Tendências de Mercado

5 coisas que você não sabe sobre transmissão ao vivo

Índice deste artigo:1 Descubra 5 coisas que você provavelmente não sabe sobre transmissão ao vivo.1.1 A transmissão ao vivo está em alta1.2 1. Buzz online com transmissões ao vivo1.2.1 Divulgação recorrente e multi redes sociais1.3 2. Captura de leads com transmissões ao vivo1.4 3. Comunicação interna com transmissões ao vivo1.5  4. TV corporativa com transmissões ao vivo1.6  5. Pay-per-view em transmissões ao … Continuar lendo 5 coisas que você não sabe sobre transmissão ao vivo

Escrito por Daniel Arcoverde em 01 ago 2016 | Atualizado em 27 abr 2020

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter

Descubra 5 coisas que você provavelmente não sabe sobre transmissão ao vivo.

A transmissão ao vivo está em alta

O vídeo se tornou uma arma padrão no arsenal da comunicação. Até 2018, espera-se que cerca de 80% do conteúdo trafegado na internet seja em forma de vídeo, gravado ou ao vivo. As finalidades e aplicações são as mais diversas: desde conteúdos gravados no celular e compartilhados em grupos de WhatsApp até grandes transmissões ao vivo de shows e eventos pela internet.

Além da necessidade básica de comunicar, é possível ir além e gerar experiências únicas que engajem e retenham a audiência, seja ela de fãs, clientes, funcionários ou quem quer seja o seu público-alvo. Mas, para isso, é preciso inovar, buscando novos formatos de conteúdo, veículos e canais de distribuição.

Inovação em transmissões ao vivo

Recentemente, vimos a explosão do formato de transmissões ao vivo pela internet. Ainda que muitos considerem o simples fato de transmitir uma grande inovação, saiba que esse formato de conteúdo já é feito há muito tempo e se tornará tão ou mais comum quanto uma simples foto publicada.

Ainda assim, é possível inovar nas aplicações e ferramentas para potencializar sua transmissão pela internet.

O Netshow.me preparou abaixo algumas sugestões de como inovar e criar experiências diferenciadas em transmissões ao vivo com os mais diferentes objetivos e públicos.

1. Buzz online com transmissões ao vivo

Se você busca realizar transmissões ao vivo abertas ao público com a finalidade de aumentar o alcance online, conseguir um enorme volume de compartilhamentos sociais e ter sua mensagem assistida por uma legião de espectadores, temos algumas dicas e sugestões quentes:

Divulgação recorrente e multi redes sociais

Divulgue sua transmissão de forma recorrente em todas as suas redes sociais com antecedência para criar o sentimento de urgência em seus espectadores.

Busque soluções de transmissões ao vivo que possuam botões de compartilhamento social em redes sociais na tela de transmissão para fortalecer o poder do boca a boca. Afinal, cada um dos espectadores pode ter mais força em redes sociais diferentes, como LinkedIn, Twitter ou Facebook, potencializando o share social de sua rede.

Interatividade: Plataformas como o Netshow.me Live possuem ferramentas de interação que são vinculadas a redes sociais. Quando um espectador fala no chat, por exemplo, a mensagem pode ser automaticamente compartilhada no Twitter com o link encurtado da transmissão e a hashtag do evento, expandindo sua voz e alcance.

Definição de hashtag: Defina uma hashtag oficial para aumentar a exposição de seu nome ou sua marca online. Incentive seus espectadores para que usem a hashtag.

Gamificação: Já pensou em oferecer benefícios para os espectadores que mais trouxerem amigos para sua transmissão? Transforme sua live em um game utilizando este tipo de indicador. Como resultado, seus espectadores irão compartilhar e convidar ao máximo seus amigos.

White label (“sem marca”): É possível aumentar ainda mais a exposição de sua marca integrando a transmissão e todos os elementos de interação, engajamento e gamificação para dentro do seu próprio site. Certamente, sua audiência terá uma percepção de altíssimo profissionalismo.

2. Captura de leads com transmissões ao vivo

Caso queira ir além do buzz online e conquistar informações sobre a audiência de suas transmissões ao vivo, temos algumas sugestões de como conseguir altas taxas de conversão na captura de leads. Utilize as informações para alimentar sua base de prospects comerciais, nutrir seus leads e aumentar suas vendas.

Login Social: Uma forma de capturar informações de uma determinada audiência é solicitando informações para liberar o acesso ao conteúdo. Se você for analisar, não é raro nos depararmos com landing pages que nos pedem informações.

Entretanto, um macete que pode aumentar a taxa de conversão e que funciona bem para transmissões ao vivo é fazer algo semelhante ao que as baladas, restaurantes e casas de show costumam fazer.

Como assim? Bom, quando vemos uma fila muito grande na entrada de uma casa de shows, dá uma vontade a mais de entrar, não é mesmo?

