para conquistar imediatamente a atenção de quem se interessa por eles: 

5. Destaque suas thumbs e não imite a concorrência

Observe a concorrência para ficar atento no que está sendo feito de interessante no mercado. Trata-se de uma boa forma de conseguir inspiração! 

Checklist para uma live profissional

Mas cuidado: não adquira o péssimo hábito de imitá-los. Afinal de contas, seguir exatamente o mesmo estilo de outros produtores não fará a sua thumb ter uma identidade própria e se destacar – além de torná-la mais uma entre tantas parecidas.

Está em dúvida sobre qual modelo de thumb funciona melhor? Faça testes A/B para descobrir. Ou seja: utilize modelos diferentes nos vídeos e monitore o desempenho dos conteúdos até decidir qual é o modelo ideal.

6. Dicas valiosas para produzir sua thumb

  • Pense na thumbnail do vídeo antes de começar a gravá-lo: assim, se você precisar de alguma imagem específica durante a gravação, consegue aproveitar o momento para capturá-la.
  • Não apele para clickbait (quando você exagera ou mente no título para atrair mais cliques): a thumbnail deve representar o conteúdo do vídeo de forma clara e honesta.
  • Dê zoom in/out na imagem: isso te ajuda a verificar se a fonte usada está legível em qualquer tamanho da thumb.
  • Verifique se os elementos da plataforma não estão tampando o texto: dependendo da plataforma, alguns elementos se sobrepõem à thumb. Pode ser o indicador de duração do vídeo, um selo especial, o próprio símbolo de play, entre outros. Veja quais aparecem na plataforma que você escolheu e tome cuidado para não inserir nada importante nas áreas cobertas por esses elementos.
  • Opte por uma cena em que uma ação esteja acontecendo: caso você opte por selecionar uma cena do vídeo para inserir na thumbnail, tente escolher uma cena em que uma ação esteja acontecendo, ou seja, que represente uma narrativa. Caso contrário, você corre o risco de ter como thumb uma imagem qualquer e sem contexto.

7. Pense na thumbnail do vídeo antes de começar a gravá-lo

Uma dica para fazer um bom uso de thumbnail é pensar nela antes de começar a gravar. Assim, caso você precise de alguma imagem específica durante a gravação, consegue aproveitar o momento para capturá-la.

8. Não apele para clickbait 

O clickbait é quando você exagera ou mente no título para atrair mais cliques. Lembre-se que é preciso ser ético, e a thumbnail deve representar o conteúdo do vídeo de forma clara e honesta. Com isso, o seu conteúdo ganha mais credibilidade, o que é fundamental para o crescimento do seu canal.

9. Dê zoom in/out na imagem

Outro ponto que você deve estar atento ao fazer sua thumbnail é testar a imagem, dando zoom in e out para ver como ela se comporta em diferentes tamanhos.

Isso ajuda a verificar se a fonte usada está legível em qualquer tamanho e dispositivo que ela apareça.

10. Verifique se os elementos da plataforma não estão tampando o texto 

A depender da plataforma, alguns elementos se sobrepõem à thumb. Pode ser o indicador de duração do vídeo, um selo especial, o próprio símbolo de play, entre outros.

Veja quais aparecem na plataforma que você escolheu e tome cuidado para não inserir nada importante nas áreas cobertas por esses elementos.

11. Opte por uma cena em que uma ação esteja acontecendo

Caso você opte por selecionar uma cena do vídeo para inserir na thumbnail, tente escolher uma cena em que uma ação esteja acontecendo, ou seja, que represente uma narrativa. Caso contrário, você corre o risco de ter como thumb uma imagem qualquer e sem contexto.

🎯 Separamos aqui alguns artigos que podem te interessar:

12. Crie uma estratégia de uso das thumbnails

Uma das dicas de thumbnail é criar uma estratégia de uso, o que envolve pensar em uma identidade visual. Ela é fundamental para que o público do canal identifique os seus vídeos e, com isso, você aumenta a chance de atrair a sua audiência de forma orgânica. 

Além disso, é preciso que a imagem esteja alinhada com a linha editorial do canal, assim como com o conteúdo apresentado. Nesse cenário, cada detalhe será fundamental para que você tenha uma thumbnail capaz de chamar a atenção da audiência, colaborando para a efetividade do canal.

13. Adote o formato certo, de acordo com a plataforma

Como vimos, cada plataforma de vídeo tem as suas próprias especificações de formato de thumbnail, e você vai precisar pesquisar e adequar o tamanho para cada uma das plataformas de vídeo online.

Ainda é muito importante ficar atento à resolução da imagem, já que é possível que a thumb apareça em diversos tamanhos, principalmente devido ao formato do aparelho em que o vídeo será exibido.

14. Pense no título, na imagem e em um padrão visual

Você aprendeu que o título deve ser capaz de sintetizar o conteúdo do vídeo em algumas palavras e, por isso, dedicar tempo a ele é muito importante, ainda mais se o seu vídeo estiver em plataformas onde a concorrência é grande.

