Tendências de Mercado

O que é Marketing de Influência?

Saiba o que é Marketing de Influência e como usar influenciadores digitais na sua estratégia.

Escrito por Gabriele Gonçalo em 28 mai 2020 | Atualizado em 10 ago 2021

12 minutos de leitura

Netshow.me

Compartilhar no FacebookCompartilhar no FacebookCompartilhar no Twitter

Não é nenhum absurdo dizer que as redes sociais assumiram um papel central no cotidiano das pessoas. Com esta importância cada vez maior, surgiu uma nova profissão: os influenciadores digitais.

Por serem um sucesso de público, estes produtores de conteúdo online passaram a ser visados para estratégias de marketing digital. Assim, surgiu o Marketing de Influência, uma abordagem que usa o potencial dos influencers a favor de uma marca.

Neste artigo, você saberá o que é Marketing de Influência, seus benefícios e como usá-lo na sua estratégia de marketing digital. Além disso, separamos algumas dicas de como o influenciador pode conseguir parcerias. Vamos nessa?

O que é Marketing de Influência?

O Marketing de Influência é uma abordagem do marketing digital baseada no uso de produtores de conteúdo independentes para influenciar o público a favor de determinado produto ou marca.

Para esta estratégia ter êxito não se deve utilizar qualquer criador de conteúdo online.  É necessário escolher aqueles capazes de influenciar e engajar o público em grande escala. Ou seja: a figura do digital influencer é a base dela.

Quando falamos de influenciadores, não são só as celebridades de internet com números astronômicos de seguidores. Aqui, o importante é como este usuário utiliza as redes sociais e outras plataformas digitais para se relacionar com a audiência – assim, a influenciando.

Neste tipo de estratégia, é possível usar celebridades e influenciadores. Além disso, os microinfluenciadores são uma alternativa viável – ou seja, criadores de conteúdo de nicho que, apesar de um número de seguidores menor, possuem taxa de engajamento proporcionalmente maiores

Também conhecida como Influencer Marketing, esta abordagem se assemelha ao tradicional boca a boca. Por quê? Esta estratégia se beneficia da credibilidade do criador de conteúdo ao usá-lo como uma ponte para levar o produto ou serviço da empresa ao público.

Vale ressaltar: não é tão simples como a antiga estratégia do boca a boca. Esta abordagem precisa de alguns cuidados para ser utilizada com sucesso. Afinal, vivemos numa realidade digital onde se chega muito mais rápido à informação por meio um influenciador.

Benefícios do Marketing de Influência

Ao adotar esta abordagem na sua estratégia de marketing digital, é possível desfrutar de uma série de benefícios. A seguir, você pode conferir as principais vantagens do Marketing de Influência:

1. Aumenta a confiança na marca

Como mencionado anteriormente, o Marketing de Influência funciona como uma espécie de boca a boca 2.0. Desta forma, a credibilidade do criador de conteúdo com o público endossará as qualidades da sua marca e, consequentemente, aumentará a confiança nela.

Desta forma, o uso de influenciadores pode variar de impulsionar vendas a até reforçar os valores, imagem e história da empresa. Isto permite uma melhor percepção da marca perante o público.

2. Pode ser usado em qualquer nicho

Cada vez mais pessoas utilizam as redes sociais para produzir conteúdo. Isto se traduz na diversidade de nichos contemplados – é possível encontrar influencers de todas as temáticas que você puder imaginar, desde gastronomia, turismo, cultura e até investimentos.

Além disso, o Marketing de Influência é aplicável a todas as etapas da jornada de compra – seja aprendizado e descoberta, reconhecimento do problema, consideração da solução ou decisão de compra. Aqui, o importante é considerar que seu uso deve fazer sentido estratégico.

3. Atinge o público de maneira certeira

Além de do Influencer Marketing permitir que você explore diversos nichos, é possível atingir o público de maneira certeira. Isso acontece porque o influenciador produz conteúdo para as pessoas que você deseja impactar, ou seja, a ação chegará às pessoas certas.

4. Gera clientes mais qualificados

Outro benefício desta abordagem é fato dela trazer clientes qualificados para a marca. Segundo estudo da Tomoson, o Marketing de Influência é considerado a maneira de converter estes clientes por 51% dos profissionais de marketing que o usam.

Além disso, esta estratégia é atrativa no que diz respeito ao ROI, ou seja, o retorno sobre o investimento feito. Em média, cada dólar investido gera US$ 6,50. A pesquisa ainda aponta que 82% dos profissionais entrevistados geraram alguma receita com o uso de influencers.

Como usar o Marketing de Influência?

