Empreendedorismo Digital

Nicho de mercado: entenda o que é e qual a importância para o sucesso de seu negócio online

Entenda o que são os nichos de mercado e porque é essencial para o seu negócio que você delimite o seu.

Escrito por Netshow.me em 26 ago 2021 | Atualizado em 26 ago 2021

15 minutos de leitura

© rawpixel

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter

O desenvolvimento de um negócio depende de muitos fatores – e um essencial é analisar a quem o produto ou serviço se destina. O nicho de mercado é um recorte específico, definido a partir de características próprias de um grupo.

Nesse caso, a atuação é centrada nesse conjunto menor de consumidores, considerando suas necessidades. A vantagem de investir em um nicho de mercado é que o seu negócio se torna referência para aquele público para que, futuramente, você possa investir em outros nichos.  

Neste artigo, entenda: 

  • O que são nichos de mercado? 
  • Por que eles são tão importantes para o seu negócio? 
  • Veja alguns exemplos de nicho e segmentação 
  • Como definir o nicho do seu negócio 

O que são nichos de mercado

Adotar um nicho de mercado significa escolher uma segmentação como alvo das suas estratégias. Esse grupo se difere do restante do mercado a partir de suas necessidades ou preferências. 

Vamos a um exemplo prático: segundo uma pesquisa recente do Ibope sobre hábitos alimentares, 14% da população brasileira se declara vegetariana (cerca de 30 milhões de pessoas). Assim, o mercado de produtos veganos e vegetarianos é uma das apostas para os próximos anos. Ao vender produtos veganos/vegetarianos, você está direcionando a sua produção para esse nicho de mercado específico. 

Existem muitas possibilidades para que uma pessoa adote o veganismo ou vegetarianismo -algumas o fazem por preocupação com o bem-estar dos animais, por exemplo. Neste caso, ela pode se interessar por iniciativas de resgate de animais abandonados. Sua empresa pode divulgar ou apoiar esses projetos, se aproximando ainda mais desse público. Aqui, o nicho está ainda mais segmentado. 

Essa abordagem, voltada para um nicho do mercado bem segmentado, aumenta a proximidade do negócio com os consumidores, o que permite estabelecer uma relação de confiança. Trabalhando essa ideia, a marca se torna uma referência no assunto de produtos veganos. 

A era da segmentação: porque é importante definir um nicho de mercado para o seu negócio 

As parcelas do mercado podem ser organizadas em nichos cada vez mais específicos. Dentro do mercado de bolsas, por exemplo, existem as bolsas veganas, bolsas para consultoras de imagem, maquiadoras, bolsas para mães, e assim por diante. 

O surgimento de nichos mais segmentados acontece por apresentar diversas vantagens para os negócios. Algumas delas são: 

  • Fazer mais com menos: para quem está começando um negócio com poucos recursos, a definição de um nicho  ajuda a começar pequeno, dando os primeiros passos e se estruturando sem a necessidade de grandes investimentos; 
  • Comunicação direcionada: a comunicação correta e direcionada possibilita conquistar um número maior de pessoas de fato interessadas no seu produto. Essa é a mesma segmentação vista na estratégia de criação de Personas, no Marketing de Conteúdo;
  • Menor concorrência: A chance de que exista um concorrente forte em uma segmentação mais restrita é muito menor; 
  • Criação de um relacionamento mais pessoal com o público: falando com um nicho específico, você pode se aproximar mais dele. 

Exemplos de nicho de mercado 

Diversas pesquisas de tendências do consumo apontam, todo ano, os nichos de mercado que têm as melhores chances de crescimento. Essa análise é feita a partir da observação da personalidade, localização, poder de compra e diversas outras características dos consumidores. 

Veja alguns exemplos de nichos de mercado com expectativa de crescimento em 2021: 

Jogos para celular

De 2019 para 2020, o crescimento desse nicho foi de 26%. Segundo dados da empresa Statista, 435 milhões de pessoas aderiram aos jogos digitais na pandemia. Assim, de acordo com dados de 2020, o gênero com maior crescimento foi o de simulação, em que era possível recriar ambientes que deixaram de ser frequentados por causa da pandemia. 

Clubes de Assinatura 

Segundo informações da Betalabs, empresa especializada em tecnologia para gestão de comércio eletrônico, o faturamento dos clubes de assinatura cresceu 15% no primeiro trimestre de 2021. 