Em algumas plataformas. como o Netshow.me Live, é possível solicitar os dados dos usuários já dentro da página de transmissão, oferecendo uma pequena prévia do conteúdo e das interações no chat. Isso gera ainda mais vontade de acessar aquele conteúdo, principalmente quando “a casa está cheia”.

Sem contar que o acesso via login/cadastro social demanda apenas um clique para liberar o acesso!

E pronto, você já tem o nome e o e-mail dos espectadores de suas transmissões ao vivo.

Campos Personalizados: Se você precisa de algumas informações a mais de seus usuários, como telefone, cidade ou qualquer outra que seja relevante, fique à vontade para pedir. Lembre-se de solicitar apenas o que é de fato relevante para que o formulário não fique maçante, senão você perde conversões.

E dê uma pequena degustação ao seu espectador. Ele ficará ainda mais propício a preencher as informações e você terminará com uma enorme base de dados para trabalhar suas vendas.

3. Comunicação interna com transmissões ao vivo

Você trabalha numa grande empresa? Se sua resposta for “Sim”, com certeza deve enfrentar desafios de comunicação para que todos estejam alinhados e cientes dos acontecimentos. Ainda mais num cenário em que a grande força de trabalho é formada por profissionais da Geração Y, acostumados com interações no mundo digital.

Ao invés de bloquear as redes e ir contra a essência dessa geração, utilize canais de comunicação adequados e ferramentas interativas que se assemelham ao ambiente em que estão acostumados.

Intranet: Incorpore transmissões ao vivo de eventos internos, palavra do presidente ou até o kickoff de vendas dentro da intranet da sua empresa com recursos de segurança, para que o conteúdo fique restrito e exclusivo lá dentro. Mas não se limite ao vídeo apenas. Ofereça um chat interativo no qual os funcionários poderão escrever, compartilhar ideias e até mesmo interagir com pessoas de outras filiais.

Transmissões ao vivo com senha: Caso você não queira utilizar sua intranet, crie transmissões com senha para que apenas um grupo limitado de espectadores tenha acesso. Lembre-se de que todas as transmissões ao vivo viram um vídeo gravado ao fim do evento e, portanto, poderão ser reutilizadas e alimentar a base de conhecimento da empresa.

 4. TV corporativa com transmissões ao vivo

Já passou do tempo em que eram necessários grandes investimentos e um licença concedida pelo Estado para se ter um canal de TV. Hoje, você pode ter uma Web TV (ou várias!) com conteúdo 24/7 rodando pela internet.

E o melhor, com investimento baixíssimo! Já teve até gente fazendo reality show da própria vida e transmitindo pela internet ininterruptamente. Quer ideias de como inovar?

Live “On Demand”: Se sua empresa possui muito conteúdo em vídeo que está guardado, crie sua própria Web TV corporativa, encarrilhando uma sequência de vídeos e rodando 24/7 dentro de seu próprio site com ferramentas de compartilhamento social, interação e gamificação.

Se tiver um tempinho, dá até pra alternar com conteúdo ao vivo de verdade para aumentar o engajamento.

 5. Pay-per-view em transmissões ao vivo

Muitos conteúdos gerados online possuem um enorme valor para os espectadores. Por que não cobrar por isso? Monetize seu conteúdo por meio de sua rede de espectadores.

Abaixo, listamos algumas ideias para rentabilizar via venda de ingressos para a transmissão ao vivo online.

Show ao vivo: Cobrar da audiência para que assistam ao conteúdo ao vivo pela internet certamente reduzirá sua audiência online potencial, em comparação a eventos gratuitos. Mas pode ser uma fonte extremamente rentável quando falamos de artistas com sólidas bases de fãs junto a um bom plano de divulgação.

Educação, palestras e conferências: Elimine as barreiras geográficas e as limitações de espaço no auditório onde fará suas palestras e aulas. Transmita ao vivo pela internet, venda seus ingressos e tenha pessoas de qualquer lugar do mundo assistindo, prestigiando e aprendendo com você. Além de rentável, é mais democrático!

Lembre-se: conteúdo ao vivo gera sensação de urgência e escassez, tornando necessário o consumo coletivo em tempo real e favorecendo as interações – ainda que cada espectador esteja individualmente vendo de seu próprio smartphone.

A simultaneidade de espectadores ávidos por um conteúdo ao vivo é um mar de oportunidades não só para capturar informações da audiência, mas para coletar feedbacks e se aproximar de sua comunidade de espectadores.

Por isso, inove e explore este universo da transmissão ao vivo.

Escrito por Daniel Arcoverde

Daniel Arcoverde é cofundador da Netshow.me. Empreendedor e administrador de empresas pela FGV-EAESP. Eleito pela Forbes um dos 30 jovens talentos abaixo dos 30 anos. Aspirante a músico e amante da tecnologia!