Tendências de Mercado

Gamificação nas empresas: o que é, benefícios e exemplos

A gamificação empresarial é uma ótima estratégia para levar o engajamento dos jogos para dentro das empresas. Entenda o conceito, veja seus benefícios e exemplos de empresas que aplicam a gamificação com sucesso!

Escrito por Netshow.me em 28 jul 2021 | Atualizado em 17 nov 2021

9 minutos de leitura

Netshow

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter

Quem diz que horário de trabalho não é horário de brincadeira, é porque ainda não conhece a gamificação nas empresas. Esta estratégia adotada por organizações em todo o mundo utiliza jogos (ou características deles) para gerar resultados internamente e externamente.

O relatório Hype Cycle for the Digital Workplace, lançado pela consultoria Gartner, identifica que cada vez mais empresas estão interessadas em implementar a gamificação como uma estratégia de gestão de inovação. O objetivo é melhorar tanto a relação com o cliente quanto o engajamento dos colaboradores.

Saiba mais sobre esta estratégia, os resultados que ela pode gerar e exemplos de casos de sucesso para você se inspirar!

O que é gamificação nas empresas?

Basicamente, a gamificação nas empresas (ou gamification, em inglês) é o uso de mecanismos dos jogos em outros contextos para alcançar resultados e objetivos específicos.

Isso significa que uma ação de gamification não necessariamente utiliza apenas jogos corporativos em si. Ela pode adotar características como pontuação, regras, desafios e premiações para motivar o público-alvo.

A gamificação é bastante usada na área educacional, já que auxilia no aprendizado dos estudantes. E, nos últimos anos, vem sendo implementada em empresas dos mais diferentes portes e segmentos.

Flow Experience 2020

O conceito por trás da gamificação nas empresas

Você deve estar se perguntando: mas por que a gamificação empresarial trariam bons resultados para minha empresa? Vamos pensar no próprio comportamento humano em relação aos games.

Uma pesquisa feita pela empresa Limelight com gamers de seis países mostrou que eles gastam, em média, 6 horas por semana com jogos online. E isso é só uma amostra do quanto as pessoas se dedicam aos jogos.

Se você curte games ou conhece pessoas que jogam com frequência, sabe muito bem que o momento do jogo não envolve apenas diversão, mas também concentração. Pense em todo o foco, persistência e energia que você dedica para terminar um jogo ou até mesmo passar de uma única fase. Não seria incrível se esse nível de engajamento também existisse em sua empresa?

gamificação empresarial

Pois é exatamente esse o objetivo da gamificação nas empresas. Com jogos corporativos ou ações gamificadas, você consegue moldar comportamentos e gerar motivação entre clientes e colaboradores. Se nós já temos uma predisposição para nos engajarmos nos jogos, por que não utilizá-los para estimular esse comportamento no ambiente corporativo?

Veja algumas das habilidades que os jogos ajudam a impulsionar.

Foco

Quando estamos jogando um jogo, seja online, de tabuleiro ou que envolva uma atividade física, este é nosso único foco. Dificilmente realizamos outras atividades enquanto estamos jogando. Nosso envolvimento com o game é tão grande, que dedicamos um tempo exclusivo para ele. Quantas atividades conseguem nos prender dessa forma atualmente?

Determinação e superação

Quem já jogou videogames ou jogos online com certeza deve ter passado pela experiência de gastar horas para concluir uma única fase. Na vida real, muitas vezes desistimos de um objetivo ao encontrar muitos obstáculos para alcançá-lo. Nos games, é diferente. Tentamos muita vezes, de várias formas diferentes, até finalmente conseguirmos passar para a próxima fase.

Motivação e engajamento

É muito comum ouvir queixas de funcionários que não conseguem ser produtivos por desmotivação. Isso não acontece no mundo dos games: nós nos engajamos porque sabemos exatamente onde queremos chegar. E vencer um jogo nos dá uma sensação de realização. As ações gamificadas ajudam a traçar objetivos e motivar os colaboradores a trabalhar para alcançá-los.

Colaboração

Nos games que você joga em equipes ou interage com outros jogadores online, a colaboração é essencial. Todos se ajudam e trabalham juntos para conseguir chegar até o final do jogo ou vencer uma competição. Uma equipe unida e alinhada sob os mesmos objetivos faz toda a diferença em um ambiente de trabalho.

Gamificação nas empresas - Colaboração

Competição saudável

Muitas vezes, o senso de competição nos motiva a querer dar o nosso máximo para nos destacar. E o jogo também proporciona isso. Quem nunca tentou a melhor pontuação para ficar em primeiro lugar no ranking de um game? É claro que essa competição tem que ser saudável, sem criar atritos e nenhum tipo de constrangimento.

Senso de urgência

Sabe aqueles jogos que você precisa concluir uma missão em um determinado espaço de tempo? É a hora de se concentrar e fazer o seu melhor para conseguir terminar antes que o relógio pare. E é uma situação muito parecida com aquelas tarefas urgentes que sempre surgem em nosso trabalho, não é mesmo?

Autoavaliação e evolução

Quando você está com muita dificuldade de passar por uma fase de um jogo, você pensa o que está fazendo de errado e o que pode fazer de diferente para conseguir se superar. Essa capacidade de autoavaliar seu desempenho e buscar formas de melhorar é fundamental para qualquer colaborador.

