Tendências de Mercado

Videomarketing para impulsionar seu funil de vendas: veja os benefícios

A utilização do videomarketing para empresas em todas as etapas da jornada do cliente pode ajudar a turbinar suas vendas. Leia e saiba mais!

Escrito por Netshow.me em 23 ago 2021 | Atualizado em 06 out 2021

12 minutos de leitura

Fotos: Unsplash.com

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter

Muita gente já sabe da importância de ter uma boa estratégia de marketing digital para contribuir com o funil de vendas. O que poucos ainda fazem é pensar especificamente na utilização do videomarketing em cada etapa da jornada do cliente.

É bem comum ver vídeos para empresas que têm o intuito apenas de atingir um público novo. Mas os vídeos podem acompanhar os clientes desde o aprendizado e descoberta até a decisão de compra.

Como já falamos por aqui, a cada ano cresce o número de empresas que adotaram o vídeo em sua estratégia de marketing. Agora vamos mostrar por que o videomarketing é um grande aliado da estratégia de vendas.

Pesquisas comprovam a eficiência do videomarketing

Um dos indícios de que o videomarketing está bombando é a quantidade de pesquisas que estão sendo feitas sobre o assunto. E os resultados só reforçam o impacto do vídeo para os negócios no Brasil e no mundo.

Uma pesquisa bem interessante é a The State of Video Marketing. Ela é realizada anualmente pela empresa Wyzowl com profissionais de marketing e consumidores online para ter um cenário do videomarketing nas empresas.

Veja alguns resultados e estatísticas do videomarketing presentes na edição 2021 do The State of Video Marketing:

  • 86% das empresas utilizam vídeo como ferramenta de marketing;
  • Dentro desse recorte, 93% dos profissionais de marketing afirmaram que o vídeo é um aspecto importante dentro da estratégica de marketing;
  • O número de negócios utilizando o videomarketing como ferramenta de vendas aumentou em 41% desde 2016;
  • 78% dos especialistas em videomarketing afirmam que o conteúdo em vídeo ajuda o consumidor a entender melhor os produtos e serviços das empresas;
  • 94% dos consumidores já assistiram a um vídeo explicativo para aprender mais sobre um produto ou serviço.
  • 84% dos consumidores já se convenceram a comprar um produto ou serviço ao assistir a um vídeo.

Benefícios do videomarketing

A pesquisa ainda aponta alguns benefícios do videomarketing mencionados pelos profissionais entrevistados. São eles:

  • maior entendimento do produto ou serviço;
  • crescimento nas vendas;
  • redução das perguntas ao suporte;
  • aumento do tráfego;
  • maior tempo de permanência no site.

Outros dados sobre videomarketing para empresas

  • A taxa média de conversão de sites que usam vídeo é de 4,8%, contra 2,9% dos que não usam. (Aberdeen Research)
  • Um e-mail marketing com vídeo pode aumentar a taxa de conversão em 200% a 300%. (Forrester Research)
  • As pessoas passam, em média, 2 minutos a mais em um site se tiver vídeos. (comScore)
  • 65% dos executivos entrevistados em uma pesquisa da Forbes Insight já acessaram o site de uma empresa após assistir a um vídeo.
  • Um vídeo tem 50 vezes mais chances de aparecer na primeira página de busca do Google do que uma página com texto. (Forrester Research)

E com tantos dados em mãos, chegou a hora de saber como você pode organizar sua estratégia de videomarketing!

Videomarketing no funil de vendas - Empresa

Videomarketing no funil de vendas

O modelo de funil de vendas ajuda a entender o posicionamento de cada cliente em sua jornada de compra. Há aqueles clientes que ainda não sabem que têm um problema que pode ser resolvido com o seu produto. Outros já estão se decidindo entre o seu produto e o de seus concorrentes. E dificilmente a mesma estratégia de vendas ou marketing funciona para atrair clientes nas diferentes etapas.

O mesmo acontece no caso dos vídeos. Vamos usar como exemplo uma marca de produtos orgânicos. Um vídeo explicando os benefícios de consumir alimentos orgânicos pode ajudar a atrair quem ainda não compra esse tipo de produto. Mas para quem já consome, o vídeo não traz nada de novo e dificilmente ajudará o consumidor a se decidir pela sua marca. São personas diferentes, com necessidades distintas.

A seguir, vamos mostrar alguns tipos de conteúdo em vídeo mais indicados para cada etapa do funil.

Topo do funil

Nesta fase, o consumidor ainda não conhece seu produto e nem sabe que pode ser útil para ele. Aqui, é preciso fazer com que ele descubra que tem um problema a ser solucionado.

Por isso, os vídeos não farão somente uma propaganda de sua marca. O ideal é encaixar o tipo de produto que você vende em um contexto que se relaciona com o dia a dia do cliente. Ou seja, não é um vídeo com o objetivo de vender, e sim de educar.

No caso da marca de produtos orgânicos, por exemplo, seria muito bacana convidar um especialista da área de saúde para falar de problemas causados por uma alimentação inadequada e mencionar os orgânicos como exemplo de solução.