A maior parte dos negócios é focada em livros, cerca de 27%. Nesse nicho, cabe destacar como as segmentações têm se tornado cada vez mais específicas. A TAG é responsável por um dos primeiros clubes de assinatura de livros no país.

Atualmente, já possui dois segmentos: a TAG Curadoria, onde grandes nomes da literatura indicam seus livros preferidos, e a TAG Inéditos, com livros que nunca haviam saído no Brasil. 

Infoprodutos e cursos online

As vídeoaulas e cursos online são outro destaque. O Sebrae, no Guia de Tendências 2020-21, destaca as aulas por vídeo como um destaque da nova comunicação pós-pandemia. Essa é uma estratégia que pode ser trabalhada de forma isolada – você pode dar aulas online e esse será o seu negócio. 

Outra possibilidade é associar aulas e cursos online com o seu ramo de atuação. Foi o que fez o professor de odontologia Heitor Cosenza. Ele começou gravando vídeos como material de apoio das suas aulas. Como o formato foi muito bem aceito entre os alunos, o professor enxergou nesse nicho de mercado uma oportunidade. Hoje, a Dental Guru, plataforma OTT para dentistas que querem aprimorar os conhecimentos na área, é um sucesso. 

➡️ Conheça a história de sucesso da Dental Guru. 

Entenda os tipos de segmentação para o nicho de mercado 

Existem muitas possibilidades para se determinar um nicho de mercado. Contudo, cada uma delas pertence a um grupo específico de segmentação. Entendê-las ajuda a identificar as definições possíveis para refinar o seu nicho. 

Para chegar ao nicho ideal do seu negócio, você pode combinar os fatores ou analisar apenas uma delas. Os quatro tipos principais de segmentação possível para os nichos de mercado são:

1. Nicho geográfico 

Aqui, a análise é feita a partir de onde está o consumidor, considerando o continente, país, estado, cidade, bairro ou região. Essa é uma consideração importante a ser pensada sobre o nicho, já que cada localidade tem suas especificidades. 

Se você trabalha com a venda de produtos alimentícios, por exemplo, dificilmente alguém que está em outra cidade poderá comprá-los. Contudo, se você possui um curso de confeitaria online, a localização do consumidor faz pouca diferença. 

2. Nicho demográfico 

A análise demográfica considera aspectos como idade, gênero, religião, grau de escolaridade, raça e outras questões. Os hábitos de compra são bastante marcados por essas questões. Atualmente, uma pessoa LGBTQIA+ dificilmente irá comprar um produto de uma empresa que fez declarações homofóbicas. 

3. Nicho comportamental 

O aspecto comportamental considera os motivos pelos quais as pessoas fazem compras. O que elas buscam? Que compras consideram essenciais? O que faria aquele grupo pagar mais por um produto ou serviço? 

Um bom exemplo de motivo de compra é o do mercado de artigos de luxo. Além de qualidade, design e exclusividade, quem consome esses produtos busca a sensação de pertencimento. O preço desses produtos não é um reflexo de quanto a coisa vale de fato, mas o quanto você pode pagar para estar nesse clube. 

4. Nicho psicográfico 

A psicografia é a análise de atributos psicológicos dos seres humanos. Nesse nicho estão as crenças, costumes, tradições e estilo de vida dos consumidores. Para produtos que trabalham questões de espiritualidade, esta é uma análise fundamental. 

Como definir o nicho de mercado do seu negócio 

Como já foi dito, você pode combinar os fatores das segmentações para definir o nicho de mercado que deseja atuar. Essa escolha, contudo, deve ser embasada em conhecimento, dados e informações sólidas para garantir a prosperidade do seu negócio. 

Confira 5 passos para chegar ao seu nicho de mercado: 

Passo 1: Quais são as suas possibilidades?

O primeiro passo aqui é entender qual o seu mercado ou onde você deseja atuar. A partir dessa definição, vá refinando sua busca até encontrar o nicho ideal para o tipo de produto, serviço ou conteúdo que você quer entregar. 

Digamos que você seja professor de matemática. Pense: qual o seu forte? É matemática lógica, geométrica? Você atende melhor crianças, adolescentes, jovens ou adultos? Qual desses públicos você têm maior acesso? 

