Dicas e Tutoriais

Hospedagem de vídeos: quando utilizar plataformas gratuitas ou pagas

Saiba como escolher entre uma plataforma gratuita ou paga para a hospedagem de vídeos online. Qual a melhor opção para você?

Escrito por Netshow.me em 20 dez 2018 | Atualizado em 10 ago 2021

11 minutos de leitura

Arquivos

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter

Escolher uma plataforma de hospedagem de vídeos é uma decisão que pode impactar e muito sua estratégia de vídeos online. Cada plataforma tem recursos apropriados para diferentes usuários e objetivos. Uma plataforma gratuita pode ser a melhor opção para seu bolso. Por outro lado, pode comprometer alguns aspectos do seu planejamento.

Vamos mostrar o que você precisa levar em consideração ao se decidir por uma plataforma de hospedagem de vídeos. Conheça os benefícios das plataformas gratuitas e pagas e escolha a melhor solução de armazenamento de vídeos para você ou sua empresa.

Por que eu preciso de uma plataforma de hospedagem de vídeos?

Se você é um produtor de conteúdo (seja individual ou para uma empresa) e os vídeos online fazem parte de sua estratégia, você precisa de um lugar para disponibilizar estes conteúdos, certo? Uma alternativa seria você hospedar os vídeos em seu site utilizando um servidor próprio. Mas esta é uma opção que pode prejudicar tanto seu site quanto a experiência dos usuários, por vários motivos.

Se você utiliza um servidor on-premise, ou seja, que funciona por meio de uma máquina alocada na sua empresa, você pode ter dois problemas: desempenho e armazenamento. Estes servidores normalmente não suportam um grande volume de vídeos, que são arquivos bastante pesados. Além disso, se muitas pessoas acessam ao mesmo tempo, o servidor fica sobrecarregado. Isso prejudica o desempenho do site ou até faz com que ele saia do ar.

Um servidor cloud resolve o problema de armazenamento de vídeos, certo? Sim, porque você escolhe o espaço para upload de arquivos que quer contratar e, se precisar, expande esse plano. Mas o desempenho ainda pode ser afetado se o seu plano não expande a memória automaticamente. Ou, então, se você receber um alto volume de acessos simultâneos e não tiver uma infraestrutura de internet que suporte isso.

Outras questões de hospedagem de vídeos em servidores próprios

Como esses servidores cumpririam somente a função de armazenamento de vídeos, você também iria se deparar com outras questões importantes. Toda a gestão dos vídeos e da segurança do seu conteúdo teria que ser feita manualmente.

Além disso, o servidor não oferece recursos de transcoding e CDN. O primeiro ajusta automaticamente o vídeo para diferentes formatos e velocidades, para que se adapte aos mais diversos browsers, players e velocidades de internet dos usuários. Assim, você não precisa subir seu vídeo em vários formatos e tamanhos para que todos consigam assistir.

Hospedagem de vídeos - Transcoding

Já a CDN consiste em uma rede de servidores distribuídos por uma infinidade de localidades. O conteúdo que você publica é distribuído por meio dessa rede para tornar o acesso mais rápido, de onde o usuário estiver. Sem a CDN, um conteúdo hospedado em um servidor em São Paulo levaria muito mais tempo para ser acessado por um usuário no Acre, por exemplo.

Você pode contratar outros serviços adicionais para solucionar estes problemas. Mas o custo de tudo isso não compensa este esforço.

Opte por uma plataforma de hospedagem de vídeos

Ao invés de utilizar um servidor, contratar serviços adicionais e realizar um extenso trabalho para a gestão do seu conteúdo, você pode simplificar todo esse processo ao utilizar uma plataforma de hospedagem de vídeos.

As plataformas têm um servidor próprio e dedicado para garantir o bom desempenho dos vídeos. O armazenamento de vídeos também deixa de ser um problema. Você pode subir quantos vídeos quiser em uma plataforma gratuita como o YouTube ou contratar planos que se adequam ao seu fluxo de usuários.

Não é preciso se preocupar com transcoding e CDN. E a gestão dos vídeos se torna muito mais simples, com ferramentas que te ajudam a subir e organizar seu conteúdo com poucos cliques. Mesmo que você queira que os vídeos estejam inseridos no seu site, pode optar por usar uma plataforma que permite a incorporação dos vídeos, por meio de um código HTML.

Há muitas opções de plataformas de hospedagem de vídeos para escolher. Mas tem um critério que você precisa decidir para avaliar as melhores opções para o seu negócio. É melhor utilizar uma plataforma gratuita ou investir em uma paga para ter acesso a recursos específicos? Vamos te ajudar nessa escolha a seguir.

Banner-livecompleto

Quando as plataformas gratuitas são a melhor opção?