Tipos de conteúdo em vídeo para topo de funil

  • Entrevistas ou bate-papos com especialistas nos segmentos para os quais seu produto é voltado (ao vivo é ainda melhor, para estimular a interação com o público).
  • Vídeos informativos (a animação é um formato bem interessante neste caso).
  • Vídeos “como fazer”, tão buscados no YouTube.
  • Parcerias com influenciadores digitais para gravar vídeos sobre temas relacionados ao seu produto.
Videomarketing no funil de vendas - Entrevista

Meio do funil

Os consumidores no meio do funil de vendas já sabem que têm um problema a ser resolvido e estão buscando soluções. Este é momento de apresentar seu produto e os benefícios que ele pode trazer para o cliente.

O meio do funil não precisa ter aquele conteúdo vendedor. É como uma mistura entre o topo e o fundo do funil. Você pode falar explicitamente do seu produto, mas ainda encaixando-o em um contexto que faça sentido pro consumidor.

Vamos voltar ao nosso exemplo. Uma ideia para esta fase seria uma série de vídeos de receitas com os produtos orgânicos de sua marca, destacando várias características, como os sabores, as cores, os aromas…

Tipos de conteúdo em vídeo para meio do funil

  • Demonstrações do produto (fica ainda melhor com um exemplo de uso no cotidiano, como no caso das receitas).
  • Tutoriais de uso.
  • Webinars ao vivo com comentários e perguntas dos espectadores.
  • Parcerias com microinfluenciadores digitais do seu segmento para testar e divulgar seu produto.
Videomarketing no funil de vendas - Microinfluenciador digital

Fundo do funil

O cliente está quase lá! Ele já conhece o problema, pesquisou soluções e a sua marca é uma das opções de compra. Agora, é preciso mostrar de uma vez por todas por que a sua marca se diferencia e destaca das outras.

O foco total é no produto. O conteúdo pode inclusive ser mais aprofundado e ter informações técnicas que ajudem o consumidor a entender todos os recursos e benefícios que o produto oferece.

No nosso exemplo, a marca de alimentos orgânicos pode pedir que seus seguidores nas redes sociais divulguem vídeos contando qual é o seu produto favorito e por quê. Essa é uma forma não só de divulgar o produto em si, mas também de usar o vídeo como uma forma de estreitar o relacionamento com quem já é cliente.

Tipos de conteúdo em vídeo para fundo do funil

  • Comparativos entre o seu produto e os da concorrência, destacando todos os diferenciais.
  • Videocases de sucesso e depoimentos de clientes.
  • Vídeos de FAQ e sessões de dúvida ao vivo.
  • Live shopping: lançamento de produtos ao vivo, com link para a página de compra.
Videomarketing no funil de vendas - Live shopping

Videomarketing também serve para capturar leads

Em todas as etapas, uma ação estratégica é criar formas de capturar leads. Isto significa solicitar os contatos de quem está assistindo ao vídeo para poder enviar e-mails com outros conteúdos. O intuito é manter aceso o interesse deste possível cliente e fornecer informações relevantes durante todas as etapas do funil.

Se o vídeo estiver publicado no seu site, uma forma de fazer isso é incluir um box ou pop-up pedindo o e-mail da pessoa para receber mais conteúdos relacionados.

A transmissão ao vivo online é uma ótima ferramenta para a captação de leads. Em plataformas profissionais de live streaming, como o Netshow.me Live, você tem a opção de solicitar dados dos espectadores como e-mail e telefone para que eles acessem a transmissão.

Banner-livecompleto

Métricas relevantes para o videomarketing

Não tem como planejar uma estratégia de videomarketing sem mensurar os resultados depois. Existem diversas métricas para avaliar campanhas de vídeo, e você tem que escolher as que estão mais de acordo com o seu objetivo. Veja algumas delas:

  • Taxa de retenção: por quanto tempo em média o seu vídeo foi visualizado.
  • Taxa de abandono: em qual momento do vídeo mais pessoas pararam de assistir.
  • Visualizações, alcance e engajamento: estas métricas não significam conversões, mas são importantes se o seu objetivo é visibilidade.
  • Click through rate (CTR): porcentagem de cliques nos links disponibilizados que o seu vídeo gerou.
  • Click through conversion (CTC): porcentagem de cliques que geraram conversões.
  • View through conversion (VTC): porcentagem de pessoas que visualizaram o vídeo e acessaram seu site, sem ter clicado no link disponível.

Caso a sua estratégia de vídeos seja impulsionada por Facebook, Instagram ou YouTube, não se esqueça de instalar os pixels de conversão em seu site para fazer a mensuração de resultados de forma precisa.

Essas e outras métricas ajudam a calcular o ROI da sua campanha e saber se o investimento foi bem-sucedido.

Agora que você já sabe como utilizar o videomarketing no funil de vendas, planeje sua campanha e conte para a gente qual foi o resultado! E para realizar transmissões ao vivo, fale com um de nossos especialistas para que sua live seja profissional.

Leia outros posts sobre videomarketing

Escrito por Netshow.me

Este artigo foi produzido pela equipe de especialistas da Netshow.me. Oferecemos serviços para gerenciamento, distribuição e monetização de vídeos e conteúdos online. Produzimos conteúdos com o objetivo de fazer com que você também se torne um especialista.