Dicas e Tutoriais

Placas de som e microfone para transmissão ao vivo

Índice deste artigo:1 Descubra o que são e para que servem as placas de som para a transmissão ao vivo.1.1 1- Microfones para transmissão ao vivo1.1.1 Microfones para Webinars1.1.2 Microfones para palestras1.1.3 Microfones para pocket shows1.1.4 Microfones para teatro/estúdios amplos e programas de entrevista1.2 2- Placas de som1.2.1 M track M audio1.2.2 Apogee1.3 3- Tipos … Continuar lendo Placas de som e microfone para transmissão ao vivo

Escrito por Netshow.me em 09 jun 2016 | Atualizado em 09 ago 2021

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter

Descubra o que são e para que servem as placas de som para a transmissão ao vivo.

Se você vem acompanhando nossa série de posts sobre “Produção para Transmissões ao vivo”, já sabe quantos MB de internet são necessários, quais câmeras podem ser usadas e que placa de captura de vídeo é primordial, quando se trata de transmissão ao vivo profissional e sofisticada.

Como temos dito nesta série, tudo que envolve estrutura de produção para transmitir ao vivo pela internet conta com opções desde as mais simples, para iniciantes, até as mais complexas, para profissionais exigentes. E com os equipamentos de som para transmissão ao vivo, a lógica é a mesma.

blog--201-1

Mas quando se trata de captação de áudio, a quantidade de detalhes torna o assunto um pouco mais complexo. Por isso, para escrever este capítulo, convidamos um músico profissional e perito no assunto com o intuito de simplificar o que parece complicado.

João Bolzan, ou simplesmente “Johnny”, estudou produção musical e hoje é um dos nomes fortes da Mandril Audio, produtora de som com sede em São Paulo e que está no mercado desde 2010. Aqui vão todos os insights e ensinamentos que recebemos para tornar sua transmissão ao vivo perfeita na questão de áudio.

1- Microfones para transmissão ao vivo

Considerando as inúmeras marcas, modelos e especificidades dos microfones disponíveis no mercado, é mais fácil entendermos as aplicações de cada tipo de microfone do que pensar em modelos específicos ou dizer que este ou aquele são as melhores opções. Abaixo, indicaremos os melhores equipamentos para transmissão ao vivo de acordo com a finalidade.

Placas de som - microfones

Microfones para Webinars

Sabe quando menos é mais? Webinar é a palavra da moda entre empresas que querem gerar conteúdo ao vivo e interativo, como parte da estratégia de comunicação. O formato agrada por exigir pouco em termos de produção audiovisual e de cenário, e quem vai conduzir o webinar normalmente fica mais à vontade do que se precisasse subir em um palco. Como o webinar tem essa cara de “Skype para falar para várias pessoas”, a dica é a simplicidade e dedicação à interação ao vivo.

Você deve fazer seu webinar em um ambiente fechado e silencioso. Por isso, em boa parte dos casos, o próprio microfone do notebook deve atender. Os notebooks mais modernos já possuem microfones embutidos com qualidade, que, para este uso, irão entregar um resultado satisfatório.

Caso você não possua um microfone no seu computador, a dica é optar por algum microfone que se conecte ao computador com USB. Assim, você não vai precisar de placas de som para “jogar” o som para o computador. É possível encontrar estes microfones por valores a partir de R$ 40.

Microfones para palestras

Para palestras, conferências e trade shows, a indicação são microfones de lapela ou bastão/microfone de mão sem fio. Neste caso, o palestrante necessita de mobilidade no palco, e o microfone precisa acompanhá-lo para manter a captação do som uniforme durante toda a palestra.

Além disso, para este uso, não é recomendável o uso de equipamentos frágeis e muito simples. Um investimento maior é uma opção razoável. A Sennheiser é referência nestes tipos de microfone, e os modelos da marca podem ser encontrados na faixa de R$1.000. Neste nível de equipamento, já é preciso placas de som, que falaremos mais à frente no texto.

Placas de som - lapela

Microfones para pocket shows

Para microfonar instrumentos ou voz para canto, sem dúvidas, você precisa dos famosos condensadores.

Em um show voz/violão em um lugar com pouco barulho, por exemplo, um único microfone condensador pode fazer a captação, tanto da voz quanto do violão. Em um ambiente diferente disso, recomendamos que você tenha uma produtora de som envolvida, pois microfonar uma banda inteira, por exemplo, não é trabalho para amador, é assunto para profissional no assunto.

Além disso, para este tipo de microfone, você também vai precisar de um tripé para conseguir posicioná-lo da maneira adequada e também de alguma das opções de placas de som existentes. Os microfones condensadores apresentam preços para todos os bolsos. Mas, para uso musical, a qualidade do som é imprescindível, e economizar aqui pode ser prejudicial para a percepção que seus espectadores terão sobre o seu som. Um microfone condensador de marcas como MXL e Behringer saem na faixa de R$ 500.

Placas de som - condensadores

Microfones para teatro/estúdios amplos e programas de entrevista

Neste caso, os microfones direcionais, também chamados de Boom, são os equipamentos para conseguir uma boa captação. Como o próprio nome diz, estes modelos captam o som direcional, ou seja, apenas o que está na direção em que ele está apontado. Este tipo de equipamento pode ser encontrado a partir de R$ 300.