A primeira resposta para essa pergunta é fácil. Quando você ou sua empresa não tem verba suficiente para investir em uma plataforma profissional. Aí não tem jeito, é preciso recorrer ao YouTube, ao Dailymotion, ao IGTV, entre outras. Dentre as opções gratuitas, a mais popular e completa é o YouTube, que vamos utilizar como exemplo.

Além da gratuidade, uma grande vantagem do YouTube é que você pode subir quantos vídeos quiser sem pagar por isso. Contanto que eles estejam dentro do limite estabelecido, que, até o fechamento deste post, era de até 128 GB ou 12 horas de duração.

Quem busca um grande tráfego também vai se beneficiar com o uso dessa plataforma. Como o YouTube é a maior rede social voltada para vídeos no mundo, você pode construir uma base de seguidores, ter seu conteúdo salvo em playlists e vê-lo em listas de vídeos relacionados. Seu vídeo estar listado nos resultados do segundo maior buscador online do mundo também não é nada mau! Tudo isso traz um potencial de alcance muito grande para seus conteúdos.

Hospedagem de vídeos - YouTube

Se a sua estratégia de monetização de vídeos for baseada em publicidade, a integração com o Google AdSense é um recurso bem útil. Você ainda tem acesso a recursos como tradução automática, promoção de vídeos, editor e outras ferramentas e APIs que ajudam bastante na gestão dos conteúdos.

Parece uma plataforma completa? Para muitas empresas e produtores de conteúdos, há recursos importantes que o YouTube não oferece. Agora, você vai saber o que leva tanta gente a optar por plataformas de hospedagem de vídeos pagas.

Quando as plataformas pagas são a melhor opção?

Um dos grandes diferenciais de utilizar uma plataforma paga é a personalização. No YouTube, seu canal não tem nenhum diferencial dos outros em questão de layout. Exceto pelas imagens de capa e perfil, todos seguem o mesmo layout padrão da plataforma.

Com um serviço profissional, você consegue criar uma plataforma de vídeos personalizada e white label, com a sua identidade visual. Não há a dispersão causada pelos vídeos relacionados, o foco é no seu conteúdo. Também não há a exibição de anúncios durante o vídeo ou em banners – a não ser que você queira inserir.

A monetização via YouTube ainda é eficiente somente para um grupo restrito de influenciadores digitais, com milhares de visualizações e seguidores. Com plataformas pagas, você pode ganhar dinheiro desde o primeiro espectador. Dá para cobrar o acesso aos seus conteúdos via planos de assinatura, pay-per-view e outros formatos.

A segurança é mais um fator importante. O YouTube só oferece três definições de acesso aos vídeos: público, não listado e privado. Quando você utiliza uma plataforma profissional, pode restringir o acesso por login e senha, por meio do pagamento de assinatura ou até incorporar seus conteúdos no site ou intranet de sua empresa. Neste último caso, é preciso que o usuário entre com o login e senha que já usa nestes canais para ter acesso aos conteúdos, o que aumenta a segurança para empresas.

Muitas plataformas de vídeo pagas também permitem o upload de outros formatos de conteúdo além de vídeos (como PDFs, podcasts e textos), oferecem suporte dedicado e ainda dão a possibilidade de você criar um app para seus conteúdos.

Percebeu como os recursos oferecidos pelas plataformas pagas podem fazer a diferença para certas estratégias de vídeos online?

Hospedagem de vídeos - Café Brasil

Qual será a sua escolha?

Agora chegou o momento de fazer a sua escolha! Antes de mais nada, defina quais são os objetivos e necessidades de sua estratégia. E, é claro, avalie quanto é a verba disponível para colocá-la em prática. Assim, fica mais fácil de filtrar as plataformas que se adequam as suas demandas para tomar sua decisão.

Caso você conclua que uma plataforma de vídeos paga é a melhor solução, não deixe de conhecer os serviços do Netshow.me. Você pode criar uma plataforma ou app de vídeos e outros conteúdos totalmente personalizados. Escolha se você quer monetizar seu conteúdo ou utilizar internamente em sua empresa e defina as restrições de acesso mais apropriadas.

Além de ter um ambiente profissional e seguro para armazenar, gerenciar e distribuir seus vídeos, você também tem acesso a relatórios de desempenho, ferramentas para transmissão ao vivo, sistema de pagamentos integrado e muito mais! E você não precisa nem de conhecimentos em programação para ter tudo isso no ar.

Quer saber mais sobre a plataforma de vídeos Netshow.me OTT? Fale com um de nossos especialistas e saiba como transformar sua estratégia de vídeos em um modelo de negócio.

Confira também:

Escrito por Netshow.me

Este artigo foi produzido pela equipe de especialistas da Netshow.me. Oferecemos serviços para gerenciamento, distribuição e monetização de vídeos e conteúdos online. Produzimos conteúdos com o objetivo de fazer com que você também se torne um especialista.