Se você é professor de cursinho pré-vestibular, por exemplo, é mais fácil chegar até os jovens. Pense sobre as possibilidades e vá selecionando qual delas apresenta uma maior vantagem para você e o seu negócio. Você pode fazer isso colando post its na parede, ou com uma lista de prós e contras de cada nicho possível para você. 

Passo 2: Que tipo de segmentação faz sentido para o seu negócio?  

No processo de entender as suas possibilidades, é preciso também considerar se as segmentações que você está pensando fazem sentido para o que você pretende fazer. Segmentar demais, até chegar a um grupo muito pequeno de pessoas, pode reduzir desnecessariamente o seu alcance. 

Seguindo com o exemplo do professor de matemática: se ele deseja dar aulas de reforço para alunos que estão no pré-vestibular, será que faria sentido dar aulas apenas de geometria? Essa segmentação é necessária? Essa análise pode ser baseada, também, em pesquisas de tendência de mercado e os concorrentes de cada área. 

Passo 3: Como é o público daquele nicho?

No começo de um negócio não é uma boa estratégia tentar abraçar o mundo. Definir um nicho te ajuda a encontrar um caminho para dedicar o seu tempo e energia. Para que isso seja possível, você precisa entender, de fato, quem é a sua audiência. 

Com uma boa autoridade em um nicho de mercado, você já terá um grupo de pessoas falando bem e indicando a sua marca. Então quando você fizer um lançamento de um novo curso, por exemplo, seu público cativo saberá que se trata de um material de qualidade. 

Passo 4: Qual a demanda apresentada por ele? 

Esqueça os outros nichos e pense: o que o seu consumidor precisa? Entenda as demandas desse cliente, o que ele espera de um produto ou serviço mas não está recebendo. No caso de cursos online, talvez existam muitos cursos sobre determinado assunto, mas um enfoque diferente, uma análise por outro ângulo pode ser tudo o que público estava procurando

Passo 5: Quem entrega o mesmo que você? Qual o seu diferencial? 

Conhecer os concorrentes é fundamental para saber onde você pode se encaixar. No tópico anterior, falamos sobre a demanda do nicho, aqui, você irá justamente trabalhar com ela. Alguém está oferecendo o que aquele público está demandando exatamente? Como ele faz isso? Deixa a desejar em algum ponto? 

Existem muitas soluções que trabalham a dor de um nicho de forma mais genérica. O seu diferencial pode estar em justamente entender a fundo aquele problema, e buscar resolvê-lo na raiz. 

Invista em conteúdo de qualidade para cativar o seu nicho 

Segundo a WGSN, empresa de previsão de tendências da Ascential, o comportamento dos consumidores hoje mudou. Em entrevista à Forbes, Priscilla Seripieri, expert na área de negócios da empresa, aponta que no mundo pós-pandemia e isolamento social, os cinco fatores que mais impulsionam a compra são: 

  • Ansiedade financeira; 
  • preocupação com a saúde; 
  • síndrome de solidão; 
  • busca pela verdade;
  • medos e inseguranças.

Por isso, ela diz, as marcas precisam gerar ainda mais confiança e acolhimento no público. Esses sentimentos são passados a partir da comunicação que a marca tem com o seu público. Nesse sentido, a escolha de um nicho de mercado possibilita que o seu negócio possa oferecer a atenção que o consumidor precisa nesse momento. 

Uma forma de fazer isso, é investindo em conteúdo de qualidade para captar a atenção do seu nicho. Quanto mais conhecimento, profissionalismo e domínio daquele serviço ou produto você demonstrar, maiores as chances de ser visto como uma referência no assunto. 

Produzir um bom conteúdo é a melhor forma de conquistar a sua audiência – ou seja, os seus clientes. Colocar isso em prática pode ser difícil, mas existem plataformas e tecnologias à disposição para te ajudar. 

Se você quer aprender como criar e monetizar o seu conteúdo digital, conheça o FLOW, nossa plataforma de streaming gratuita com diversos conteúdos  para o sucesso do seu negócio: 

🌟 Conhecer o Flow

Escrito por Netshow.me

Este artigo foi produzido pela equipe de especialistas da Netshow.me. Oferecemos serviços para gerenciamento, distribuição e monetização de vídeos e conteúdos online. Produzimos conteúdos com o objetivo de fazer com que você também se torne um especialista.