Tendências de Mercado

O que é a Fórmula de Lançamento e como usá-la no seu infoproduto?

Saiba o que é a Fórmula de Lançamento e como este conjunto de seis estratégias pode ser aplicado no seu infoproduto.

Escrito por Gabriele Gonçalo em 07 abr 2020 | Atualizado em 10 ago 2021

9.4 minutos de leitura

Netshow.me

Compartilhar no FacebookCompartilhar no FacebookCompartilhar no Twitter

Ao iniciar a sua estratégia de produtos digitais, é importante também pensar em como você fará este produto chegar ao público. Além de estudar qual o melhor modelo para vender seu conteúdo, é necessário planejar qual o tipo de lançamento de infoproduto adequado a ele.

Por que digo isso? Este período é crucial para impulsionar as vendas e garantir o sucesso da empreitada. É o que ensina a Fórmula de Lançamento, uma metodologia que oferece ao empreendedor digital todas as ferramentas para maximizar seus resultados neste nicho promissor.

A seguir, explicarei como este método surgiu, quais as estratégias de lançamento que você pode usar no seu infoproduto e quais gatilhos podem ajudar. Vamos nessa?

O que é a Fórmula de Lançamento?

A Fórmula de Lançamento é um conjunto de seis estratégias de lançamento de produtos digitais. Originalmente batizada de Product Launch Formula, foi criada pelo norte-americano Jeff Walker na década de 90.

Ao abandonar seu emprego no meio corporativo, Walker criou uma newsletter sobre o mercado de ações. Por se tratar de um tema com o qual ele possui aptidão, o público crescia a cada edição

Foi aí que ele viu uma oportunidade de mercado e passou a estudar maneiras de usar a internet para ganhar dinheiro. Jeff usou a newsletter para construir seu relacionamento com o público e ofereceu seu primeiro infoproduto à essas pessoas em 1997 – e não parou por aí.

Com seus produtos digitais vendendo mais a cada novo lançamento, ele passou a estudar maneiras de usar a internet para a monetização de produtos. Walker já faturou mais de US$ 400 milhões na rede – seu livro Launch: An Internet Millionaire’s Secret Formula do Sell Almost Anything Online dá maiores detalhes sobre seus métodos.

Este processo se inicia no relacionamento com o cliente. Em seguida, é necessário produzir conteúdo e divulgá-lo para este público. Após amadurecer estes leads, você envia uma oferta e, após encerrá-la, capta os feedbacks.

No Brasil, o método foi implementado por Érico Rocha. O empreendedor adaptou a metodologia ao mercado brasileiro com a benção de Walker. 

Quais os tipos de estratégias de lançamento de infoproduto?

Quais os tipos de lançamentos de infoprodutos?

Ao criar a Fórmula de lançamento, Jeff Walker separou seis diferentes tipos de estratégias de lançamentos que podem ser utilizadas. Qual deles é melhor? Depende do objetivo que você pretende atingir ao investir no seu infoproduto. Além disso, alguns se complementam e podem até ser realizadas em conjunto. Mas quais são eles e qual realizar primeiro?

1. Lançamento Interno

O Lançamento Interno é uma estratégia que consiste em lançar o infoproduto para a sua própria base de contatos. Por se tratar de um público que já conhece o seu trabalho, trata-se de uma aposta segura por ser investimento mais certeiro. Para garantir um bom resultado, é importante aliar vários tipos de mídia – principalmente vídeos, que garantem maior engajamento.

2. Lançamento Externo

Pode parecer oposta à anterior, mas o Lançamento Externo é uma estratégia que pode gerar resultados ainda melhores se aliada ao Lançamento Interno. Por ser feito para além de sua base de dados, permite a ampliação da sua base de contatos e até a construção de parcerias. Exige maior investimento e preparo e, feito de maneira estratégica, gera maior retorno financeiro.

3. Lançamento Relâmpago

Como o nome diz, o Lançamento Relâmpago tem curta duração – de quatro a sete dias. Este método anda de mãos dadas com o Marketing de Escassez, ou seja, capitaliza no senso de urgência gerado com o fechamento do carrinho. Para maximizar seus resultados com esta estratégia, é recomendado adicionar um benefício à oferta – por exemplo, um ebook ou curso.

4. Lançamento Afiliado

O Lançamento Afiliado possui suas semelhanças com o tipo anterior, mas utiliza o marketing de afiliados como artifício. Ou seja, utiliza terceiros como meio de divulgação do infoproduto em troca de comissão por venda realizada. Assim como o Lançamento Relâmpago, esta estratégia é usada durante um curto espaço de tempo.

5. Lançamento Semente

E se você quiser validar a sua ideia de infoproduto antes de lançá-lo? Com o Lançamento Semente é possível fazê-lo. Com esta estratégia, dá para conseguir o contato de seus potenciais clientes e captar insights que permitirão o aprimoramento de seu produto antes dele ser lançado. Caso o projeto não se mostre viável, é possível fazer todas as alterações necessárias.

6. Lançamento Perpétuo

E se você já possui um infoproduto e quer relançá-lo para clientes que se juntaram à sua base posteriormente? É possível utilizar o Lançamento Perpétuo e também chegar a quem não conseguiu adquirir seu infoproduto na época em que você o lançou. Com esta estratégia, é possível usar ferramentas de automação de marketing para estes leads receberem sua oferta ao entrarem na sua base de contatos. Além de economizar tempo, você continuará a monetizar em cima de um projeto bem sucedido.

Banner-ott

Quais gatilhos mentais posso usar na sua estratégia?

Independentemente de qual estratégia você escolher para o lançamento do seu infoproduto, você pode usar gatilhos mentais para maximizar seus resultados. Ou seja, utilizar artifícios que servirão de estímulos e influenciarão na tomada de decisão de seus clientes. Existem muitas possibilidades, mas os mais adequados para a sua estratégia de lançamento são os seguintes:

1. Autoridade

Este gatilho consiste em se posicionar como autoridade no seu nicho e, consequentemente, diferenciar seu conteúdo da concorrência. Ao demonstrar conhecimento na área do seu produto, o público estará mais propenso a consumir de você – e isso é ótimo para os negócios, pois estas pessoas confiarão no seu valor.

2. Escassez e Urgência

Inconscientemente, o ser humano associa escassez com valor. Desta forma, é possível gerar utilizar este gatilho para gerar um senso de urgência no público para vender. Assim, você pode disponibilizar uma oferta por pouco tempo ou disponibilizar uma quantidade limitada de vagas ou produtos e ganhar ainda mais e maximizar seus ganhos.

3. Prova Social

Outro gatilho importante é a prova social, ou seja, o uso de testemunhos para fortalecer como você é visto no mercado. Como as pessoas costumam valorizar as opiniões alheias, é possível usá-las a seu favor para deixar seu cliente mais propenso a comprar seus produtos e serviços. Depoimentos e cases de sucesso são ótimos exemplos de como isso influencia na decisão de compra.

4. Antecipação

Outro gatilho útil às vendas é o da antecipação. Ao saber que determinado evento está chegando, o cliente terá um grau de expectativa. Desta forma, é possível garantir o engajamento das pessoas e ainda agregar valor ao seu produto, que será ansiosamente aguardado.

5. Reciprocidade

Para concluir, temos o gatilho da reciprocidade. Ao oferecer algo de valor ao seu cliente, é possível fazer com que esta pessoa queira retribuir. Desta forma, oferecer conteúdos gratuitos e de valor ao público é uma estratégia para estas que pessoas queiram adquirir seus conteúdos pagos.

Banner-livecompleto

Escrito por Gabriele Gonçalo