Esta lista de benefícios é interessante, não é mesmo? Para implementar o Marketing de Influência e desfrutar destas vantagens, é necessário seguir alguns passos. Confira a seguir:

1. Defina o seu objetivo

Antes de qualquer coisa, é necessário estabelecer quais os objetivos da ação. Entre as possíveis metas estão aumentar vendas, aquisição de novos clientes, divulgação de um novo produto ou serviço e até popularizar a sua marca.

Ao ter estes objetivos bem delimitados, você poderá direcionar os esforços de maneira mais assertiva. Isto ajudará o investimento nesta ação a ser mais certeiro e oferecer melhores resultados.

2. Conheça seu público-alvo

Outro pilar importante do Marketing de Influência é a importância de conhecer o seu público. Para trabalhar sua estratégia de maneira certeira, você precisa saber quais tipos de conteúdo digital sua persona consome.

Isto facilitará na hora de escolher qual influencer se encaixa melhor à ação. Além disso, você saberá quais plataformas e formatos de conteúdo engajam melhor estas pessoas e qual conteúdo é relevante para elas. Este conhecimento é imprescindível.

3. Escolha o influenciador adequado

Ao conhecer melhor o seu público, você saberá quais criadores de conteúdo você pode utilizar na sua estratégia de maneira bem sucedida. Sabe qual é o erro mais comum? Encarar esta escolha como uma compra de mídia, ou seja, acreditar que está comprando um número de seguidores.

Neste tipo de parceria, o mais importante é o relacionamento entre o influenciador e a audiência. Este engajamento não pode ser medido através de um número de pessoas que seguem este criador de conteúdo nas redes sociais – afinal, a relação deste influencer com um nicho específico pode ser suficiente para trazer os resultados desejados.

Para escolher o content creator adequado, deve-se olhar para as características e estilo de vida deste influenciador. São alinhados ao perfil da empresa e os objetivos da ação? Além disso, se atente às postagens orgânicas nas redes sociais deste influencer. Isto lhe dará as informações necessárias para saber qual profissional é ideal.

4. Defina todos os termos da parceria

Depois de escolher qual influenciador utilizar na sua ação, o próximo passo é negociar os termos da parceria. Isto pode ser feito com o próprio criador de conteúdo ou uma agência que representar o influencer.

Nesta etapa, é necessário alinhar todos os pontos. Quando falamos sobre o pagamento pelos serviços prestados, vale ressaltar que ele pode ser feito através de dinheiro e até produtos – os famosos recebidos da semana que você às vezes vê no Instagram. Por se tratar de uma relação profissional, é importante fazer um contrato.

Outro ponto é definir como será a produção do conteúdo. Há marcas que enviam um briefing para o influenciador seguir rigorosamente, inclusive com número e periodicidade de postagens definidos.

Esta não é a única opção. Algumas agências optam por uma parceria de cocriação de conteúdo. Como assim? O influencer criará o conteúdo em conjunto com a marca e participará ativamente da concepção da ação.

Por que isso é importante? Neste tipo de parceria, você está adquirindo o conteúdo deste influenciador. Assim, respeitar a liberdade criativa deste criador é essencial para estas postagens soarem naturais. Sem isso, sua estratégia de Marketing de Influência não terá bons resultados.

banner-flow

Como um influencer pode conseguir parcerias?

Caso você deseje atingir o patamar de influenciador digital e, consequentemente, estabelecer este tipo de parceria, separamos algumas dicas que vão te ajudar:

  • Defina quais plataformas você utilizará. Seja LinkedIn, Facebook, Instagram, Twitter, YouTube, TikTitok e outras opções de ferramentas para a venda de vídeos, cada uma possui particularidades para as quais seu conteúdo precisará se adaptar;
  • Crie um planejamento de conteúdo e poste conteúdo com frequência para obter maior alcance. Caso você publique mais raramente, os algoritmos das redes sociais costumam reduzir a entrega das postagens – e isso significa menor engajamento
  • Não esqueça da autenticidade! Produza conteúdo autoral e se diferencie da concorrência. Este fator é imprescindível para você ter sucesso com o público.
  • Construa uma relação com o público e interaja com estas pessoas. Isto aumentará seu engajamento e permitirá que você se torne um criador de conteúdo influente;
  • Não tenha medo de investir na sua produção. Quanto melhor for seu conteúdo, maior é a chance dele ser bem sucedido;
  • Use ferramentas de marketing de influenciadores. Este tipo de software ajuda a mensurar resultados e toda a monetização envolvida na carreira de digital influencer.

Este artigo foi baseado no webinar Marketing de influência e o poder do boca a boca digital, disponível gratuitamente no Flow. Quer assistir ao vídeo? Clique aqui.

Escrito por Gabriele Gonçalo