Benefícios da gamificação nas empresas

Dependendo do seu objetivo com as ações gamificadas, vários resultados podem ser alcançados:

  • Aumento da produtividade e da motivação de equipe
  • Melhoria do clima organizacional e das relações sociais
  • Mais disposição e organização para trabalhar em equipe
  • Aprimoramento das rotinas de trabalho
  • Feedback constante aos funcionários por meio dos resultados do jogo ou ação
  • Ampliação da divulgação da marca
  • Aumento nas vendas de um determinado produto
  • Auxílio na captação de clientes e leads
  • Mais engajamento entre os consumidores
  • Levantamento de dados específicos sobre colaboradores e clientes

E aí, você imaginava que um simples jogo poderia gerar tantos resultados?

Gamificação nas empresas - jogos
Créditos da foto: VFS Digital Design (CC BY 2.0)

Como eu posso usar a gamificação na minha empresa?

Agora que você já sabe o que a gamificação pode trazer para sua empresa, é hora de parar e pensar nos seus objetivos. O que você deseja alcançar com uma ação gamificada? Como ela pode ajudar a melhorar algum aspecto do seu negócio?

Lembre-se que a gamificação não é mero entretenimento, é uma estratégia corporativa. Por isso, traçar um plano de implementação, com metas, acompanhamento e mensuração de resultados, ajuda muito a não perder de vista os verdadeiros objetivos da ação.

Existem várias formas de adotar a gamificação. Podem ser jogos corporativos para estimular certas habilidades entre funcionários, games que ajudam a atrair visitantes para o site ou gerar leads, competições em que as tarefas realizadas acumulam pontos e geram recompensas e muito mais.

Existem empresas especializadas em desenvolver jogos e ações gamificadas para organizações. Mas se você pretende implementar esta estratégia por conta própria, lembre-se de planejar bem e estar sempre alinhado com os valores de sua empresa.

A seguir, separamos alguns cases de sucesso que podem servir de exemplo para você criar sua própria iniciativa.

Exemplos de gamificação nas empresas

Gerdau

A empresa de siderurgia criou um jogo para auxiliar no treinamento de segurança dos colaboradores. Utilizando óculos de realidade virtual, os funcionários são inseridos virtualmente em um pavilhão industrial. O objetivo do jogo é identificar situações de risco e classificá-las quanto à sua gravidade.

No final do game, os colaboradores conseguem visualizar os resultados e ter uma avaliação do seu desempenho. Somente na primeira semana de implementação, 2,5 mil funcionários das unidades da Gerdau no Brasil e no exterior participaram da iniciativa.

SAP

Após uma aquisição que ampliou o portfólio da empresa de software SAP, foi preciso atualizar os 2,5 mil vendedores sobre os novos produtos. Uma solução para ajudá-los com as vendas foi a criação de um jogo chamado Roadwarrior.

O jogo simulava negociações com clientes de vários segmentos e necessidades de uso. Os vendedores tinham que selecionar as melhores respostas para conduzir a conversa e até lidar com diferentes tomadores de decisão. A cada fase concluída, eles acumulavam distintivos virtuais e pontos, que eram exibidos em um ranking global.

Gamificação nas empresas - SAP Roadwarrior

Extra e Pão de Açúcar

As duas redes de supermercados criaram uma iniciativa em que os clientes precisam juntar selos para trocar por brindes. A cada R$ 20 em compras, os clientes recebem selos e os colam em uma cartela, como se fosse um álbum de figurinhas. A partir de um certo número de selos, a cartela pode ser trocada por uma faca (Extra) ou uma panela (Pão de Açúcar).

Esta é uma iniciativa que não é um jogo em si, mas que utiliza características de games para incentivar os clientes a consumirem e acumularem os selos. A cada cartela preenchida, os clientes podem ir completando sua coleção de facas ou panelas.

Dunkin’ Donuts

Com o jogo online On Your Mark, a rede de lojas de donuts e cafés conseguiu alcançar dois objetivos. No jogo, você recebia o pedido de um café e tinha que preencher o copo de acordo com o que foi pedido: o sabor, açúcar ou adoçante, leite, entre outros. A cada dia, 10 jogadores eram sorteados para receber um cupom de US$ 10 para gastar na loja.

Além de divulgar a marca, o jogo teve a função de coletar dados de consumo dos clientes. Antes de jogar, o usuário tinha que selecionar sua bebida favorita do Dunkin’ Donuts. Ou seja, a gamificação também ajudou a loja a descobrir as preferências dos consumidores.

Saraiva

A rede de livrarias realizou um evento em 2017 para lançar o novo livro da escritora Jojo Moyes, com a presença da própria autora. O encontro reuniu fãs e influenciadores digitais para um bate-papo com Jojo e sessão de autógrafos. Além disso, o evento foi transmitido ao vivo por meio do software Netshow.me Live.

Para aumentar ainda mais a divulgação do evento, a Saraiva utilizou uma ferramenta de gamificação do software Netshow.me Live chamada Top Compartilhadores. Os espectadores que mais trouxeram novas pessoas para assistir à live por meio do compartilhamento do link nas redes sociais ganharam um kit de livros da Jojo Moyes. Foram mais de 2 mil compartilhamentos.

Leia o case de sucesso completo do evento da Saraiva neste link.

A gamificação é tendência, e uma das formas de aplicá-la online é por meio da tecnologia live streaming. Quer saber mais como levar o conceito de gamification ao vivo para a sua empresa? Não deixe de consultar nosso time de especialistas.

Banner-livecompleto

Gostou do conteúdo? Confira também:

Escrito por Netshow.me

Este artigo foi produzido pela equipe de especialistas da Netshow.me. Oferecemos serviços para gerenciamento, distribuição e monetização de vídeos e conteúdos online. Produzimos conteúdos com o objetivo de fazer com que você também se torne um especialista.