Quanto à imagem do vídeo, você pode criar a sua própria thumb ou usar um momento capturado do vídeo. Isso vai ajudar a passar mais autoridade para o conteúdo. O cuidado aqui é não ser preguiçoso, pois isso pode dar um ar de amadorismo para o seu vídeo.

Por isso, pensar em um padrão visual é fundamental, e esses podem seguir as cores e os elementos da sua marca.

15. Faça uso de ícones, emojis e até memes 

Quando o assunto é dicas de thumbnail, não podemos deixar de considerar elementos gráficos como ícones, emojis e memes. Esses são recursos eficientes para otimizar a comunicação com o público, ocupando menos espaço na tela, ao mesmo tempo em que elevam a compreensão do conteúdo.

16. Personalize suas thumbnails 

Ao longo da nossa leitura você aprendeu que, para otimizar o uso do thumbnail, você pode estudar sobre como a concorrência tem se posicionado e quais são estratégias usadas pelos canais de grande acesso. 

De posse dessas referências, a dica de thumbnail para elevar os seus acessos é personalizar a imagem da capa. Com isso, você consegue se conectar de modo mais efetivo com o seu espectador. 

17. Otimize thumbnails já existentes

Depois de conferir todas essas dicas de thumbnail, você pode editar os seus vídeos, e trocar as antigas thumbnails por novas.  Dessa forma, é possível aproveitar as vantagens da thumbnail para atrair mais audiência e levar a mensagem do seu canal para mais pessoas.

Em plataformas como o Youtube, por exemplo, você pode monitorar os resultados usando os recursos do analytics. Caso você confirme o aumento de cliques, isso significa que o canal está no caminho certo para aumentar o número de visualizações, e o público aceitou bem  o novo formato de miniatura dos vídeos.

Quais são os erros a serem evitados na hora de criar thumbnails?

As dicas de thumbnail também envolve estar atento aos erros que podem afastar o seu espectador e comprometer, em definitivo, a sua audiência. Assim, além de saber o que melhorar nas miniaturas do vídeo, você também deve estar atento aos erros que devem ser evitados. Acompanhe a seguir!

1. Não escolher uma imagem desconexa

A thumbnail é a vitrine do seu vídeo e, como em uma loja, ela deve representar o que de melhor o conteúdo tem para apresentar. Nesse cenário, uma imagem que não se comunica com a identidade visual da marca, que não representa a mensagem do vídeo e ainda que não é capaz de transmitir autoridade para o conteúdo, deve ser evitada.

2. Confundir a persona ao não adotar uma identidade visual padrão

Adotar uma identidade visual é fundamental para destacar a sua marca e também ajudar a sua persona a identificar o conteúdo logo nos primeiros segundos, destacando-o da concorrência em plataformas como o Youtube.

Quando esse fato é ignorado, você corre o risco das pessoas que já consomem o seu conteúdo em vídeo passarem por ele sem ao menos considerar visualizá-lo. Logo, adotar uma identidade visual padrão é requisito básico para destacar as suas thumbnails.

3. Esquecer-se de usar um título eficiente para atrair o público-alvo

Quando você ignora o título do seu thumbnail, ou mesmo quando ele não é capaz de representar o que está sendo dito no conteúdo, isso afasta o seu público, já que ele não é incentivado a conferir o que está sendo dito.

4. Criar uma visual muito semelhante ao da concorrência

Pesquisar sobre como a concorrência se posiciona deve ser estratégia para você criar conteúdos ainda melhores e inspiradores, e não copiá-los. Quando você faz isso, além de diminuir a sua autoridade no assunto, ainda corre o risco de se tornar uma marca desinteressante, o que pode significar a perda gradativa de audiência.

👉 Transmissões ao vivo também podem ter thumbnails! Plataformas como YouTube e Netshow.me Live permitem a inserção de thumbs, que podem ser mantidas ou trocadas no vídeo disponibilizado após o término da live.

New call-to-action

Onde encontrar templates de thumbnail?

Falamos bastante sobre a importância de fazer uma thumbnail própria e personalizada. No entanto, sabemos que quem está começando do zero pode precisar de uma ajudinha extra. 

Neste caso, sites de edição de imagem que disponibilizam templates prontos quebram um galho para quem busca inspiração.

E a palavra “inspiração” precisa ser ressaltada. A ideia não é utilizar exatamente o mesmo template e só mudar as palavras. Imagine só quantos vídeos com a mesma thumbnail já devem existir? Escolha um template para usar como base e vá modificando os elementos até deixar a thumb com a sua cara.

