Eventos

Como aumentar o ticket médio de agências e produtoras de eventos?

O ticket médio de agências e produtoras indica a média das vendas efetuadas em um período. Aprenda a aumentá-lo e melhorar a saúde financeira do negócio.

Escrito por Felipe Maia em 17 ago 2022 | Atualizado em 17 ago 2022

13 minutos de leitura

Ilustração: rawpixel

Compartilhar no FacebookCompartilhar no FacebookCompartilhar no Twitter

Descobrir como aumentar o ticket médio é uma das maiores preocupações de agências e produtoras de eventos – independentemente do porte. Entre os principais KPIs de Live Marketing, esta métrica é essencial para mensurar a saúde financeira do negócio e estruturar estratégias para melhorá-la.

Neste artigo, você apenderá o que é este indicador, a interpretá-lo e saberá como aumentar o ticket médio de agências e produtoras de eventos em seis etapas. Vamos nessa?

O que é ticket médio e como calcular?

Por definição, o ticket médio é o indicador que calcula a média das vendas efetuadas pela empresa em um período definido. Ou seja, é divisão da Receita Mensal Recorrente (MRR) pelo número total de clientes – independentemente de cada um ter pagado valores diferentes.

Por isso, o ticket médio pode ser usado para fazer uma avaliação ampla das vendas. Outra maneira de de usá-lo é para direcionar a análise – por exemplo, estudar qual a média de investida pelos contratos longos ou até clientes de maior porte.

Desta forma, interpretar o ticket médio de produtoras de evento e agências de Live Marketing é crucial para ter resultados. Ela permite analisar o desempenho do time de vendas, o ciclo de vida e a taxa de retenção de clientes, além de ajudar a manter o crescimento.

Para concluir esta etapa, o melhor conselho para o cálculo do ticket médio é entender o comportamento do mercado e a sazonalidade. Além disso, conhecer o nicho de atendido e os custos agregados de cada negócio é um diferencial.

Como aumentar o ticket médio de agências e produtoras?

O cálculo do ticket médio é essencial para avaliar a saúde financeira da sua agência e produtora. Com ele, você pode fazer o cálculo do  Lifetime Valute (LTV), ou seja, quanto dinheiro o cliente investe enquanto utiliza as soluções do seu negócio. Outro indicador importante é o Custo de Aquisição por Cliente (CAC), que mostra quanto sua agência ou produtora gasta para conquistar clientes.

Para interpretar se o ticket médio de agências e produtoras é simples: ele e o LTV precisam ser maiores que CAC. Caso contrário, é motivo pra se preocupar porque o negócio não está sustentável.

Independentemente de como estiver a situação do seu negócio, separamos seis dicas valiosas de como aumentar o ticket médio de agências e produtoras. Confira a seguir:

1. Ofereça um catálogo de eventos corporativos com opções vastas

Produtoras e agências de eventos precisam estar prontas para oferecer um grande leque de opções para os clientes. Mas o que significa para o catálogo de soluções do negócio? Duas coisas:

Neste aspecto, uma dica importante é ter um portfólio de eventos corporativos diverso, mostrando a vasta gama de possibilidades que sua agência ou produtora pode oferecer. Ou seja: produza cases de sucesso, que contarão os resultados oferecidos para sua carteira de clientes.

2. Faça Up-Sell e Cross-Sell – e evite Down-Sell

Outra técnica valiosa para aumentar o ticket médio de eventos corporativos é apostar no Up-Sell e Cross-Sell. Enquanto o primeiro consiste em oferecer um serviço mais caro para o cliente, o segundo consiste em fazer uma venda complementar.

E, é claro, o ideal é diminuir a incidência de Down-Sell, que consiste em oferecer uma solução mais barata para evitar o Churn.

Para fazer isso, é necessário analisar a carteira de clientes da sua agência. Isso te permitirá identificar qual é o seu Perfil de Cliente Ideal (ICP), ou seja, delimitar qual tipo de cliente você quer atrair. Isso te ajudará a mapear oportunidades de usar o Cross-Sell e o Up-Sell para aumentar seu ticket médio.

3. Não esqueça de investir no setor comercial

O aumento de ticket médio de produtoras de eventos e agências anda de mãos dadas com os investimentos no setor comercial. Para isso, você precisará fazer uma análise dos seguintes pontos:

  • Como está o funcionamento do ciclo de vendas;
  • Desafios e gargalos enfrentados pelo seu time;
  • Quais os KPIs de vendas usados e como eles são analisados.

Estes três pilares te ajudarão a avaliar onde é possível aprimorar seu time comercial. Por exemplo, com a contratação de novos profissionais ou até redefinição do fluxo de atendimento.

4. Padronize – e automatize – processos

Não adianta investir em profissionais se a agência ou produtora não tiver uma maneira de trabalhar padronizada. Por isso, certifique-se de que todos os setores tenham um Playbook que define todos os pontos a serem seguidos no cotidiano.

Além disso, o ideal é automatizar processos para facilitar a atuação de cada time. O uso de uma ferramenta de automação de Marketing é essencial para esta etapa, facilitando a gestão de clientes e o acompanhamento do desempenho dos negócios.

5. Ofereça uma experiência impactante e fidelize seu cliente

A fidelização da sua carteira de clientes é essencial para o crescimento do ticket médio. Segundo Phillip Kotler, conquistar novos clientes custa entre 5 a 7 vezes mais caro que reter os atuais. Ou seja: você precisa oferecer uma experiência agradável e construir bom relacionamento com todos.

Aplicando esta lógica à estratégia de eventos, é necessário pensar nas etapas anteriores e posteriores ao projeto. Lembre-se: o evento começa quando o participante recebe a primeira comunicação sobre ele.

Além disso, outras estratégias que ajudam a estreitar os laços com o cliente é oferecer boas condições para a realização de projetos, entre elas descontos e outros benefícios. Para completar, seu atendimento precisa ser rápido e eficiente.

6. Tenha visão estratégica da carteira de clientes

Outra etapa importante para a fidelização e retenção mencionada no tópico anterior é ter uma visão estratégica da sua carteira de clientes. Ou seja, avaliar as características de cada um, saber seu potencial de investimento e o que é necessário para captá-los e retê-los.

Por quê? Nenhuma carteira de clientes de agência possui somente um perfil de parceiros. Portanto, esta visão te ajudará a avaliar quais estão mais alinhados às metas da sua empresa, priorizando os contatos adequados.


➡️ A Netshow.me oferece soluções completas para agências data-driven. Com mais de 15 mil transmissões ao vivo realizadas no mundo inteiro, nossa rede de parceiros atende todo o território da América Latina. Fale com um especialista para uma avaliação especial do seu projeto!

Sem tags cadastradas

Escrito por Felipe Maia

Copywriter especialista em SEO com mais uma década de experiência com conteúdos digitais.