Educação

Cursos online mais procurados: as opções que geram maior interesse no público

Confira a lista dos cursos online mais procurados do último ano e veja como começar a transformar o seu conhecimento em renda!

Escrito por Netshow.me em 12 nov 2021 | Atualizado em 12 nov 2021

12 minutos de leitura

Netshow.me

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter

Com as limitações de circulação impostas pelas medidas de proteção contra o novo coronavírus, muitas atividades foram transferidas para a modalidade online. O aprendizado, em todos os níveis de ensino, também foi um deles. Seja para ensinar ou aprender, diversos brasileiros recorreram ao ensino remoto. Você já parou para pensar quais foram os cursos online mais procurados no último ano? 

Nós já! Essa informação é muito importante para entender o interesse de quem está procurando avançar na sua profissionalização. Com base nos dados da ferramenta Trends, do Google, selecionamos aqui os 7 cursos online mais procurados nos últimos 12 meses. 

Quem sabe você pode transformar o seu conhecimento em renda também? Confira a seguir a lista e, ao final, veja dicas para organizar um bom curso online. 

Os cursos online mais procurados nos últimos 12 meses no Brasil 

O Google Trends é uma ferramenta do Google que mostra tendências de pesquisa no buscador mais usado do mundo. Nele, é possível verificar as palavras mais pesquisadas e os assuntos relacionados a elas. 

A partir de uma pesquisa no Google Trend foi possível mapear quais os cursos online mais procurados pelos brasileiros nos últimos 12 meses. Confira a lista e veja como começar em a atuar em cada um deles: 

  1. Informática 

Ficou surpreso com esse curso na lista? Parece estranho que em pleno 2021 os cursos de informática ainda sejam tão procurados. Contudo, no contexto de pandemia, fica fácil entender o motivo. Diversas atividades que antes aconteciam de forma presencial foram adaptadas para a modalidade online. 

Nessa migração, muitos profissionais que sabiam apenas o básico precisaram correr atrás para desenvolver novas habilidades. Além disso, existem muitas pessoas que vieram de um contexto de baixa renda e nunca tiveram um computador em casa. 

Os cursos de informática em geral ensinam os aspectos mais básicos e intermediários das funcionalidades de um computador. Caso queira começar nessa área, um bom caminho pode ser oferecer aulas gratuitas para pessoas que não têm condições de pagar esses cursos. 

Assim, você entende de forma prática quais são as demandas de quem precisa desse conhecimento, o que é preciso ser ensinado e qual a melhor forma de fazer isso. Tudo isso somado a prestação de um serviço social de extrema importância. 

💡 Veja também: Precificação de cursos online: como calcular o preço ideal para seus conteúdos 

  1. Inglês 

Os cursos de inglês também continuam na lista de interesse dos brasileiros. Nos últimos anos, o conhecimento na língua inglesa passou de um diferencial para uma obrigação. Muitas vagas já tem a segunda língua como um pré-requisito. 

Isso acontece porque muitos materiais informativos e tendências de mercado acabam saindo primeiro em portais internacionais. Neste caso, quem consegue chegar até eles primeiro acaba saindo na frente. Existem também muitas opções de cursos gratuitos de especialização e treinamento na língua inglesa. 

Se você possui conhecimentos na língua e acha que tem a capacidade para ensiná-la, um ótimo caminho para começar é estudando as diferentes metodologias de ensino disponíveis e delimitando um público-alvo. Tire um tempo para conversar com outros professores também e entender mais sobre o mercado. 

  1. Excell

Para muitas pessoas, o excell é um grande bicho de sete cabeças. Para outras, a melhor ferramenta que existe. O que separa esses dois públicos é uma coisa só: o domínio das funcionalidades que ele oferece. Quem sabe usá-lo, tira de letra a montagem de qualquer planilha ou análise de dados. 

Com um mercado cada vez mais voltado para a verificação de performance e a mensuração de resultados, saber usar o excell é fundamental. Os cursos variam do mais básico, ensinando passos iniciais para quem tem medo até mesmo de abrir a ferramenta, até o mais avançado com a montagem de grandes planilhas, recursos dinâmicos e muito mais. 

Para atuar nessa área, o principal é verificar até onde vai o seu conhecimento. Talvez seja importante começar colocando em prática e testando seus conhecimentos e, então, mapear os ensinamentos necessários. Além disso, os cursos de excell dependem muito do objetivo do aluno, então, um outro passo importante é entender qual será o seu foco. 

  1. Culinária 

O interesse pelos cursos de culinária também pode ser explicado pela pandemia! Com as regras de isolamento social e a necessidade de ficar em casa, as pessoas passaram a cozinhar a própria comida. Tanto para economizar, pois é impossível pedir delivery todos os dias, como uma forma de descontração, afinal, cozinhar é uma forma de autocuidado. 

A culinária tem muitas ramificações, tipos e níveis de conhecimento. Para todos os casos, se você deseja ministrar cursos online de culinária, o primeiro passo é identificar o seu nível de conhecimento, o tipo de cozinha que você deseja abordar e o que faz mais sentido para quem já conhece o seu trabalho. 

  1. Oratória 

O desenvolvimento da oratória é uma habilidade que a maioria de nós precisa desenvolver em algum momento da vida. Isso porque, em qualquer área da convivência social, estamos sempre falando e nos comunicando com alguém. 

Seja nos relacionamentos afetivos, de amizade ou para pedir um aumento para o chefe: tudo é comunicação. Por isso, os cursos de oratória também estão entre os cursos mais procurados dos últimos 12 meses. 

