Dicas e Tutoriais

Estratégias de Evento Online: Como melhorar a experiência do cliente?

Conheça 3 estratégias de evento online que podem ser usadas para melhorar a experiência do seu cliente ainda mais!

Escrito por Gabriele Gonçalo em 19 ago 2020 | Atualizado em 10 ago 2021

8 minutos de leitura

Freepik

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter

Devido à pandemia do novo coronavírus, os processos de transformação digital foram acelerados em todos os setores da economia. Isto se aplica ao mercado de eventos, que chegou a estimar um prejuízo de R$ 90 bilhões até o final de 2020.

Com a necessidade de rever contratos e pensar em alternativas ao formato presencial, o segmento encontrou a solução nos diversos tipos de eventos online. Para ter sucesso nesta empreitada, é necessário olhar para outros pontos além de escolher um software de transmissão ao vivo.

Neste artigo, você pode conferir estratégias de evento online testadas e aprovadas que melhoram a experiência do seu cliente. Vamos lá?

Quais estratégias de evento online otimizam a experiência?

Quando se fala de usar transmissão ao vivo em eventos, é necessário olhar para a organização de maneira estratégica. Lembre-se: você está adotando um formato diferente do presencial e é importante considerar todas as particularidades proporcionadas pela tecnologia.

Desta forma, é necessário pensar em como impulsionar a satisfação do cliente de modo a ter resultados ainda melhores com o seu evento. Como isso acontece? Entendendo todas as características do formato digital para saber como usá-las adequadamente.

Pensando nisso, separamos 3 estratégias de evento utilizadas que vão impulsionar a experiência do seu cliente. Confira:

1. Escolha a plataforma de transmissão ao vivo

Antes de qualquer coisa, é necessário definir onde será a transmissão do seu evento. Entre as opções disponíveis estão redes sociais, YouTube, programa de transmissão ao vivo profissional e até plataformas de vídeos OTT.

Como escolher a alternativa correta para o seu evento? Deve-se considerar o fato de que estamos falando de algo que precisa ser realizado com segurança e qualidade. Ou seja, não se pode utilizar uma plataforma que não seja confiável.

Estamos falando sobre melhorar a experiência do cliente, não é mesmo? Desta forma, é imprescindível optar por uma ferramenta que tenha recursos que facilitarão a interação e engajamento do público – por exemplo, um chat interativo que permita opções personalizadas.

Assim, considere a opção de investir em soluções mais profissionais. Trata-se de um investimento que fará a diferença para proporcionar uma boa experiência para o público.

2. Pense nas etapas anteriores e posteriores ao evento

Como proporcionar a melhor experiência possível para o público? Para atingir este objetivo, é importante entender um ponto crucial: seu evento começa antes do usuário apertar play no vídeo. Mais especificamente no momento em que esta pessoa o descobre.

Assim, é importante focar na produção de conteúdo que elevará o nível de ansiedade desta pessoa para o grande dia. Conheça a sua persona e planeje materiais que terão maior aderência com este público.

Crie e-mails e use ferramentas de automação de marketing para estabelecer contato com sua audiência. Mantenha este canal de comunicação para debater com estas pessoas, assim tendo um diálogo que tornará a experiência agradável.

Além disso, outra opção importante é o uso de postagens nas redes sociais que seu público costuma usar. Isto gerará maior engajamento e permitirá que mais pessoas saibam sobre o seu evento, podendo até participar. Ou seja: é unir o útil ao agradável.

E quando seu evento digital acabar? Mantenha esta estratégia. Ao construir um relacionamento com o público, você o fidelizará e pode fazer com que estas pessoas se tornem consumidores recorrentes de seus serviços e participem de eventos futuros.

3. Garanta o engajamento dos usuários

Com o modelo presencial, o espectador está presente fisicamente no evento e é mais fácil dele manter sua atenção em todos os detalhes. Já no modelo digital, esta pessoa pode dividir a atenção com outras coisas – seja distrações em casa ou abrir outras abas no dispositivo.

Isso é algo que precisa ser evitado a qualquer custo. Mas como? Não existe uma fórmula mágica porque cada evento possui seu próprio público, com particularidades específicas. Assim, é necessário analisá-las previamente para estruturar a programação de maneira que a torne ainda mais interessante.

Como atingir esta meta? Garantindo o engajamento dos usuários. Estimule a troca de conhecimentos e incentive o público a participar via chat – seja enviando perguntas ou até conversando entre si. Desta forma, a experiência será mais agradável e mais pessoas ficarão até o final da transmissão.

Por que organizar eventos online?

Com as medidas de isolamento social para combater a Covid-19, todos os eventos presenciais foram cancelados – independentemente dos nichos. Assim, as empresas precisaram rever seus planejamentos e buscar saídas para se manterem em operação.

Desta forma, a tendência dos eventos digitais se mostrou como uma solução viável para o nicho. Como funciona? Ao adotar usar a tecnologia de live streaming, é possível garantir que a realização do evento de maneira remota com segurança e qualidade.

Quando falamos sobre organizar eventos online, existem uma série de benefícios. A seguir, confira todas as vantagens oferecidas por este formato – seja ele com todos os participantes atuando de maneira remota ou no modelo híbrido.

1. Permite maior alcance

Ao escolher este modelo de organização de eventos, você não enfrentará as limitações de espaço físico impostas no formato presencial. Desta forma, ele permite maior alcance ao permitir que pessoas de qualquer lugar no mundo participem – seja o público ou os palestrantes.

2. Redução de custos

Outra vantagem de fazer eventos online é a redução de custos. Despesas como alimentação, logística e transporte dos participantes e mão de obra são reduzidas drasticamente ou até zeradas.

E não é só isso. Como existe uma demanda menor de espaço físico, é possível gastar menos com o aluguel de um galpão, estúdio ou outra localidade. Com a opção de até realizar o evento com todos palestrantes remotos, este gasto pode ser inexistente.

Claro, é necessário investir em tecnologia para a transmissão ao vivo – da conexão de internet robusta à plataforma de live. No entanto, é inegável que existe uma relação custo x benefício atrativa para a empresa que opta por este formato.

3. Acesso ao conteúdo no pós-evento

E o que acontece depois do evento acabar? Como o ele é gravado desde o começo, é possível disponibilizar o acesso ao conteúdo da maneira que preferir. Você pode fazê-lo de maneira rápida e fácil e na plataforma que quiser.

Assim, é possível utilizá-lo como mais um pilar da sua estratégia de conteúdo. Dá para separar em vários vídeos, transformar em podcast e qualquer opção que faça sentido para o seu público – seja permitindo a visualização gratuita ou paga.

Não é algo exclusivo dos eventos 100% online ou híbridos. O modelo presencial também permite este benefício, apesar de demandar o investimento em uma equipe de produção profissional que provavelmente não estaria nos gastos previstos.

Este artigo foi baseado no painel Inovações Que Vão Remodelar o Mercado de Eventos, do FLOW Experience 2020 e disponível gratuitamente no Netshow.me Flow. Quer assistir ao vídeo completo? Clique aqui.

Escrito por Gabriele Gonçalo