▶️ Hospedagem de vídeo: quando utilizar plataformas gratuitas ou pagas

Ferramentas para criar thumbnails

Quer começar a botar a mão na massa e ainda não sabe qual ferramenta utilizar? Separamos algumas opções de editores de imagem online para você experimentar. Confira:

1. Canva

O Canva é uma ferramenta freemium para designers gráficos. Você pode contar com recursos que vão desde filtros, ícones e até textos e ilustrações. Se sua necessidade é um aplicativo simples de usar, esta é uma ótima escolha!

2. Figma

Também gratuito, o Figma é como uma fusão dos programas do pacote Adobe – entre eles Photoshop e InDesign. É possível utilizá-lo no seu navegador ou baixar o aplicativo. Por se tratar de um software freemium, nem todas as funcionalidades estão disponíveis para o usuário que não paga.

3. Picmonkey

Outra opção é o Picmonkey, com uma vasta gama de filtros, sobreposições e efeitos para você utilizar na sua thumbnail. Também se trata de um aplicativo intuitivo e de fácil uso, embora só seja possível utilizá-lo de maneira gratuita por sete dias.

4. Fotor

Continuando a falar sobre opções de ferramentas online, temos o Fotor. Nele, é possível editar suas thumbnails de maneira rápida e dinâmica. Você pode usufruir de todos os recursos gratuitamente, apesar de poder desbloquear alguns mais avançados se optar por utilizar a versão premium.

5. Snappa

E se você quiser começar a fazer suas thumbnails ao adaptar templates já disponíveis ao seu conteúdo? O Snappa possui esta vantagem e é muito simples de utilizar. Como outras ferramentas desta lista, é gratuita e permite uns recursos a mais para quem decidir usar um dos planos pagos.

6. Panzoid Backgrounder

Quer utilizar uma ferramenta interativa para fazer suas thumbnails? O Panzoid.

Backgrounder é uma boa pedida! É possível utilizar templates pré-estabelecidos e adaptar ao seu serviço de maneira simples. O melhor? É gratuito e possui uma comunidade ativa se você precisar de colaboração!

🎬 Veja também: Editor de vídeos: conheça programas e apps para todos os gostos

Os melhores aplicativos para thumbnails

Produzir suas thumbnails no desktop é interessante, mas e se você preferir fazê-lo diretamente no celular? Não tem problema! Separamos uma lista com os melhores apps para você usar. Confira: 

1. iMovie

O iMovie é o editor de vídeos oficial da Apple e pode ser usado tanto nos desktops quanto nos smartphones da empresa. Além de poder editar seus vídeos, é possível montar as thumbnails no app de maneira simples.

2. Pixlr

Outra ferramenta disponível em ambos os tipos  de dispositivos, o Pixlr proporciona liberdade para você colocar sobreposições de camadas nas thumbs. Possui filtros de alta resolução e é uma das melhores opções que você poderá encontrar na internet.

3. Cropic

Já o Cropic é outra opção acessível para o usuário iniciante e permite a adição de textos com facilidade. Também é possível redimensionar imagens e compartilhar o resultado na rede social desejada.

4. BeFunky Photo Editor

Quer uma ferramenta despojada para criar sua thumbnail? Então o BeFunky Photo Editor é pra você! É possível adicionar elementos à sua imagem, entre eles stickers e frames. Sabe da melhor parte? Além de ser uma opção fácil de se usar, é grátis!

Com estas dicas, você poderá produzir thumbnails matadoras para seus vídeos e até utilizá-las para gravar conteúdos virais. O importante é captar a atenção do público para dar novos passos.

Como colocar a thumbnail no vídeo?

Cada plataforma tem um caminho próprio para a personalização da thumbnail. Vamos  mostrar a seguir os exemplos da Netshow.me e do YouTube.

Inserindo thumbnail no YouTube

No YouTube, clique em editar vídeo e, ao lado das sugestões automáticas, clique no box para selecionar sua própria thumbnail.

Como fazer uma thumbnail para destacar seu vídeo online

Inserindo thumbnail na Netshow.me

Na Netshow.me, selecione a opção de editar vídeo e acesse a aba “Personalização”. A primeira opção permite a seleção ou troca da thumbnail.

Como fazer uma thumbnail para destacar seu vídeo online

Viu como é fácil e rápido? Na Netshow.me OTT você também tem acesso a uma série de outras vantagens, como relatórios de audiência e fácil personalização da sua página de vídeos. A sua identidade visual pode estar inserida em tudo! 

Além disso, um outro benefício da plataforma é que o espaço dos seus vídeos é apenas seu. Você não precisa competir com concorrentes que aparecem nas barras laterais lutando pela audiência do seu público. 

Converse com um de nossos especialistas ou preencha o formulário abaixo e evolua a estratégia de vídeos. 

De segunda a sexta das 9h às 18h.

Manaus-AM | Rua 24 de Maio, 220, Sala 801, Centro, Manaus-AM, CEP 69010-080

São Paulo – SP | Rua Arizona 491, 23 andar, Brooklin, CEP 04567-001

©Copyright 2013-2022 Netshow.me – Tecnologia de streaming para impulsionar empresas