Você costuma ser elogiado por suas apresentações e como expõe suas ideias? Talvez seja uma boa opção transformar esse conhecimento em renda oferecendo um curso online de oratória! Para trabalhar com esse conteúdo, comece entendendo o que as pessoas buscam nesses cursos, procure exercícios práticos e formas de apoiar os alunos a conseguir superar a timidez. 

  1. Vendas  

Ser um bom vendedor é questão de técnica. Existem diversas estratégias e ações que auxiliam no fechamento de um negócio. Por exemplo, os gatilhos mentais são muito utilizados pelos profissionais dessa área para despertar emoções no consumidor e levá-los a fazer aquela compra. 

Justamente para desenvolver essas habilidades e aplicar esses conceitos de forma natural em uma conversa com o consumidor é que existem os cursos de vendas. Os profissionais entendem como melhor respondem aos desejos e anseios do consumidor para conseguir vender melhor e, consequentemente, vender mais. 

Se você já tem experiência na área, uma boa forma de começar é conversando com vendedores e buscando entender quais as maiores dificuldades enfrentadas por eles. O que eles consideram difícil de lidar? Como desenvolver habilidades de convencimento e persuasão? 

💡 Veja também: Como usar gatilhos mentais para aumentar conversão e engajamento em seus cursos e treinamentos

  1. Treinamento de Lideranças

Atuar na gestão de pessoas, tocando projetos e assuntos importantes para a empresa não é uma tarefa fácil. Por isso, qualquer empresa que deseja melhorar a capacitação dos seus profissionais provavelmente irá investir em um curso de treinamento de lideranças. 

Para se tornar um bom líder é preciso capacitação e aprendizado, como qualquer outra habilidade profissional. Investir no desenvolvimento dos profissionais também é uma forma de demonstrar aos outros colaboradores que a empresa se importa em ter as melhores práticas disponíveis. 

▶️ Veja neste artigo dicas para desenvolver um bom treinamento de lideranças: Como um bom treinamento de lideranças pode impactar a empresa? 

Como organizar um bom curso online?

Agora que você já viu quais são os cursos online mais procurados no Brasil, veja algumas dicas sobre como começar a organizar o seu! 

1. Pesquise bastante

Para elaborar um bom curso online, o primeiro passo deve ser fazer uma boa pesquisa sobre aquele tema e cursos que já trabalham esse conteúdo. Converse também com profissionais interessados na temática, o que eles esperam do material e o que acham importante. 

Esse passo inicial vai ser fundamental para o planejamento do seu curso e a elaboração dos conteúdos que serão ministrados. 

💡 Veja também: Legislação dos cursos livres: quais as leis para criar cursos online

2. Faça um planejamento 

O planejamento são as coisas de caráter estrutural do seu curso. Pense no formato que será usado, se terá conteúdos adicionais, quais serão, o tipo de material, se será necessário trabalhar com conteúdos práticos e onde conseguir essas informações. 

Algumas questões que você pode considerar nesse momento são: 

  • Qual o tempo de duração das aulas?
  • Quantas aulas serão ministradas? 
  • Qual será a carga horária completa do curso? 
  • Haverá material complementar? Qual será o formato? 
  • Quais outros recursos você irá usar? 
  • Os vídeos serão editados? Quem fará isso?

3. Faça plano de aulas 

Os planos de aula são uma ferramenta muito usada pelos professores do ensino regular. O objetivo é prever exatamente o que será ministrado em cada aula, buscando cobrir todos os assuntos necessários para garantir que seja oferecido um conhecimento completo aos alunos do curso. 

O plano de aula não é para ser um roteiro de bolo! O objetivo dele é ser como um guia, mas você pode criar novos caminhos no andamento do conteúdo. Nesta etapa, verifique também como serão os exercícios de fixação de conteúdo e busque variar os formatos. 

👉 Também pode te interessar: Pedagogia Empresarial: para que serve e os benefícios para o seu negócio 

👉 Também pode te interessar: Precificação de cursos online: como calcular o preço ideal para os seus conteúdos

A plataforma é um fator decisivo 

Uma ´ótima forma de decidir como começar a dar aulas virtuais, é entendendo quais são os cursos online mais procurados. Outra decisão muito importante na construção de cursos online é o local em que você irá hospedar o seu material. O ideal para conteúdos em vídeo é que seja uma plataforma em que a reprodução não fique travando o tempo todo e que suporte um grande número de acessos. 

É importante encontrar soluções que ofereçam um ambiente profissional e personalizável. Prefira opções em que, mesmo sem conhecimentos técnicos, você possa inserir a sua identidade visual. Outro ponto importante é encontrar opções em que seja possível ter um ambiente exclusivo para o seu material, sem precisar dividir o espaço e atenção dos alunos com os concorrentes. 

👉 Para ver como escolher a sua plataforma de cursos online, acesse nosso artigo: Como criar a sua plataforma de cursos online e começar a vender 

Para transformar o seu conhecimento em renda, é importante garantir um conteúdo de qualidade. Por isso, considere serviços em que seja possível hospedar diferentes formatos de conteúdo, garantindo a melhor experiência para os seus alunos.

A Netshow.me OTT oferece tudo isso: um ambiente próprio que pode ser totalmente personalizado com a sua identidade visual, e que ainda hospeda diversos formatos de conteúdo em um só lugar.

Converse com um especialista e veja como uma plataforma própria pode ser a solução ideal para vender seus cursos online.

Escrito por Netshow.me

Este artigo foi produzido pela equipe de especialistas da Netshow.me. Oferecemos serviços para gerenciamento, distribuição e monetização de vídeos e conteúdos online. Produzimos conteúdos com o objetivo de fazer com que você também se torne um especialista.