Placas de som - direcionais

2- Placas de som

Também chamadas de interfaces de áudio, estes equipamentos são responsáveis por converter o sinal analógico dos microfones para digital para ser usado na transmissão ao vivo. É a mesma funcionalidade das placas de captura de vídeo, mas, ao invés de converter o sinal de câmeras, convertem o sinal de microfones.

blog--201-12

Uma curiosidade que o Johnny levantou sobre estes equipamentos é sobre o revestimento deles. Os modelos mais simples têm a carcaça de plástico, ao passo que os mais sofisticados são revestidos de metal.

Mas por que metal e não plástico?

“Gaiola de Faraday” foi a resposta do Johnny. O experimento que Michael Faraday realizou em 1836, entrando em uma gaiola e aplicando alta tensão com ajuda de um gerador, serviu para provar a “blindagem eletrostática”, ou seja, que o interior de uma estrutura condutora eletrizada não sofre interferência externa de elétrons.

blog--201-6

Pois é exatamente isso que acontece em aviões, carros e sim… na sua placa de captura! O motivo de muitos equipamentos eletrônicos usarem revestimento em metal é para evitar ruídos e interferências no sinal, que, principalmente em áudio, são muito perceptíveis. Mas vamos às placas de som indicadas:

M track M audio

Uma ótima opção para transmissão ao vivo, principalmente se pensarmos que, dentre os recursos que estes equipamentos oferecem, basicamente precisamos apenas da conversão do sinal de analógico para digital para fazer a sua transmissão. Este modelo pode ser encontrado na faixa de R$ 700, e o modelo Plus, de R$ 1.000.

Um modelo similar em termos de preço e funcionalidades é o Focusrite Scarlett Solo.

Placas de som

Apogee

Esta é a seção gourmet deste post. Se você quer realmente abrir o bolso e investir em equipamentos para digitalização de áudio, os hardwares da marca Apogee impressionam pela qualidade e pelo design. Não espere encontrar alguma interface de áudio com este logo por menos de R$ 3.000. Mas, ressaltando, este é um equipamento para músicos profissionais. Logo, oferece uma quantidade enorme de funcionalidades que, provavelmente, você não irá usar em uma transmissão ao vivo pela internet.

Placas de som

3- Tipos de cabos para placas de som

 Novamente, sendo prático, mais do que indicarmos modelos de cabos, é mais fácil entendermos as principais conexões que você encontrará em equipamentos de áudio:

P2

Cabo auxiliar. Sim, o mesmo usado para ligar o celular no som do carro e ouvir suas músicas. Uma dica boa aqui é buscar por modelos que têm o bico folhado à ouro. Esses bicos são mais resistentes e oferecem um pequeno ganho de qualidade.

blog--201-9

P10

Existem dois tipos de cabo P10:

  • P10 stereo, que basicamente é um P2 um pouco mais parrudo.
  • P10 TRS ou P10 balanceado, que, em resumo, transmite o sinal sem ruídos, graças ao sistema de aterramento do cabo. Ideal para transmissão ao vivo feita com P10.

blog--201-10

XLR

“O XLR é o melhor dos mundos”. Se você for exigente com a qualidade do som, principalmente para transmissões ao vivo profissionais, não pense duas vezes antes de escolher este tipo de conexão. E não necessariamente você terá que aumentar muito o orçamento do projeto para utilizar conexão via XLR. Existem modelos e preços diversos, mas antes certifique-se de que o seu microfone apresenta esta conexão.

blog--201-11

Com tudo isso dito, você já consegue pensar em uma estrutura legal de áudio para a produção da sua transmissão ao vivo. Mas aqui vão mais duas dicas que podem ser úteis:

Nunca deixe de “clipar” o som

Nas placas de áudio ou mesmo em interfaces digitais, é sempre importante se atentar ao sinal modulador.

Nas placas de captura, serão indicadas por algum tipo de LED, nas cores verde, amarelo e vermelho. Se estiver chegando no vermelho, provavelmente o som da transmissão irá “estourar”.

Vídeo e áudio desincados na transmissão

Caso você tenha problemas com áudio e vídeo “desincados” na sua transmissão ao vivo, a dica é tentar “jogar” o sinal para o computador por meio de um único dispositivo. Falamos de como fazer isso direto pela câmera aquiE como fazer via placa de captura de vídeo aqui.

Leia outros posts da nossa série de produção:

9- KITS DE PRODUÇÃO DE VÍDEO AO VIVO

8- COMO CRIAR UMA TRANSMISSÃO AO VIVO AVANÇADA

7- COMO FAZER UMA TRANSMISSÃO AO VIVO NA INTERNET

6- LIVE STREAMING: CONHEÇA DIVERSAS APLICAÇÕES

5- ENCODER PARA TRANSMISSÃO AO VIVO

4-  PLACA DE SOM E EQUIPAMENTOS PARA TRANSMISSÃO AO VIVO.

3- PLACA DE CAPTURA DE VÍDEO PARA TRANSMISSÃO AO VIVO.

2- CÂMERA PARA TRANSMISSÃO AO VIVO, QUAL UTILIZAR?

1- QUAL A BANDA DE INTERNET PARA TRANSMITIR AO VIVO ONLINE?

 

Escrito por Netshow.me

Este artigo foi produzido pela equipe de especialistas da Netshow.me. Oferecemos serviços para gerenciamento, distribuição e monetização de vídeos e conteúdos online. Produzimos conteúdos com o objetivo de fazer com que você também se torne um especialista.